A Atriz Eleonor Bruno, a mãe de Nicete Bruno


A veterana Leonor Bruno deixou seu nome marcado no teatro, cinema e televisão brasileira, e deu origem a uma dinastia de atores, que foi perpetuada por sua filha Nicete Bruno e o marido, o também ator Paulo Goulart.


Eleonor Bruno Xavier nasceu em Niterói, em 06 de outubro de 1913. Filha de imigrantes italianos, ela começou a carreira artística como cantora, se apresentando em espetáculos amadores e beneficentes, muitos deles no palco do Copacabana Palace.

No teatro, estreou em 1940, na peça Copacabana Royalle, também encenado no famoso hotel carioca. Mas apesar de já ter atuado em algumas peças, ganhou destaque no teatro nacional a partir de Dorotéia (1950-1953), escrita para ela por Nelson Rodrigues.

Nelson havia conhecido Nonoca, como era chamada pelos íntimos dois anos antes, quando ela levava a filha Nicete, ainda criança, ao teatro. Eleonor e Nelson viveram um romance, e ele dedicou este texto para a amada.

Nicete e Eleonor Bruno

O sucesso de Dorotéia levou a atriz para a televisão, fazendo sua estreia no Grande Teatro Tupi, em 1954. Na TV Tupi fez sua primeira novela foi o grande sucesso Beto Rockfeller (1968). Ela ainda atuou em outras novelas, como João Juca (1969), A Gordinha (1970), Toninho on the Rocks (1970), O Preço de Um Homem (1971), Bel Amy (1972), Uma Rosa Com Amor (1972), As Divinas... e Maravilhosas (1973), A Volta de Beto Rockfeller (1973), Um Dia, O Amor (1975) e Papai Coração (1976). Em algumas delas, contracenou com a filha, que se tornou uma grande estrela da televisão brasileira.

Eleonor Bruno, a esquerda, em Beto Rockfeller

Nicete e Eleonor Bruno em A Gordinha

A atriz fez pouco cinema, atuando apenas em Dona Violante Miranda (1960), A Marcha (1971) e O Menino Arco-Íris (1980). Ela abandonou a televisão em 1976, mas ainda faria peças de teatro até 1999, quando fez a peça Meia Volta, sua despedida da vida artística.

Eleonor Bruno com a filha, netas e bisneta

Eleonor Bruno e a bisneta Vanessa Goulart, também atriz

Entre 2002 e 2004 sua neta Beth Goulart estrelou a peça Doretéia Minha, baseada nas cartas de amor trocadas entre a avó e Nelson Rodrigues. E em 2012 sua bisneta Vanessa Goulart (filha de Bárbara Bruno), interpretou Eleonor na minissérie Dercy de Verdade.

Vanessa Goulart como Eleonor Bruno

Eleonor Bruno morreu em 24 de dezembro de 2004, aos 91 anos de idade.

A família Bruno Goulart, astros da atuação


2 comentários:

  1. Desconhecia essa história! Não sabia que a mãe de Nicete era também uma atriz!👍🏼

    ResponderExcluir
  2. Só não concordei com a "longa dinastia" incluir Paulo Goulart", que não pertencia ao tronco de Eleonor.
    O demais está razoável.

    ResponderExcluir

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil