Por Onde Anda? A atriz Cristina Santos, a Irmã de Lucélia Santos


Irmã da atriz Lucélia Santos, a nossa eterna e mundialmente famosa Escrava Isaura, Cristina Santos também conquistou os fãs com sua graça e talento, atuando no teatro, cinema e televisão. Mas afastou-se da grande mídia há alguns anos, embora ainda continue na carreira artística.


Cristina e Lucélia Santos


Maria Cristina dos Santos nasceu em Santo André, São Paulo, em 05 de agosto de 1960, e é 3 anos mais nova que sua irmã, a atriz Lucélia Santos. Como a irmã, começou a sua carreira no teatro, na década de 1970, e após o enorme sucesso de Lucélia na novela A Escrava Isaura (1976-1977), Cristina começou a receber muitos convites para atuar.

Sua estreia profissional foi na peça O Amor de Dom Perlimplim Com Belisa em Seu Jardim (1977). No ano seguinte, fez sua primeira novela, Salário Mínimo (1978-1979), na TV Tupi. Cristina interpretava Vilma, o interesse romântico de Edson Celulari.


Edson Celulari e Cristina Santos em Salário Mínimo

Em seguida foi para a Bandeirantes, onde atuou na novela O Todo Poderoso (1979-1980), estrelada por Eduardo Tornaghi. Cristina Santos cantava a canção Estanho Poder, que fazia parte da trilha sonora da novela, e foi lançada em um disco compacto.


Jofre Soares, Eduardo Tonarghi e Cristina Santos em O Todo Poderoso



Cristina ainda participou do especial Cabaret Literário (1980), na TV Cultura, onde também cantava, e depois interpretou a enfermeira Conceição na série Obrigado, Doutor (1981), na TV Globo.


Cristina Santos e Nicete Bruno em Obrigado, Doutor

Em 1982 fez seu único trabalho no cinema, como uma enfermeira no filme Luz Del Fuego (1982), estrelado pela irmã Lucélia Santos. Depois, ainda atuou no teatro, fazendo peças como Vidigal: Memórias de Um Sargento de Milícias (1982) e De Como o Dia Virou a Noite Virou Dia e Noite (1984). Na mesma época, passou também a fazer shows como cantora, e acabou priorizando a carreira musical.


Zé Rodrix e Cristina Santos, em 1985


Em 1986 atuou no espetáculo São Paulo Night Andei, ao lado de nomes como Maria Della Costa, Célia, Pery Ribeiro e Ivan Lima. O show relembrava as grandes atrações da noite paulistana, e Cristina cantava canções do repertório da francesa Edith Piaf.

A partir de então, passou a dedicar-se exclusivamente a carreira de cantora. Em agosto de 1992, Cristina Santos ganhou projeção com show de tom teatral em que deu voz ao repertório da cantora Edith Piaf (1915 – 1963). Apesar do sucesso desse projeto, Cristina Santos acabou se retirando voluntariamente de cena ainda nos anos 1990, embora tenha continuado a atuar nos bastidores como executiva de distribuidora de discos de música instrumental.

Contudo, após 21 anos fora dos palcos, a artista decidiu voltar à cena em julho de 2018 com a remontagem do show Un chant d'amour à Piaf, que desta vez contava com a voz em off do cantor Ney Matogrosso, narrando a vida de Piaf.

A turnê de Cristina, cantando Piaf durou até 2019.



Cristina Santos e Ney Matogrosso



Cristina Santos atualmente

Alcione Mazzeo e Cristina Santos


Cristina Santos e a irmã Lucélia Santos




0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil