Por Onde Anda? O Elenco de A Garota de Rosa-Shocking (1986)


Dirigido por Howard Deutch, e com roteiro de John Hughes (o reis dos filmes adolescentes da década de 1980), A Garota de Rosa-Shocking (Pretty in Pink, 1986) alcançou uma das maiores bilheterias do ano de seu lançamento.

E apesar de ser uma comédia romântica adolescente, ele aborda com delicadeza temas como desemprego, alcoolismo e as diferenças sociais nos Estados Unidos.

A canção If You Leave, do grupo Orchestral Manoeuvres ind the Dark, que toca na cena final, ficou em quarto lugar nas paradas de sucesso da Billboard.






A estudante Andie Walsh (Molly Ringwald) é uma garota pobre que tem uma queda por um garoto rico e popular em sua escola, Blane McDonough (Andrew McCarthy). Quando Andie e Blane tentar ficar juntos, eles encontram a resistência de seus respectivos círculos sociais.


Andie vive "do lado oposto dos trilhos" com seu pai subempregado, Jack (Harry Dean Stanton). O melhor amigo de Andie, Phil "Duckie" Dale (Jon Cryer), é apaixonado por ela, e devota sua vida à Andie. Na escola, os dois são perseguidos pelos amigos de Blane, os arrogantes "riquinhos" do colégio.


Andie trabalha na TRAX, uma loja de música New Wave, gerida por sua velha amiga e mentora Iona (Annie Potts). É Iona que dá seu antigo vestido rosa-shocking (o nome do filme) para Andie ir ao baile de formatura.






Molly Ringwald (1968)



A rainha dos filmes adolescentes dos anos 1980, Molly Ringwald protagonizou clássicos como Gatinhas e Gatões (Sixteen Candles, 1984) e Clube dos Cinco (Thre Breakfast Club, 1985), todos de John Hughes. Hughes escreveu A Garota de Rosa-Shocking para ela, mas ela relutou em aceitar o papel. Após a recusa inicial de Molly, Tatum O'Neal, Lori Laughlin, Diane Lane, Sarah Jessica Parker, Jennifer Beal e Brooke Shields foram testadas, e Jodie Foster e Justine Bateman se recusaram fazer testes.

Molly, que estava com medo de ficar estigmatizada como "a rainha do baile", foi convencida por John Hughes a aceitar o papel. O filme estreou dez dias depois do aniversário de 18 anos da atriz.




Após atuar em A Cegonha Não Pode Esperar (For Keeps?, 1988), sua carreira decaiu, e ela trabalhou em filmes menores e fez aparições em séries de televisão. Ela voltou a trabalhar em grandes projetos quando atuou na série A Vida Secreta de Uma Adolescente Americana (The Secret Life of the American Teenager, 2008-2013), agora interpretando a mãe de adolescentes.

Molly então atuou em filmes como A Barraca do Beijo (The Kissing Booth, 2018) e Sibéria (Siberia, 2018), e atualmente esta no elenco da série Riverdale, que estreou em 2017, que ainda é produzida.

Molly interpreta a mãe do protagonista, Archie Andrews, e o ator Luke Perry (outro astro ex astro teen, que faleceu em 2019) interpretava seu ex marido.


Luke Perry e Molly Ringwald em Riverdale



Harry Dean Stanton (1926–2017)



O pai de Andie era um veterano das telas, tendo estreado no cinema em 1954. 




Com mais de 200 créditos em sua carreira, após a Garota de Rosa-Shocking, ele atuou em filmes como O Elétrico Mr. North (Mr. North, 1988), A Última Tentação de Cristo (The Last Temptation of Christ, 1988), Twin Peaks: Os Últimos Dias de Laura Palmer (Twin Peaks: Fire Walk With Me, 1992), A Espera de Um Milagre (The Green Mile, 1999), Império dos Sonhos (Inland Empire, 2006) e Lucky (2017). Também esteve na série Twin Peaks: O Retorno (Twin Peaks, 2017).

O ator faleceu em 15 de setembro de 2017, aos 91 anos de idade.







Annie Potts (1952)


A chefe e melhor amiga de Andie tinha um visual New Age e doou seu antigo vestido para a amiga ir ao baile. O papel originalmente foi escrito para Angelica Huston, que o recusou. John Hughes chamou Potts após a ver como a secretária Janine em Os Caça Fantasmas (Gosht Buster, 1984), que ela repetiu na sequência de 1989.




Ela não teve grandes oportunidades nos anos seguintes, e atuou em produções menores. Em 2016 foi uma das poucas artistas do elenco original a participar do novo Caça-Fantasmas (Ghostbusters, 2016)

Entre 2013 e 2018 esteve na série Os Fosters: Família Adotiva (The Fosters) e atualmente interpreta a avó na série Jovem Sheldon (Young Sheldon), que estreou em 2017, e ainda é produzida.


Annie Potts em Jovem Sheldon



Jon Cryer (1965)




A Garota de Rosa-Shocking foi seu terceiro filme, a ajudou a firmar a sua carreira no cinema e televisão. Originalmente o papel foi escrito para Anthony Michael-Hall, que se recusou a interpretar outro nerd.





Charlie Sheen havia feito teste para interpretar o galã Blane, mas não passou na seleção. Ele e Cryer atuariam juntos na série Dois Homens e Meio (Two and a Half Man, 2003-2015), uma das mais bem sucedidas produções dos anos 2000, e rendeu a Cryer dois prêmios Emmy.

Cryer homenageou seu personagem, Duckie, na série, usando um visual semelhante ao do clássico da década de 1980.


John Cryer em Dois Homens e Meio

Atualmente ele interpreta Lex Luthor na série Supergirl, que estreou em 2019, e ainda é produzida.





James Spader (1960)


Outro astro adolescente da década de 1980, ele protagonizou Tuff Turf:  O Rebelde (Tuff Turf, 1985) e originalmente foi escolhido para viver o galã de A Garota de Rosa Shocking, mas pediu para o diretor para interpretar o vilão rico e mimado Steff.






Com uma bem sucedida carreira, ganhou dois prêmios Emmy pela série Justiça Sem Limites (Boston Legal, 2004-2008) e foi o Ultron em Vingadores: Era de Ultron (Avengers: Age of Ultron, 2015). Desde 2013 está no elenco da série Lista Negra (The Blacklist), que ainda é produzida.






Andrew McCarthy (1962)



O ator estreou no cinema em Uma Questão de Classe (Class, 1983), e foi uma promissora estrela juvenil na década de 1980. O galã de A Garota de Rosa-Shocking (Pretty in Pink, 1986) e esteve também em O Primeiro Ano do Resto de Nossas Vidas (St. Elmo's Fire, 1985) e Manequim (Mannequin, 1987) e estrelou a comédia Um Morto Muito Louco (Weekend at Bernie's, 1989), e sua sequência. Mas sua carreira de ator não foi tão bem sucedida nas décadas seguintes, e ele passou para trás das câmeras, embora ainda atue.



McCarthy dirigiu séries como Gossip Girl: A Garota do Blog (Gossip Girl), Grace and FrankieThe BlacklistOrange is The New Black e Good Girls. Ele também atuou em alguns episódios desta última.






Uma das meninas malvadas, atuou na série Os 100 (The 100, 2014) e Condor (2018-2020).





Andrew Dice Clay (1957)





Atuou em filmes como Blue Jasmine (2013) e na série Entourage: Fama & Amizade (Entourage, 2004-2011). Também fez Nasce Uma Estrela (A Star is Born, 2018), interpretando o pai de Lady Gaga.





Dweezil Zappa (1969)



Filho do lendário Frank Zappa, era namorado de Molly Ringwald na época do filme. Atuou pouco no cinema, aparecendo também em O Sobrevivente (The Running Man, 1987). Atualmente dedica-se a carreira de músico.







Gina Gershon (1962) e Kristy Swanson (1962)



Ambas tiveram pequenos papéis nos filme. A morena Gershon atuou em filmes como O Jogador (The Player, 1992) e Showgirls (Idem, 1995). Recentemente atuou em Perdidos em Oz (Lost in Oz, 2015-2018), e ainda atua, em produções menores.




A loira Swanson estreou no cinema neste filme. E também foi uma estrela juvenil nas décadas de 1980 e começo de 1990, tendo protagonizado o terror A Maldição de Samantha (Deadly Friend, 1986), Manequim: A Magia do Amor (Mannequin: On the Move, 1991) e foi a primeira Buffy, a Caça Vampiros, no filme de 1992.

Entre 2011 e 2014 esteve na série Psych (2011-2014), e ainda atua, normalmente em filmes independentes.


Alexa Kenin (1962–1985)



Alexa começou a atuar ainda criança, e foi uma das favoritas ao papel de Regan em O Exorcista (The Exorcist, 1973), mas perdeu o papel para Linda Blair. Ela morreu em 10 de setembro de 1985, com apenas 23 anos de idade, antes do filme ser lançando.

A família nunca divulgou a causa da morte, e A Garota de Rosa-Shocking é dedicado a sua memória.











Veja também: As Mais Belas Atrizes da Década de 1980, Antes e Depois




Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram

0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil