Eartha Kitt, "a mulher mais fascinante do mundo"


Orson Welles certa vez declarou "Eartha Kitt é a mulher mais fascinante do mundo!". Cantora, atriz, ativista, Eartha é mais lembrada por ser a última atriz a interpretar a Mulher Gato na cultuada série de televisão Batman e Robin (Batman, 1967-1968), e pelas canções C'est Si Bon e Santa Baby, um clássico natalino.


Nascida em uma fazenda de algodão da Carolina do Sul, Eartha Mae Keith nunca soube quem era seu pai, já que sua mãe havia engravidado após um estupro, e por muito anos ela nunca soube nem mesmo a sua real data de nascimento. Foi somente em 1998 que um pesquisador descobriu sua certidão de nascimento, e afirmou, Eartha Kitt nasceu em 17 de janeiro de 1927.


Após no nascimento de Eartha sua mãe se casou com um homem que rejeitou a menina, por ela ser muito clara (o pai biológico era um médico branco e bem sucedido), e Eartha foi enviada para viver na casa de uma tia, onde era constantemente agredida, e também foi abusada sexualmente. Posteriormente ela foi enviada para viver com outra parente, no bairro do Harlem, em Nova York.

Em 1942 ela começou a trabalhar no teatro, como dançarina no musical Carib Song (1942). No ano seguinte ingressou na Companhia de Katherine Dunham, e permaneceu em sua trupe até 1948.


Com Dunham, Kitt estreou no cinema, como uma das integrantes do balé da coreógrafa, no filme Casbah, o Reduto da Perdição (Casbah, 1948). Eartha então foi para à Europa, onde alcançou o sucesso cantando nos cabarés parisienses. E foi na França que teve seu primeiro destaque no cinema, na produção italo-francesa Paris é Sempre Paris (Parigi è Sempre Parigi, 1951). Eartha não atuava, apenas fazia um número musical, cantando Babalu.

Foi em Paris que Orson Welles a assistiu cantando, e a levou de volta para os Estados Unidos, onde ela atuou na peça Fausto (1950), dirigida por ele. No começo da década de 1950 ela emplacou uma bem sucedida carreira de cantora, e teve seis músicas nas paradas de sucesso, incluindo Uska Dara e I Want to Be Evil. E em 1953 gravou a canção Santa Baby, maior sucesso de vendas em toda a sua carreira.


O sucesso da música levou Eartha para a Fox, que promoveu a sua estreia em Hollywood, cantando Santa Baby no filme New Faces (1954). O filme na verdade era um espetáculo de revista, de 1952, filmado para as telas de cinema.


Foi na Fox que ela conheceu o jovem James Dean. Eles se tornaram grandes amigos, e se tratavam como irmãos. Vinda de uma infância rejeitada em lares adotivos, Eartha encontrou em Dean a família que nunca teve.

Eartha Kitt e James Dean

Ao lado de Sidney Poitier, fez seu primeito trabalho nos cinemas como atriz, sendo a protagonista de A Marca do Gavião (The Mark of the Hawk, 1957). No ano seguinte atuou em Lamento Negro (St. Louis Blues, 1958), que também tinha Ella Fitzgerald no elenco, em uma rara aparição no cinema.

Sidney Poitier e Eartha Kitt em A Marca do Gavião

Em 1958 ela voltou para à Europa, onde estrelou Anna Lucasta (1958). No anos seguintes, embora tenha feito os filmes Saint of Devil's Island (1961), nos EUA, e Drei Männer Spinnen (1962), na Alemanha, deu prioridade a sua carreira de cantora, fazendo turnês pelo mundo todo, inclusive no Brasil.

Em junho de 1961 a TV Tupi trouxe Eartha Kitt para cantar em seus estúdios como uma atração internacional. Para tentar rivalizar com a TV Record, que trazia grandes astros internacionais, a Tupi promoveu uma série de show, que incluíram Julie London, Vic Damone, Anita Bryant, Della Reese, Bobby Rydell, Luciano Tajoli, e Fabian, entre outros.

Eartha Kitt cantou na Tupi de São Paulo e do Rio de Janeiro, e ainda fez shows em Porto Alegre.


Eartha Kitt no Cristo Redentor, no Rio de Janeiro

Ela retornou ao cinema em A Cabana do Pai Tomás (Onkel Toms Hütte, 1965) e Os Ressuscitados (Synanon, 1965), e apareceu como convidada em diversas séries de televisão.

Em 1968 sua carreira deu uma guinada quando ela foi convidada para substituir Julie Newmar no papel de Mulher Gato na série Batman e Robin (Batman, 1967-1968). A série já era muito bem sucedida, e fez de Kitt uma artista ainda mais famosa.

Eartha Kitt e orangey, o Gato ator, em Batman e Robin

Porém, ainda em 1968 sua carreira se deteriorou rapidamente, quando ela fez críticas a Guerra do Vietnã, durante um almoço na Casa Branca. Eartha era conhecida por defender movimentos sociais (como o direto dos negros, mulheres e da comunidade LGBT), e era investigada pela CIA desde 1956, e foi colocada em uma espécie de lista negra, que limitou seu trabalho.

Banida profissionalmente nos Estados Unidos, ela viajou pela Ásia e Europa se apresentando como cantora. Ela retornou aos EUA para atuar no blackexpotion Friday Foster (1975), estrelado por Pam Grier, a maior estrela do gênero.

Pam Grier e Eartha Kitt

Na Broadway, alcançou a redenção no país estrelando Timbuktu!, que era baseado no musical Kiss Me Kate, mas ambientando na África. A produção lhe valeu sua primeira indicação ao Prêmio Tony. A segunda indicação foi por The Wild Party, em 2000.

Earth Kitt em Timbuktu!

Em 1980 ela gravou Where is My Man, que a levou de volta as paradas de sucesso como cantora. A canção lhe rendeu seu primeiro Disco de Ouro.



Na década de 1980 também foi muito ativa na luta contra o HIV, e foi uma das primeiras celebridades a brigar pela união legal de casais LGBT. Eartha dizia que fazia isto por ter sofrido com as leis de segregação, que impediam o casamento entre pessoas de raças diferentes na década de 1950. Em 1954 ela foi proibida de se casar como ator e produtor Arthur M. Loew Jr, por estes motivos.

No cinema, ainda destacou-se em As Aventuras de Erik, o Viking (Erik the viking, 1989), O Príncipe das Mulheres (Boomerang, 1992), O Bobo e a Fera (Ernest Scared Stupid, 1991), Distração Fatal (Fatal Instinct, 1993), A Pequena Espiã (Harriet the Spy, 1996) e Acordei Cedo no Dia da Minha Morte (I Wok Up Early the Day I Died, 1998). Também fez diversas aparições em séries de TV, como a inesquecível participação em The Nanny, em 1996.

Eddie Murphy e Eartha Kitt em O Príncipe das Mulheres

Eartha Kitt em The Nanny

Em 2007 Eartha Kitt, aos 80 anos de idade, tornou-se modelo da MAC Cosmetics. Ela regravou a canção Smoke Gets in Your Eyes para a campanha, e a versão também fez bastante sucesso. No mesmo ano, atuou em Então Vem o Amor (And the Came Love, 2007), seu último trabalho para os cinemas.


Eartha Kitt e Vanessa Williams em  Então Vem o Amor

Desde o ano 2000, Eartha estava trabalhando também com dublagem, e ficou famosa ao dar voz a Yzma em A Nova Onda do Imperador (The Empreror's New Groove, 2000). Ela voltou a dublar a personagem na série de desenhos animados, feita entre 2006 e 2008. Também dublou o desenho Uma Robô Adolescente (Mu Life as a Teenage Robot, 2003-2007).



Seu último trabalho também foi na dublagem, dando voz a si mesma em um episódio de Os Simpsons, em 2010. Ela fazia uma das ex-esposas de Krusty, o Palhaço. O episódio foi lançado após a sua morte.

Eartha Kitt em Os Simpsons

Na vida real, a cantora e atriz foi casada com John William McDonald, entre 1960 e 1965. Ele é pai de sua filha, Kitt McDonald.

Eartha Kitt morreu em 25 de dezembro de 2008, aos 81 anos de idade. Ela sofria de câncer de cólon, e faleceu três semanas antes de seu aniversário. Em junho de 2019, um incêndio na Universal Studios destruiu grande parte do material de arquivo deixado pela artista.



0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil