Por Onde Anda? Mark Pillow, o Homem Nuclear de Superman IV - Em Busca da Paz




 

Em 1987 o ator Christopher Reeve protagonizou Superman IV: Em Busca da Paz (Superman IV: The Quest for Peace, 1987), o último filme em que interpretou o Superman.

Desta vez, ele tinha como rival o Homem Nuclear, interpretado pelo ator Mark Pillow.



Christopher Reeve e Mark Pillow em Superman IV: Em Busca da Paz

Na trama Lex Luthor (Gene Hackman) é libertado da prisão por seu sobrinho, Lenny Luthor (Jon Cryer), e arma um plano para destruir Superman, que está decidido a acabar com todas as armas nucleares do mundo.

Superman recolhe todas as ogivas nucleares do mundo para destruí-las, jogando-as no sol. Porém, Lex Luthor rouba um fio de cabelo do famoso filho de Krypton, doado a um museu, e cria um dispositivo que ele implementa secretamente nas bombas jogadas ao sol. O experimento, usando o DNA do Superman, cria o Homem Nuclear (Mark  Pillow), que tem os mesmos poderes do Homem de Aço.





O filme sofreu uma série de problemas durante as filmagens, principalmente pela falta de orçamento. Por consequência, teve efeitos especiais considerados ruins (mesmo para a época), e foi bastante criticado.

Superman IV: Em Busca da Paz (Superman IV: The Quest for Peace, 1987) foi um grande fracasso de bilheteria, e encerrou a saga de filmes protagonizados por Christopher Reeve.


Christopher Reeve, Gene Hackman e Mark Pillow em Superman IV: Em Busca da Paz 


Mark Jeremy Pillow nasceu em Leeds, Inglaterra, em 14 de abril de 1959. Ele havia sido paraquedista, e o Homem Nucler foi seu primeiro papel no cinema.

Mark havia sido descoberto enquanto trabalhava como stripper, em Los Angeles.



No filme, inexplicavelmente, seu personagem tem fixação pela editora do Planeta Diário Lacy Warfield (Mariel Hemingway). Isto aconteceu devido a um corte de várias cenas, pois os produtores ficaram sem dinheiro e não finalizaram as tomadas necessárias previstas no roteiro. Mais de 45 minutos foram cortados, deixando o filme com várias falhas na trama.

Incialmente, Mark seria o segundo Homem Nuclear. O ator Clive Mantle chegou a gravar cenas como o primeiro Homem Nuclear, protótipo de um experimento acabou dando errado. O personagem de Mantle se apaixonava por Lacy, fazendo com que seu sucessor tivesse a memória desta paixão.


Gene Hackman e Clive Mantle, o primeiro Homem Nuclear (cortado na edição final)

O fracasso do filme não ajudou Mark Pillow a despontar na carreira. No ano seguinte ao lançamento, ele fez apenas uma participação em um episódio da série O Homem da Máfia (Wiseguy), e depois desapareceu das telas.


A princesa Diana, Mark Pillow, Margot Kidder e Mariel Hemingway na pré estreia de Superman IV

Em 1993 Mark Pillow foi contratado para estrelar a série Alaska Kid (1993), uma produção germano-polonesa, que foi cancelada após a produção de 13 episódios.



Donovan Scott e Mark Pillow em Alaska Kid

Depois disto, ele abandonou a carreira de ator.

Casado desde 1992 com Magdalena Barbara Plate, ele é pai de dois filhos, e atualmente trabalha como representante de vendas em Huston, Texas. Eventualmente, ele comparece em eventos e feiras dedicados aos fãs do filme.

Em 2014 também deu um depoimento para um documentário sobre a Cannon Films, a produtora de Superman IV: Em Busca da Paz.


Mark Pillow atualmente





Veja Também: Shazan, Xerife & Cia

Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram

0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil