John Astin, o Gomez Addams, Completa 91 Anos de Idade


John Astin ficou eternizado por seu trabalho como o exótico e apaixonado Gomez Addams na série de televisão A Família Addams (The Addams Family, 1964-1966), que fez muito sucesso na televisão mundial.


John Allen Astin nasceu em Baltimore, em 30 de março de 1930. Ele é filho do renomado físico Dr. Allen Varley Astin, e seu irmão Alexander W. Astin também é um importante cientista e acadêmico.

John Astin também quase seguiu os passos do pai, e se formou em matemática na Universidade. Mas depois de formado, começou a estudar teatro, abandonando as ciências exatas.

Ele começou a trabalhar na Broadway, como ator substituto, e também fez alguns comerciais. Sua estreia na televisão foi na série de televisão Studio One, em 1957. Seu primeiro filme foi o independente The Pusher (1960), onde interpretou um detetive.

No ano seguinte participou do vencedor do Oscar de Melhor Filme Amor Sublime Amor (West Side Story, 1961), em um pequeno papel. Raramente os fãs do filme lembram que Astin esteve no elenco deste clássico do cinema.

John Astin em Amor, Sublime Amor

Astin começou a fazer muitas participações na televisão, em séries como O Pimentinha (Dennis The Menace) e 77 Sunset Strip. O comediante Tony Randall viu seu trabalho, e indicou Astin para atuar em Carícias de Luxo (That Touch of Mink, 1962), estrelado por sua amiga Doris Day.


Doris Day e John Astin Carícias de Luxo

Astin ainda faria outro filme de Doris Day, A Mais Querida do Mundo (Billy Rose's Jumbo, 1962), e teria pequenos papéis em comédias românticas como Contramarcha Nupcial (Period of Adjustment, 1962), Simpático, Rico e Feliz (The Wheeler Dealers, 1963) e Eu, Ela e a Outra (Move Over, Darling, 1963).

E entre 1962 e 1963 estrelou a série de televisão I'm Dickens, He's Fenster junto com o ator Marty Ingels.

Mas foi em 1964 que ele ficou conhecido do grande público, ao ser escalado para o papel de Gomez Addams, o patriarca de  A Família Addams (The Addams Family, 1964-1966), séria baseada nos quadrinhos de Charles Addams.

A família exótica e mórbida agradou muito ao público, e quando a CBS soube que a rede ABC estava produzindo A Família Addams, correu para estrear uma série similar antes, Os Monstros (The Munsters), porém, A Família Addams estrelou seis dias antes.





A Família Addams estreou no Brasil em agosto de 1965, na programação da TV Rio. Em 1969 os direitos de transmissão foram para a TV Globo, e na década de 70 a série também foi exibida pela TV Record.

Na primeira dublagem brasileira, Gomez chamava-se Covas.


Com o fim da série John Astin continuou na televisão, tanto como convidado ou como personagem regular em várias séries. Ele interpretou o Charada em dois episódios de Batman e Robin (Batman), em 1967, mas depois foi substituído por Frank Gorshin.


John Astin como Charada em Batman

Em 1967 ele interpretou o cunhado de Phyllis Diller na série The Pruitts of Southampton, aparecendo em seis episódios do programa. Também interpretou um padre em A Noviça Voadora (The Flyng Nun, 1967) e atuou no filme Está Sobrando Um Fantasma (The Spirit Is Willing, 1967).

No ano seguinte Astin estreou na direção, com o curta metragem Prelude (1968), que lhe deu uma indicação ao Oscar. Nos anos seguintes ele faria muitos trabalhos na direção, geralmente dirigindo séries de TV, tendo inclusive dirigido alguns episódios de CHiPS.

Em 1968 ele também atuou na comédia Candy (Idem, 1968), que ainda tinha no elenco a brasileira Florinda Bolkan.


Ewa Aulin e John Astin em Candy

Nas telas do cinema apareceu em Viva Max! (Viva Max, 1969), Bunny O'Hare (1971), O Perverso Roy Slade (Evil Roy Slade, 1972), O Homem de Duas Vidas (Get to Know Your Rabbit, 1972), Confusões Por Todos os Lados (Every Little Crook and Nanny, 1972) e Brothers O'Toole (1973).



E em 1972 dublou o seu famoso personagem Gomez Addams em alguns desenhos do Scobby Doo. Ele retornou ao papel em Halloween With the New Addams Family (1977), um filme feito para a televisão.



Halloween With the New Addams Family

Em 1976 John Astin interpretou o pai de Jodie Foster na comédia da Disney Se Eu Fosse Minha Mãe (Freaky Friday, 1976). No filme Jodie trocava de corpo com sua mãe, interpretada por Barbara Harris.




Entre 1977 e 1978 ele foi um dos astros da comédia O Caso das Anáguas (Operation Petticoat), série que ele também dirigiu alguns episódios.


John Astin em O Caso das Anáguas


A partir da década de 1980 John Astin fez muitos trabalhos como dublador, e apareceu como convidado em diversas séries de TV. Ele atuou também no filme O Garoto do Futuro 2 (Teen Wolf Too, 1987) e Gremlins 2: A Nova Geração (Gremlins 2: The New Batch, 1990), mas talvez seja mais lembrado como o Professor Mortimer Gangreen no trash A Volta dos Tomates Assassinos (Return of the Killer Tomatoes!, 1988). Ele interpretou o personagem em outros dois filmes e ainda participou de uma série de televisão derivada de os Tomates Assassinos.


John Astin em A Volta dos Tomates Assassinos

Apesar de ser uma participação pequena, ele esteve impagável na comédia Férias Frustradas II (National Lampoon's European Vacation, 1985). Austin interpretava o apresentador do programa de televisão Pin in a Poke.

Entrte 1985 e 1986 também fez a série Mary, estrelada por Mary Tyler Moore.

John Astin Férias Frustradas II

Entre 1992 e 1993 ele voltou ao papel de Gomez Addams, desta vez dublando uma animação, que lhe valeu uma indicação ao prêmio Emmy por seu trabalho. Austin também dublou o jacaré Bull Gator no desenho Taz-Mania.




Sob direção de Peter Jackson, atuou no filme Os Espíritos (The Frighteners, 1996). Anos mais tarde Jackson dirigiria seu filho, Sean Astin (de Os Goonies) na saga Senhor dos Anéis. A neta de John, Ali Astin, também atuou no mesmo filme.

Ainda trabalhando, John Astin tem feito mais trabalhos como dublador nos últimos anos. 

John Astin em Os Espíritos

Sean Astin e sua filha Ali Astin


Entre 1998 e 1999 ele interpretou o Vovô Addams na série The New Addams Family.




John Astin foi casado com a atriz Suzanne Hahn (entre 1956 e 1972), com quem teve três filhos. Em 1972 ele se casou com a atriz Patty Duke, com quem teve dois filhos, incluindo o ator Sean Astin.

John criou Astin acreditando ser o pai biológico do menino, mas em 1990 Patty Duke revelou que Sean era filho do ator Desi Arnaz Jr. Mais tarde, um exame de DNA provou que Sean Astin na verdade era filho de Michael Tell, um homem que dividiu apartamento com Duke na época.

E embora Sean Astin hoje tenha contato com os seus "três pais", ele considera John Astin como o verdadeiro, pois foi quem o criou. John Astin sempre afirma que Sean é seu filho, e não existe exame que diga o contrário.


Sean Astin e John Astin

Patty Duke e John Astin se divorciaram em 1985, e desde 1989 o ator é casado com Valerie Ann Sandobal. 

Atualmente ele também é professor de teatro na Columbia Center for Theatrical Arts, em Columbia, e na John Astin Fundation, que ensina alunos da Universidade Johns Hopkins.

Com a morte de Ken Weatherwax (que interpretou seu filho Feioso) em 2014, apenas Astin e Lisa Loring (a Wandinha) estão vivos dentre os atores originais de A Família Addams.


John Astin com uma turma de alunos


0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil