Morre Ireneu de Carli, apresentador e pioneiro da televisão brasileira, aos 87 anos de idade








O apresentador, produtor, diretor, e produtor musical  e pioneiro da televisão brasileira Irineu de Carli morreu no dia 08 de junho, aos 87 anos de idade. Nascido em Joaçaba (SC), em 06 de novembro de 1934, Irineu começou a trabalhar a TV Tupi como copista, em 1954.

Ele foi produtor de teleteatros, e de novelas, inclusive do grande sucesso O Direito de Nascer (1964). Foi um dos fundadores da TV Cultura e TV Bandeirantes, e também trabalhou na Rede Mulher, Gazeta e ESPN Brasil.




Na década de 1970, apresentou os programas Sessão Psiu e A História do Desenho Animado, na TV Cultura. Uma década antes, na Tupi, apresentou o infantil Verlon Distrai (1962). Irineu era viúvo da atriz e garota propaganda Norma Lopes.









3 comentários:

  1. Lamentável a perda, para o meio televisivo, do Sr. Irineu de Carli, que muito contribuiu, para a expansão da TV Brasileira. Meus sentimentos à seus familiares e amigos e, que ele possa descansar em paz. Parabéns novamente, ao Blog Memórias Cinematográficas, ao meu ver, o melhor e mais completo informativo sobre o Cinema Nacional e Internacional. Sou fã incondicional.

    ResponderExcluir
  2. Aproveitando em tempo, para parabenizar, na pessoa de Diego Nunes, do Canal Memórias Cinematográficas, pelo brilhantismo, esmero, dedicação ímpar, na pesquisa excelente e detalhada, sobre o Cinema, a eterna Sétima Arte. Sou fã confesso do Canal. Um grande abraço!!.

    ResponderExcluir

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil