Por Onde Anda? A atriz Stockard Channing


Com treze indicações ao prêmio Emmy, sete indicações ao Tony e uma indicação ao Oscar, Stockard Channing tem uma sólida carreira na televisão, cinema e teatro, e ficou eternizada como a rebelde Betty Rizzo no clássico Grease: Nos Tempos da Brilhantina (Grease, 1978).


Susan Williams Antonia Stockard nasceu em Nova York em 13 de fevereiro de 1944. Ela cresceu no Upper East Side, e é irmã de Lesly Stockard Smith, ex-prefeita de Palm Beach, na Flórida.

Channing foi educada em um internato para moçar em Nova York, e formou-se em história da arte e literatura. Mas começou a fazer teatro experimental com uma companhia em Boston, no final da década de 1960. Em 1971 ela estreou na Broadway, onde teve uma longa e bem sucedida carreira teatral.


Stockard Channing estreou na televisão no programa Vila Sésamo, e em 1971 apareceu em um episódio da novela Hospital. Sua estreia no cinema foi em Além das Fronteiras do Lar (Up the Sandbox, 1972), uma comédia estrelada por Barbra Streisand.

Mas destacou-se como atriz após protagonizar o telefilme The Girl Most Likely To (1973), uma comédia de humor negro, escrita por Joan Rivers, sobre uma mulher que fica muito bonita depois de se submeter a cirurgias plásticas após um acidente de carro. Ela então passa a se vingar de todas as pessoas que haviam a desprezando quando era "feia".



Ao lado de Jack Nicholson e Warren Beatty, estrelou O Golpe do Baú (The Fortune, 1975), que lhe valeu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Atriz Revelação. A crítica a considerou uma estrela promissora, mas as previsões não se concretizaram em seus trabalhos seguintes.

Jack Nicholson e Stockard Channing em O Golpe do Baú

Ela estrelou filmes como Doce Vingança (Sweet Revenge, 1976), As Incríveis Peripécias do Ônibus Atômico (The Big Bus, 1976) e O Detetive Desastrados (The Cheap Detective, 1978), onde interpretava a secretária de Peter Falk, que voltava a interpretar um detetive, após o sucesso de Columbo.


Em 1977, aos 33 anos de idade, foi escalada para viver a adolescente rebelde Betty Rizzo no grande sucesso  Grease: Nos Tempos da Brilhantina (Grease, 1978). Rizzo era uma espécie de vilã, um contraponto a mocinha ingênua Sandy, papel de Olivia Newton-John.




Na televisão, Channing também interpretou a famosa dublê Kitty O'Neil no filme A Vitória do Silêncio (Silent Victory: The Kitty O'Neil Story, 1979), e ganhou boas críticas no papel da garota surda que bateu recordes de velocidades em competições de carro.

Em 1979 e em 1980, estrelou duas séries de televisão, que não duraram muito. Safari 300 (1982), filme que estrelou com David Carradine também não emplacou, e após não obter muito sucesso no cinema e nem na televisão, retomou sua carreira nos palcos, mas continuou fazendo papéis coadjuvantes no cinema, em filmes como Sequestro Sem Pista (Without a Trace, 1983), A Difícil Arte de Amar (Heartburn, 1986), Clube dos Homens (The Men's Club, 1986), Momento do Destino (A Time of Destiny, 1988) e Garotos (Staying Together, 1989).

Na televisão, sua primeira indicação ao Emmy foi pela minissérie Instinto Cruel (Echoes in the Darkness, 1987).



Stockard Channing e Meryl Streep em A Difícil Arte de Amar

Em 1985 ela ganhou seu primeiro Tony pelo seu desempenho no teatro. Foi nos palcos também que brilhou na peça Six Degress of Separation (1990), que lhe deu um Obie Award. Ela interpretaria o mesmo papel na adaptação cinematográfica, Seis Graus de Separação (Six Degrees of Separation, 1993), que lhe rendeu sua única indicação ao Oscar. Ela também concorreu ao Globo de Ouro pela interpretação.

Na década de 1990 ela receberia outras três indicações ao Tony. Sua quarta indicação ocorreria em 2009.

Donald Sutherland, Stockard Channing e Will Smith em Seis Graus de Separação

Na década de 1990, no cinema, esteve em filmes bem sucedidos como Cortinas de Fumaça (Smoke, 1995), Para Wong Foo, Obrigada Por Tudo! Julie Newmar (To Wong Foo Thanks for Everything, Julie Newmar, 1995), Íntimo & Pessoal (Up Close & Personal, 1996), Os Amores de Moll Flanders (Moll Flanders, 1996), O Clube das Desquitadas (The First Wives Club, 1996) e Da Magia à Sedução (Pratical Magic, 1998).

Stockard Channing e Dianne Wiest em Da Magia a Sedução

Seus papéis no cinema reduziram nos anos seguintes, mas a atriz teve grande destaque na televisão. Pela rede USA Network, estrelou o drama Uma Família Inesperada (An Unexpected Family, 1996), que rendeu uma sequência em 1998.

Em 1999 Channing assumiu o papel da primeira dama Abbey Bartlet na série de televisão The West Wing (1999-2006). Como dubladora, emprestou sua voz para Barbara Gordon na animação Batman do Futuro (Batman Beyond, 1999-2000). 

Por The West Wing a atriz ganhou um prêmio Emmy em 2002. Na mesma cerimônia, levou outra estatueta por seu papel no telefilme The Matthew Sheppard Story (2002).

Martin Sheen e Stockard Channing em The West Wing

Ela também teve um papel regular na série The Good Wife (2012-2016). No cinema, também destacou-se em filmes como Negócios Entre Estranhos (The Bussiness of Strangers, 2001), À Francesa (Le Divorce, 2003), Procura-se Um Amor que Goste de Cachorros (Must Love Dogs, 2005).

Stockard Channing ainda atua.


Stockard Channing em The Good Wife



Stockard Channing atualmente


0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil