Que fim levou? Matthew Garber, de Mary Poppins



O ator mirim Matthew Garber ficou famoso como Michael Banks no clássico da Disney Mary Poppins (Idem, 1964), filme vencendor de cinco Oscars. Mas sua curta carreira se equipara com sua breve vida. Garber faleceu em 1977, com apenas 21 anos de idade.


Matthew Adam Garbernasceu em Londres, em 25 de março de 1956. Seus pais foram atores, e um amigo da família, o ator Roy Dotrice, encantando com a desenvoltura do menino, sugeriu a Walt Disney testar seu talento ao lado de sua filha, a menina Karen Dotrice, que acabara de ser contratada pelo estúdio.

Garber estreou no cinema ao sete anos de idade, no filme Um Grande Amor Nunca Morre (The Three Lives of Thomasina, 1963), estrelado pela também atriz mirim Karen Dotrice.

 Matthew Garber (ao cento) em Um Grande Amor Nunca Morre

O menino agradou Disney, que o descreveu como "um menino espirituoso e brilhante, que gosta de fazer piadas, praticar esportes e ler livros sobre aventura, mitologia e poesia". Ele e Karen Dotrice então foram escalados para a nova super-produção do estúdio, Mary Poppins (Idem, 1964).

A dupla interpretou os irmãos Michael e Jane Banks, as crianças  que ganham mais do que esperavam quando contratam. uma babá chamada Mary Poppins (Julie Andrews). O filme fez um enorme sucesso, e se tornou um clássico infantil atemporal.

Dick Van Dyke, Karen Dotrice, Matthew Garber e Julie Andrews em Mary Poppins

Após a grande repercussão do filme, Disney achou melhor deixar a imagem das crianças descansar, e eles só voltariam a atuar (juntos, novamente) em O Feiticeiro da Floresta Encantada (The Gnome-Mobile, 1967). Eles interpretava os netos de um rico magnata (papel de Walter Brennan), que se deparam com uma floresta habitada por gnomos, e tentam protegê-los.

Matthew Garber, Karen Dotrice e Walter Brennan em O Feiticeiro da Floresta Encantada

Após este filme, Matthew Garber tinha 11 anos de idade, e não se interessou em continuar a carreira. Ele retomou os estudos e viveu uma vida normal a partir de então. Mas o menino tinha um espírito aventureiro.

Anos mais tarde, sua colega Karen Dotrice, em uma entrevista, falou sobre ele: "Ele era como ele parecia - um diabinho, e eu adorava ser sua sombra. Eu não posso imaginar que fazer filmes sem ele pudessem ser tão divertidos. Ele adorava ser impertinente, encontrar e pular de pequenos prédios enquanto eu não queria me sujar. Matthew tinha um grande senso de diversão e perigo. Ele era um destemido e poderia ter sido um piloto de corridas. E ele viveu uma vida plena ao longo dos seus 21 anos."

Matthew Garber, aos 20 anos de idade

Em 1976, após terminar os estudos, Garber resolveu fazer um mochilão pela Índia. O rapaz, então com 20 anos viajou sozinho. Mas infelizmente, ele contraiu hepatite, após comer carne contaminada no país. Ele não recebeu tratamento adequado a tempo, e no começo de junho de 1977 seu pai o levou de volta a Londres para se tratar.

Infelizmente, já era tarde demais. A doença evoluiu, e tornou-se uma pancreatite necrosante hemorrágica. Em 13 de junho de 1977, Matthew Garber faleceu, com apenas 21 anos de idade.

Na época chegou-se a dizer que o ator poderia ter morrido em consequências do uso de drogas, mas sua autópsia negou isto. Em 2004, ele foi nomeado postumamente como uma das Lendas da Disney. Seu irmão Fergus recebeu o prêmio por ele.
 
 

Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube




0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil