Morre Emília Barreto Correa Lima, Miss Brasil 1955


Emilia Barreto Correia Lima, que recebeu a coroa de Miss Brasil das mãos de Martha Rocha em 1955, morreu no dia 04 de fevereiro, após sofrer um AVC, na cidade do Rio de Janeiro. Ela tinha 87 anos de idade.




Nascida em Sobral, Emília era professora quando foi eleita Miss Ceará, representando o Clube Maguari. Ela depois foi eleita Miss Brasil, sucedendo o reinado de Martha Rocha.

Emília recebeu elogios da escritora Raquel de Queiroz, que lhe escreveu uma longa carta, e era musa de Millor Fernandes. Ela representou o Brasil no concurso de Miss Universo, ficando no Top 15 mundial (a futura atriz Isabel Sarli também participou do pleito, representando seu país, a Argentina).

Naquela época, era comum as misses receberem convites para atuarem no cinema, até no exterior, mas Emília não se deslumbrou com a fama,  recusou todos os contratos comerciais que lhe foram oferecidos e preferiu retornar a sua vida anônima.

Em 1956 ela se casou com o engenheiro Wilson Santa Cruz Caldas, passando a usar o nome de Emília Correa de Santa Cruz Caldas, com quem teve quatro filhos. Morando no Rio de Janeiro, fundou duas creches dedicadas a comunidades carentes cariocas, na Restinga e no Cantagalo.

Emília Barreto Correia Lima era avó do ex ator mirim Eduardo Caldas.


O ator Eduardo Caldas






0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil