Morre a atriz, cantora e dubladora Nair Silva, vítima da Covid-19

Morreu a atriz e dubladora Nair Silva. Ela estava internada desde novembro, e morreu em consequências do Coranavírus (Covid-19).


Nascida em 1939, na cidade de Bebedouro (interior de São Paulo), Nair Silva, ainda criança, começou a cantar como caloura em programas de rádio e televisão. Em 1956 venceu o concurso Comissária de Bordo, no programa Galera do Nelson, e começou a sua carreira profissional. Com ela, também venceram as cantoras Marly Costa Neto e Carmen Silva.

Nair Silva, em 1953


Nair foi então contratada pela Rádio Nacional de São Paulo, e em 1958 migrou para a Rádio Tupi, passando a ser também atração da televisão vinculada a emissora. Foi a atriz Márcia Real que a convenceu a começar a trabalhar como atriz, e foi Laura Cardoso quem lhe deu aulas de interpretação para o rádio teatro.

Na TV Tupi, além de cantar, também tornou-se atriz, atuando em novelas como Profundo como o Mar (1960), de Vida Alves, e muitos programas como TV de Vanguarda e Grande Teatro Tupi. Mas foi como humorista que conquistou o público. Após participar de muitos programas de humor, foi para Recife, como estrela da recém inaugurada Rádio e TV Jornal do Comércio, onde ficou até 1967.

Depois, retornou a São Paulo, para inaugurar a TV Bandeirantes, em 1967.

Nair Silva, vestida de empregada, na TV Tupi



Foi também na década de 1960 que começou a dublar, mas ainda trabalharia em frente as câmeras na série O Tronco do Ipê (1982), na TV Cultura, onde também era uma resquisitada dubladora, tendo dublado a animação Os Animais do Bosques dos Vinténs, fazendo a voz da Sra. Lagartixa.

Sua primeira dublagem foi para o filme Cleópatra, de 1963, estrelado por Elizabeth Taylor. Nair empresou a voz para a criada que leva a serpente para a rainha do Egito. Quarenta anos mais tarde, quando o filme foi lançado em DVD, Nair voltou a dublar o filme, desta vez dando a voz para a própria Cleópatra.

No cinema, atuou Regina e o Dragão de Ouro (1973), dublando o Texugo Kossul. Mas apareceu em Os Insaciados (1981) e Mulheres... Mulheres (1981).

Na dublagem, Nair Silva emprestou sua voz para Whoppi Goldberg (em São Paulo, no Rio de Janeiro a dubladora é Selma Lopes), Diana Ross, Kathy Bates, Meryl Streep (em A Escolha de Sofia), Glenn Close, Sigourney Weaver, Susan Sarandon e Bette Midler. Também dublou desenhos como O Fantástico Mundo de Bobby, Pica Pau (a voz da Lasquita), Os Anjinhos, Miss Piggy (em os Muppets), mas é mais lembrada como a voz da Rainha Ahames  em Changeman.



5 comentários:

  1. Que triste gente!
    Dia 12 dez 2020 estive pela primeira vez em Bebedouro. A cidade perdeu uma filha ilustre.

    ResponderExcluir
  2. https://episalbum.blogspot.com/2020/12/faleceu-nair-silva.html ontem... Muito triste.
    A Minha recordação dela é a Voz da Ahames na Cena marcante no Changeman Ep53. Quando o Monstro espacial - Mezu se dividiram, A Ahames dizia.... "Senhor Bazoo... Eu Ahames luto pela minha estela!!".
    Depois de entrar na Base secreta dos Changeman.... "Senhor Bazoo... Me devolva a minha estrela!! a minha estrela!!".
    A Ahames chegou na Sala do Comando da Base secreta, emitindo o raio para destruir a Base.
    "Senhor Bazoo... Eu sou uma servidora tão fiel!! Diga que irá devolver a minha estrela Amazo!! Que me fará uma Rainha!!"
    "Senhor Bazoo... sou tão fiel forte, eu desejo de uma mulher bonita!!"
    "Senhor Bazoo... Porque senhor não me ouvi o meu pedido?! Só quero a minha estrela!!"
    A Sala está começando explodir...
    "Senhor Bazoo!! Hahahahahhahahahaah!!!"
    "Senhor Bazoo!!"
    Ultimo grito dela... "Senhor Bazoo!!!". A Base todo dos Changeman explodiu.
    Descanse em paz.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada ❤️Ela era maravilhosa 💃🏿

    ResponderExcluir
  4. Nair Silva dublou a repórter Amanda Ammy Allen (Melinda Culea) no Esquadrão Classe A, dublagem BKS.

    ResponderExcluir

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil