Por Onde Anda? Kelly McGuillis, a estrela de Top Gun



Em 1986 o filme Top Gun - Ases Indomáveis (Top Gun, 1986), tornou-se a maior bilheteria das telas de cinema daquele ano, além de vencer o Oscar de Melhor Canção, com o Hit Take My Breath Away. Estrelado por Tom Cruise e Val Kilmer, o elenco ainda contava com a atriz Kelly McGuillis, no papel da instrutora de voo Charlotte "Charlie" Blackwood.




Kelly Ann McGuillis nasceu em Newport Beach, Califórnia, em 09 de julho de 1957, mas foi criada em Los Angeles, onde estudou no Conservatório de Artes Cênicas do Allan Hancock College. Após abandonar o ensino médio, ela mudou-se para Nova York, onde aperfeiçoou seus estudos em interpretação na Juilliard School.

Ela estreou no cinema no filme Amor e Boêmia (Ruben, Ruben, 1983), que foi indicado a 2 Oscars, e acabou chamando a atenção dos produtores de Hollywood, que a convidaram para interpretar uma mãe Amish no filme A Testemunha (Witness, 1985), estrelado por Harrison Ford. Este papel rendeu a atriz uma indicação ao Globo de Ouro e aos Bafta, além de a colocar na lista da Revista People como "uma das mais promissoras novas atrizes de Hollywood".

Antes porém, ela chegou a iniciar as filmagens da comédia A Última Festa de Solteiro (Bachelor Party, 1984), mas foi demitida porque os produtores acharam que ela não era bonita o suficiente, e Kelly acabou sendo substituída pela atriz Tawny Kitaen.



Kelly McGuillis e Tom Conti em Amor e Boêmia


Harrison Ford e Kelly McGuillis em A Testemunha


Em seguida a atriz foi a estrela feminina de Top Gun - Ases Indomáveis (Top Gun, 1986), que se tornou o filme mais visto de 1986, e hoje é um clássico da década de 1980. 



Kelly McGuillis e Tom Cruise em Top Gun - Ases Indomáveis 


Ironicamente, apesar do enorme sucesso do filme, este papel não ajudou a sua carreira nem lhe proporcionou grandes convites. Ela foi recusada no teste de elenco de Ligações Perigosas (Dangerous Liaisons, 1988), por novamente não ser considerada muito sexy, perdendo o papel para Michelle Pfeiffer.

Kelly McGuillis, entretanto, estrelou os filmes Paixão Eterna (Made in Heaven, 1987), A Terra da Esperança (Ha-Holmim, 1987) e Pesadelo na Rua Carroll (The House on Carroll Street, 1987). Mas nenhum deles fez grande sucesso de bilheteria, mesmo assim, ela venceu um prêmio no Festival de Veneza pelo seu trabalho em Paixão Eterna.




Em 1988 ela brigou pelo papel da promotora Kathryn Murphy em Acusados (The Accused, 1988). McGuillis interpretava uma promotora que tentava por na cadeia um grupo que havia estuprado a personagem de Jodie Foster (que ganhou um Oscar pelo papel). Kelly e uma colega de quarto havia sido estuprada em 1982 por um homem que invadiu o apartamento onde ela era morava, e foi inocentado por falta de provas no tribunal.

Mas apesar de sua interpretação visceral, Kelly McGuillis foi ignorada em todas as premiações do ano.



Jodie Foster e Kelly McGuillis em Acusados


Sem estar interessada em se tornar uma grande estrela de Hollywood, a atriz manteve-se fiel ao teatro, assumindo vários papéis nos palcos, atuando em diversas peças com textos de William Shakespeare.

No cinema, ela interpretou outra personagem Amish em Conflitos no Inverno (Winter People, 1989), e ainda fez Sedução (Cat Chaser, 1989) e O Despertar (Grand Isle, 1991). E por seu trabalho como a esposa de Babe Ruth em Ânsia de Viver (The Babe, 1992), ganhou boas críticas, mas nenhum destes filmes foi o suficiente para manter seu nome em evidência em Hollywood. Neste período, também fez diversos filmes para a televisão.



John Goodman e Kelly McGuillis em Ânsia de Viver

Voluntariamente, ela se afastou um pouco da carreira de atriz no começo dos anos de 1990 para se dedicar as suas duas filhas, Kelsey e Sonora, frutos de seu casamento com Fred Tillman (com quem ficou casada entre 1989 e 2002). Neste período a atriz também gerenciou seu restaurante na Flórida.

Eventualmente, fez alguns filmes como O Anjo da Guarda (North, 1994), Pânico no Ar (Ground Control, 1998) e reencontrou Val Kilmer em À Primeira Vista (At First Sight, 1999).



Kelly McGuillis e Val Kilmer em À Primeira Vista


Em 2000 a atriz atuou em A Máscara do Macaco (The Monkey's Mask, 2000), um filme baseado no romance da poetisa australiana Dorothy Porter. O filme tornou-se cult entra a comunidade lésbica, e na mesma época começaram a surgir rumores sobre a sexualidade da atriz, que ganharam mais força a partir de 2008, quando ela atuou na série LGBT The L World.



Kelly McGuillis em The L World

Em 2009 ela assumiu ser homossexual, e no ano seguinte, se casou com a executiva Melanie Leis, que havia conhecido em seu restaurante, o Kelly's Carribbean Bar Grill & Brewery (que ela vendeu em 2017).


Kelly McGuillis e sua esposa Melanie Lewis

No teatro, ela brilhou no papel de Mrs. Robinson em The Gradutate, em 2004 e fez Frankie & June (2010), nos palcos Londrino. No cinema, atuou em filmes como Ponto de Fuga (Morgan's Ferry, 2001), Stake Land - Anoitecer Violento (Stake Land, 2010), Hotel da Morte (The Innkeepers, 2011), Somos o Que Somos (We Are Waht We Are, 2013), Tio Papi (2013) e Blue (2015).

Também participou de séries de TV como Z. Nation (2014), Sisters of Mercy (2015) e Dirty John: O Golpe do Amor (Dirty John, 2020), seu último trabalho como atriz até o momento.


Kelly McGuillis em Z. Nation

Além de seu trabalho como atriz, Kelly McGuillis dedica boa parte do seu tempo como voluntária em um centro de reabilitação para dependentes de álcool e drogas, e faz trabalhos com mulheres vítimas de abuso sexual.

Em 2016 uma mulher invadiu a sua casa e agrediu a atriz. Laurence Marie Dorn, de 38 anos, posteriormente foi presa e condenada a 3 anos de prisão.

E em 2017, quando começaram os rumores de Top Gun 2, Kelly McGuillis não foi convidada para se juntar a Tom Cruise no elenco da nova produção. Em entrevista ao Entertainment Tonight, em 2020 a atriz explicou porque não foi chamada. "Estou velha e gorda, tenho o aspecto apropriado para uma mulher de 62 anos; atualmente me sinto à vontade e meu valor não depende da minha beleza".

Kelly McGuillis chegou a ficar bastante acima do peso, mas emagreceu recentemente.




Kelly McGuillis atualmente, em 2021



Veja também: As Mais Belas Atrizes dos Anos 80, Antes e Depois






Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram

0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil