Quem Fim Levou? Cathy O'Donnell, a Tirzah, de Ben-Hur (1959)


Cathy O'Donnell é mais lembrada como a jovem Tirzah, a irmã de Judah Ben-Hur, que junto com sua mãe é condenada a escravidão após um mal entendido, e acaba morando em uma colônia de leprosos no clássico filme Ben Hur (Idem, 1959).



Cathy O'Donnell, Martha Scott e Haya Harareet em Ben Hur


Ann Steely nasceu em 06 de julho de 1923, em Siluria, Alabama. Seu pai era dono de um cinema na pequena cidade do sul dos Estados Unidos, e Cathy cresceu sonhando em ser atriz.

Fascinada pelos bastidores do cinema, ela juntou seu salário como estenógrafa para pagar uma viagem de férias para conhecer Hollywood





Durante a viagem, ela foi descoberta por um caçador de talentos enquanto fazia compras em uma farmácia, e ele a levou para fazer um teste com o famoso produtor Samuel Goldwyn.

Goldwyn ficou encantado com a menina, mas não gostou de seu teste de tela. Ela não tinha experiência, e possuía um forte sotaque sulista. O produtor então pagou aulas de dicção e atuação para a garota, e conseguiu para ela papéis em peças locais, para ela desenvolver seu talento. 

Ele sugeriu que ela muda-se nome, e ela escolhe Cathy porque era o nome da protagonista de seu livro favorito, O Morro dos Ventos Uivantes. O sobrenome O'Donnell foi uma sugestão da esposa de Golwyn, que disse que o público amava artistas com sobrenomes irlandeses.

Ela estreou no cinema em um pequeno papel em Um Rapaz do Outro Mundo (Wonder Man, 1945), que era apenas uma tentativa de ver se ela funcionava nas telas.

Goldwyn então deu a atriz um importante papel no filme vencedor do Oscar Os Melhores Anos de Nossas Vidas (The Best Years of Our Lives, 1946). Ela interpretava a namorada do soldado que voltava da guerra, após ter suas mãos amputadas no conflito. O papel foi interpretado pelo soldado Harold Russell, que ganhou um Oscar pela sua atuação.

Cathy O'Donnell e Harold Russell


O filme foi aclamado e fez muito sucesso, e projetou o nome de Cathy O'Donnell ao estrelato. Porém, a produção foi dirigida pelo lendário diretor William Wyler, e durante as filmagens Cathy conheceu o irmão dele, o roteirista e também diretor Robert Wyler.

Cathy havia acabado de filmar Amarga Esperança (They Live by Night, 1948), onde interpretava a protagonista da trama, quando se casou com Robert Wyler

O filme hoje é considerado um dos 10 melhores noir da história do cinema. 





Samuel Goldwyn havia acabado de demitir Robert Wyler, após uma longa briga nada amistosa. Furioso, Goldwyn também demitiu sua nova estrela Cathy O'Donnell. Além disto, ele fez de tudo para que nenhum outro estúdio a contratasse.

Ao lado de Farley Granger, seu colega de elenco em Amarga Esperança, a atriz ainda atuou, como freelancer, em Pecados Sem Mácula (Side Street, 1950). Depois fez um papel de apoio em Romance de Uma Esposa (The Miniver Story, 1950) e atuou em um pequeno papel em Chaga de Fogo (Detective Story, 1951), dirigido por seu cunhado William Wyler.


Cathy O'Donnell, Kirk Douglas e Craig Hill em Chaga de Fogo


Este foi seu último filme em Hollywood por muitos anos. Sem trabalho, a atriz recorreu a televisão para continuar trabalhando. Ela chegou a ir para à França para filmar.

Ela chegou a fazer outros filmes, como Um Certo Capitão Lockhart (The Man From Laramie, 1955) e foi quase figurante em A História da Humanidade (The Story of Mankind, 1957).



Cathy O'Donnell e James Stewart em Um Certo Capitão Lockhart


Foi novamente William Wyler quem lhe ofereceu emprego novamente, escalando a cunhada para viver a irmã de Charlton Heston em Ben Hur (Idem, 1959). Este foi seu foi seu trabalho final nos cinemas.


Cathy O'Donnell em Ben Hur

Robert Wyler, Cathy O'Donnell, William Wyler e Charlton Heston nos bastidores de Ben Hur


Cathy ainda atuaria na televisão até 1964. Seu último trabalho como atriz foi na série Bonanza.



Cathy O'Donnell em Bonanza


Robert Wyler e Cathy O'Donnell tiveram um casamento feliz, embora sem filhos. No dia 11 de abril de 1970 eles comemoravam o 22º  aniversário de casamento, quando a atriz sofreu um derrame hemorrágico fatal, que tirou sua vida com apenas 46 anos de idade.





0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil