Morre a cantora e atriz Naomi Judd, mãe de Ashley Judd



A cantora e atriz Naomi Judd, que junto com sua filha Wynonna formou a dupla de música country The Judds, morreu no dia 30 de abril. A dupla vendeu mais de 20 milhões de cópias, e ganhou 5 prêmios Grammy. Entre seus maiores hits está a canção Love Can Build a Bridge.



Nascida em 1946, Naomi criou sozinha as filhas Wynona (nascida em 1964) e Ashley Judd (nascida em 1968). Em 1983 com a filha mais velha formou a dupla The Judds, que emplacaram 10 músicas no topo das paradas de sucesso. Mas em 1991, devido a problemas de saúde, precisou parar de cantar.

Após sua última turnê, ela desenvolveu depressão, ansiedade, ataques de pânico e pensamentos suicidas. A artista precisou tomar lítio, que causou edemas, alopecia e tremores como efeitos colaterais. A sua causa da morte não foi divulgada, mas suas filhas escreveram nas redes sociais a seguinte mensagem: "Hoje nós vivemos uma tragédia, perdemos a nossa linda mãe para uma doença mental".


Ashley Judd com sua mãe Naomi e a irmã Wynona

Assim como a filha Ashley Judd, que se tornou atriz de cinema, Naomi atuou em alguns filmes.

Ela estreou no cinema em um pequeno papel em E a Festa Acabou (More American Graffiti, 1979), mas só voltaria as telas em Rio Diablo (Idem, 1993), estrelado pelo cantor country Kenny Rogers.


Kenny Rogers e Naomi Judd em Rio Diablo


Ela também atuou em Uma Canção Para Dois (A Holiday Romance, 1999), Alguém Como Você (Someone Like You..., 2001), O Jogo da Morte (The Killing Game, 2011), Quase Casadas (Nearlyweds, 2013), Vitrine de Natal (Window Wonderland, 2013) e An Evergreen Christmas (2014).

Ela também fez participações em séries como Frasier, O Toque de Um Anjo (Touch by a Angel) e Third Rock from The Sun.


Naomi Judds em An Evergreen Christmas


0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil