Sven Garbo, o irmão ator de Greta

Sven Garbo e Margita Alfvén

Greta Garbo é uma das mais icônicas atrizes da história do cinema. O mito da estrela sueca ainda faz parte do imaginários dos cinéfilos por todo o mundo, mas muitos desconhecem a carreira de seu irmão, Sven Garbo, que também foi ator.

Greta já era consagrada nas telas de seu país natal, quando chamou a atenção do produtor Louis B. Mayer, que a levou para Hollywood, onde ela estreou no filme Laranjais em Flor (Torrent, 1926).

Greta Garbo, recém chegada a Hollywood, conhecendo Leo, o Leão da MGM

Os primeiros filmes da atriz eram mudos, mas ela fez uma boa transição para os filmes sonoros, a partir de 1927. Porém, com a chegada do som, Hollywood ainda desconhecia as técnicas de dublagem ou legendagem de filmes, e com isto estava perdendo mercado em países de língua não inglesa.

A solução encontrada foi fazer versões de filmes famosos, filmadas em outras línguas. Foram feitos filmes em espanhol, dinamarquês, alemão, japonês, francês, italiano e até mesmo em inglês da Inglaterra, já que os ingleses não gostavam do sotaque norte-americano. Também foram feitos versões (poucas) faladas em português, visando o público do Brasil e Portugal.

Os grandes estúdios de Hollywood compraram velhos estúdios europeus, falidos após a Primeira Guerra Mundial, que foram usadas para fazer as versões em línguas estrangeiras. Lá, muitos artistas que haviam obtido glórias nas telas de Hollywood, mas que agora se viam desempregados por não saberem falar inglês, ou por terem forte sotaque de seu país de origem, encontraram uma segunda chance para continuarem atuando, embora recebendo um salário muito menor.

Artistas locais também conseguiam emprego, e as vezes, uma chance de apresentar seu talento para um estúdio famoso. O cantor Carlos Gardel chegou a fazer diversos filmes em espanhol, para a Paramount, em um velho estúdio francês.

Garbo, apesar de sueca, continuou fazendo filmes em inglês em Hollywood. Mas alguns de seus maiores sucessos foram regravados, com atores menos famosos, falando em sueco. Aproveitando o sucesso da atriz nos Estados Unidos, um estúdio da Suécia contratou o irmão de Garbo, Sven Gustafson, para trabalhar como ator.

Rebatizado de Sven Garbo, para aproveitar a fama da irmã, Sven estreou no cinema no filme Konstgjorda Svensson (1929), primeiro filme falado da Suécia.


Sven Alfred Gustafson nasceu em 26 de julho de 1898, na cidade de Estocolmo, e era o irmão mais velho da atriz. Ao contrário de sua irmã Alva, que havia feito alguns filmes na década de 20, ele era completamente inexperiente como ator, tendo trabalhado como padeiro, após deixar o serviço militar.

Greta Garbo ficou furiosa quando soube que o irmão havia sido contratado por um estúdio, e estava usando seu sobrenome artístico. Ela escreveu uma carta para ele, dizendo que Garbo era única, e não gostaria que o irmão usasse seu nome para promover um outro estúdio. Mas a carta chegou tarde, pois ele já havia atuado, com o nome de Sven Garbo, em um segundo filme chamado Charlotte Löwesnköld (1930).

Sven rescindiu o contrato, e usando seu sobrenome original, assinou com a Paramount, para filmar Um Homem Com Sorte (När Rosorna Sla Ut, 1930), uma versão em sueco de um grande sucesso do estúdio. Filmado nos estúdios de Joinville, cidade próxima de Paris, foi o primeiro em idioma alternativo feito pelo estúdio norte-americano. O filme chegou a ser exibido no Brasil.

Em 1930 ele escreveu uma carta para a irmã, pedindo uma chance em Hollywood, mas foi desencorajado por ela.

Cartaz de Um Homem Com Sorte

Os filmes feitos em versões estrangeiras não fizeram sucesso, principalmente porque o público queria ver as grandes estrelas, e não artistas alternativos e menos famosos, em produções do mesmo filme, feito com baixo orçamento. No final de 1931, com o surgimento da dublagem e legendagem, estes filmes pararam de ser produzidos.

Por ser considerado um subproduto, muitas dessas versões não foram preservadas pelos estúdios, sendo consideradas perdidas nos dias de hoje (inclusive todos os filmes feito em português). Sem poder usar o nome da irmã, e com o mercado para artistas estrangeiros limitados, Sven Garbo deixou a carreira de ator. Ele se casou em 1931, e tornou-se pai no ano seguinte. Sven "Garbo" passou a dedicar-se a pintura, chegando a expor suas obras.

Sven e Greta Garbo, em 1932

Em 1939, com a invasão nazista na Europa, a atriz levou o irmão e a família para morar nos Estados Unidos. Posteriormente, ele se estabeleceu em Santa Fé. Pouco tempo depois, Greta deixaria o cinema, após atuar em Duas Vezes Meu (Two-Faced Woman, 1941), passando a viver reclusa.

Sven Garbo faleceu em 27 de janeiro de 1967, após sofrer um ataque cardíaco. Ele tinha 68 anos de idade.




0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil