Produtor Phil Spector, condenado por matar a atriz Lana Clarkson, morre aos 81 anos de idade


Phil Spector, um dos mais influentes e bem-sucedidos produtores musicais do rock'n'roll e do pop, responsável por uma série de sucessos no início dos anos 1960 e discos icônicos como "Let it Be" e "Imagine", morreu no último sábado, 16, aos 81 anos. A morte foi confirmada na tarde deste domingo, 17, por autoridades  Departamento de Correções e Reabilitação da Califórnia, onde ele cumpria pena por assassinato desde 2003. A causa "ainda será determinada pelo legista", segundo as autoridades.



Sua colaboração com os Beatles resultou no estrondoso sucesso do álbum Let it be, entre outros. Ele também viria a trabalhar no "Imagine" de John Lennon. Outras de suas parcerias incluem artistas como Ronettes, Crystals, Ike & Tina Turner, Cher, Leonard Cohen e Ramones, antes de entrar em um período de inatividade a partir dos anos 1980, com alguns trabalhos ocasionais.

Sua carreira de sucesso, porém, foi manchada pelo assassinato da modelo e atriz Lana Clarkson, que foi encontrada morta com um tiro na cabeça em sua casa em 2003. Em 2009, Spector foi condenado a 19 anos de prisão.

Lana Clarkson

Produtor também de diversas trilhas sonoras para o cinema, Phil Spector também atuou em um episódio de Jeannie é Um Gênio e no filme Sem Destino (Easy Rider, 1969). Em 2013 David Mamet dirigiu o filme Phil Spector (2013), com Al Pacino no papel do produtor.

Phil Spector em Sem Destino

Phil Spector em Jeannie é Um Gênio




0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil