Morre o ator Roy Horan, aos 71 anos de idade




O ator Roy Horan, que atuou em dois filmes do astro Bruce Lee (feitos após a morte do ator) morreu no dia 12 de outubro, aos 71 anos de idade. Sua morte foi informada por sua filha, a atriz Celina Jade, que não divulgou a causa da morte de Horan.

De acordo com a Revista Variety, Roy Horan faleceu de uma tragédia após "caminhar e meditar em colinas próximas a Los Angeles". 




Embora fosse norte-americano, Roy Horan tornou-se astro de filmes de artes marciais feitos em Hong Kong. Sua estreia no cinema foi em Bruce Lee's Deadly Kung Fu (1977), feito após a morte do astro Bruce Lee. 

Apesar do nome do astro Lee, o filme é na verdade protagonizado por seu imitador, Bruce Li (um ator de filmes de artes marciais que usava o nome Chung Tao Ho antes da morte de Lee, em 1973).


Bruce Li (Chung Tao Ho)



Horan fez outros filmes do gênero, incluindo Se Ying Diu Sau (1978), ao lado do novo astro dos filmes de lutas marciais que surgia: Jackie Chan.



Roy Horan e Jackie Chan


Em 1980 Horan atuou em Jogo da Morte 2 (Si Wang Ta, 1980), filme com participação de Bruce Lee, rodado no Japão. O filme contava com 30 minutos de filmagens de um projeto deixado inacabado pelo ator, e teve um dublê para finalizar as cenas que faltavam, além de se utilizar de algumas imagens de arquivo de outras produções.

Em 1987 ele atuou em Retroceder Nunca, Render-se Jamais 2 (Not Retreat, no Surrender2: Ranging Thunder, 1987), escrito e produzido por ele. O filme, uma co-produção norte-americana, era protagonizado por Loren Avedon e Cynthia Rothrock. Após atuar no drama Shangai 1920 (1991), o ator se aposentou, passando a trabalhar como professor em uma universidade.







0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil