Morre Rosita Quintana, estrela da Era de Ouro do Cinema Mexicano, aos 96 anos de idade



A atriz e cantora Rosita Quintana, grande estrela do cinema mexicano das decadas de 1940, 1950 e 1960 faleceu no dia 23 de agosto, aos 96 anos de idade. Rosita morreu durante uma cirurgia na tireoide.



Trinidad Quinta Nuñez nasceu em 16 de julho de 1925, em Buenos Aires. Ela começou a sua carreira como cantora, na Argentina, mas foi descoberta pelo astro mexicano Jorge Negrette em 1947, durante uma turnê do cantor/ator por Buenos Aires.

Negrette a levou para o México, onde ela estreou no cinema no ano seguinte, no filme Ahí vienen Los Mendoza (1948). A atriz estrelou mais de 60 filmes ao longo de sua carreira, destacando-se nos sucessos A Mulher do Cabaré (La Duda, 1954), Serenata no México (Serenata en Mexico, 1956), Cielito Lindo (1957) e Quando O México Canta (Cuanda Mexico Canta, 1958).

Sob direção de Luís Buñel, foi estrela também de Susana, Mulher Diabólica (Susana, 1951). 




Ainda despontando no cinema, atuou em Calabacitas Tiernas (1948), ao lado do astro mexicano Tin Tan Valdéz (irmão de Ramón Valdez, o "Seu Madruga" de Chaves). O filme era também estrelado pela brasileira Rosina Pagã, que no México foi rebatizada como Rosina Pagán.


Rosina Pagã, Rosita Quintana e Tin Tan Valdéz em Calabacitas Tiernas


Ao longo dos anos, foi premiada em festivais no México, Argentina, Alemanha, Rússia e Espanha, além de ter ganho o Ariel de Ouro, oferecido pela Academia Mexicana de Artes e Ciências Cinematográficas, pelo conjunto de sua obra. Ela também teve uma bem sucedida carreira como cantora de músicas rancheras, boleros e tangos.






Rosita foi casado com Sergio Kogan, que foi executivo da Paramanount Pictures no México, e teve três filhos com ele. Em 1964 Kogan morreu em um acidente de carro, e Rosita Quintana, que também estava no veículo, ficou vários meses em coma devido aos ferimentos. O que a afastou do cinema até 1976.

Na década de 1980 ela também ingressou nas telenovelas, fazendo A Intrusa (La Intrusa, 1987). A atriz esteve em algumas novelas exibidas no Brasil, pelo SBT, como A Dona (La Dueña, 1995) e Abraça-Me Muito Forte (Abrazame Mui Forte, 2000-2001).

A atriz se aposentou em 2005.


Rosita Quintana e Lilia Aragon em Abraça-Me Muito Forte




















0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil