Conhecendo Melhor: Ted Cassidy, o eterno Tropeço de A Família Addams



Ted Cassidy ficou eternizado como o mordomo Tropeço (Lurch no original em inglês) na série clássica A Família Addams (The Addams Family, 1964-1966). Muito alto (ele media 2,06 metros) e com uma voz potente, Cassidy ficou marcado ao interpretar papéis de personagens exóticos, muitas vezes interpretando vilões gigantescos.

Ele também emprestou seu vozeirão para diversas dublagens, e foi o narrador da série O Incrível Hulk (The Incredible Hulk, 1977-1982).





Theodore Crawford Cassidy nasceu em Pittisburgh, Pensilvânia, em 31 de julho de 1932. Criança prodígio, ele ingressou no Ensino Médio aos 11 anos de idade. Muito alto, ele aparentava ser mais velho e com esta idade já jogava basquete pelo colégio.





Após se formar na escola, ele frequentou a Universidade, onde jogou basquete universitário pelo Hatters. Após se formar na faculdade, ele se casou com Margaret Helen Jesse, em 1956. O casal se mudou para Dallas, no Texas, e Ted começou a trabalhar como locutor em uma rádio local. Ele inclusive foi um dos primeiros radialistas a cobrir o assassinato do presidente John F Kennedy, e foi o primeiro a entrevistar We Newman Jr. e Gayle Neman, testemunhas oculares do crime.



Ted Cassidy jogando basquete


Ainda em Dallas, ele começou a atuar em um programa da televisão local, interpretando uma criatura do espaço no programa Dialling for Dollars. Sua estreia no cinema aconteceu quando Cassidy dublou um alienígena no filme Viagem ao Planeta Proibido (The Angry Red Planet, 1959).

Sua altura avantajada lhe deu vantagem quando ele fez teste para viver o mordomo Tropeço A Família Addams (The Addams Family, 1964-1966). Ted Cassidy ficou com o papel, que seria o mais marcante de sua carreira. Na série, eventualmente, ele também emprestou sua mão para viver o personagem Mãozinha Addams, embora na maioria das vezes era o produtor Jack Voglin quem assumisse o papel.







Elenco de A Família Addams



Originalmente Tropeço seria mudo, mas em uma das gravações, Ted Cassidy improvisou uma fala, o famoso "Chamou?", e os produtores adoraram sua voz retumbante. Tropeço também tocava um antigo órgão na série, e embora o ator fosse um exímio pianista, as cenas em que ele apareciam era dubladas, já que o instrumento musical usado na série não funcionava mais.

Em 1965 Ted chegou a gravar um disco, compacto simples, cantando com a voz do personagem Tropeço.







Tropeço marcou tanto sua carreira, que ele reprisaria o personagem algumas vezes após o fim da série, em 1966. Ted Cassidy voltou a viver o sisudo mordomo em uma participação especial na série Batman, em 1966, e no desenho Scoby Doo, onde o famoso cachorro dos desenhos animados contracenava com a Família Addams.



Ted Cassidy em Batman



Ted Cassidy em Scooby Doo



Com o cancelamento de A Família Addams, Ted Cassidy passou a fazer participações especiais em séries de televisão, como Jornada nas Estrelas (Star Trek), Jeannie é Um Gênio (I Dream With Jeannie), Perdidos no Espaço (Lost in Space) e O Homem de Seis Milhões de Dólares (The Six Million Dollar Man), onde viveu o personagem Pé Grande.



Ted Cassidy em Jornada nas Estrelas


Ted Cassidy em Jeannie é Um Gênio


Ted Cassidy em Perdidos no Espaço


Ted Cassidy em O Homem de Seis Milhões de Dólares



Geralmente usando maquiagem ou fantasias, eram raras as vezes que o público percebia que o ator convidado era Cassidy, até porque seu rosto havia ficado conhecido com a forte caracterização de Tropeço.

Paralelamente, ele desenvolveu uma bem sucedida carreira de dublador, emprestando a sua voz para diversas animações da Hanna Barbera como A Formiga Atômica (The Atom Ant Show), The New Adventures of Huckleberry Finn, Frankenstein Jr. e Os Impossíveis (Frankenstein Jr. and the Impossibles) e Quarteto Fantástico (The Fantastic Four), onde dublava O Coisa.



Frankenstein Jr, um dos personagens dublados por Ted Cassidy



Ele também dublou Tropeço na animação A Família Addams (The Addams Family) em 1973, e entre 1977 e 1982, foi o narrador da série live action O Incrível Hulk (The Incredible Hulk, 1977-1982), onde também fazia os grunhidos e rugidos de Hulk, vivido por Lou Ferrigno.



A Família Addams, 1973


No cinema, Cassidy atuou em filmes como O Ouro de Mackenna (The Mackenna's Gold, 1969), Butch Cassidy (Butch Cassidy and the Sundance Kid, 1969), Dois Vigaristas em Nova York (Harry and Walter Go to New York, 1976) e A Mais Louca das Aventuras de Beau Geste (The Last Remake of Beau Geste, 1977).



Ted Cassidy, Robert Redford e Paul Newman em Butch Cassidy


Ted Cassidy em A Mais Louca das Aventuras de Beau Geste


Em 1979 Ted Cassidy descobriu um tumor benigno no coração, e precisou fazer uma cirurgia. A doença havia se formado como devido a sua condição de saúde, pois sofria de acromegalia, uma doença rara que estimula a produção do hormônio do crescimento.

A cirurgia a principio foi bem sucedida, mas algumas complicações surgiram nos dias seguintes, enquanto ele se recuperava em casa. Ele precisou ser internado novamente, e faleceu no hospital em 16 de janeiro de 1979, com apenas 46 anos de idade.

Na época, o ator estava de casamento marcado com a atriz Sandra Ego, com quem vivia desde 1977. Ele havia se separado de sua primeira esposa em 1975.






0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil