Pat Morita, além do Sr. Miyagi


Noriuki "Pat" Morita ficou famoso ao interpretar o Sr. Miyagi na série de filmes Karatê Kid, papel pelo qual qual foi indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante.

Nascido em Isleton, Califórnia, em 28 de junho de 1932, Pat Morita era filho de imigrantes japoneses. Aos dois anos de idade foi diagnosticado com tuberculose espinhal (doença de Pott), e passou os nove anos seguintes internados em um hospital em São Francisco. Os médicos diziam que o menino nunca iria andar, e ele precisou se submeter a diversas cirurgias na coluna, e fazer fisioterapia para aprender a andar. Nesta época, o padre do hospital batizou o menino de "Pat", apelido que o acompanharia por toda a vida.

Aos 11 anos teve alta, mas não foi para casa. Era 1943, e os Estados Unidos lutavam na Segunda Guerra Mundial, tendo o Japão como inimigo. Morita e sua família foram enviados para o Campo de Concentração de Gila River, no Arizona. Nesta época, muitos imigrantes orientais foram enviados para campos de trabalhos forçados nos EUA.

Ele e sua família foram libertados ao final da Guerra, e voltaram para a Califórnia, onde montaram um restaurante. O adolescente Morita, além de trabalhar no negócio da família, entretinha os clientes atuando como mestre de cerimônias, e fazendo apresentações de stand up.

A atriz e agente de artistas Sally Marr, mãe do comediante Lenny Bruce, o viu e passou a gerenciar sua carreira. Ela conseguiu para ele apresentações abrindo o shows de cantores como Vic Damone e Connie Stevens, e do comediante Redd Foxx, que mais tarde lhe daria emprego na série Sandford and Son, na década de setenta.

O jovem Pat Morita

Em 1967 ele estreou no cinema em um pequeno papel em  Positivamente Millie (Thoroughly Modern Millie, 1967). Depois atuou em The Shakiest Gun in the West (1968), estrelado por Don Knotts. Em ambos os filmes fazia papéis estereotipados de orientais. 


Jack Soo, Julie Andrews, and Pat Morita em Positivamente Millie

Atuou em algumas séries de TV, como The Cosby Show e Columbo, estrelada por Peter Falk. Retornou ao cinema em papéis melhores em Confusões por Todos os Lados (every Little Crook and Nanny, 1972) e Onde Dói Mais? (Where Does it Hurt, 1972). Em 1973 passou a fazer participações frequentes na série M.A.S.H., interpretando o Capitão Sam Pak, o que aumentou a sua popularidade. Entre 1975 e 1976 também fez um papel regular na série Sanford and Son, convidado por seu amigo Redd Foxx.


Alan Alda e Pat Morita em M.A.S.H.

Em 1975 ingressou no elenco da serie Happy Days (1975-1983), onde interpretava Matsuo "Arnold" Takashi, o dono do restaurante Arnold. Ao final da temporada, em 1975, deixou a série para estrelar seu próprio seriado, Mr. T and Tina (1976), o primeiro seriado asiático-americano da televisão. Mas este foi cancelado após um mês de exibição. Ainda em 1976 teve um papel importante em A Batalha de Midway (Midway, 1976).

Morita então repetiu o personagem de Happy Days no spin off (série derivada de outra série) Blansky's Beatius, e retornou a Happy Day para a temporada de 1982-1983.

Henry Winkler,  Pat Morita, Ron Howard em Happy Days

Atuou ainda nos filmes O Dia em Que o Mundo Acabou (When Time Ran Out..., 1980) e Trapalhões do Futuro (Slpastick, Of Another Kind, 1982). Em 1984 foi convidado para viver o Sr. Miyagi, o sábio professor de karatê de Daniel San em Karatê Kid: A Hora da Verdade (The Karate Kid, 1984).

Na verdade, o produtor Jerry Weintraub não queria o ator, por achar que um ator cômico não poderia desempenhar tal papel, e queria o lendário ator Toshiro Mifune como astro. Mas o diretor John G. Alvidesen achou Mifune muito sério para o papel. Morita fez o teste cinco vezes, até convencer o produtor que não o decepcionaria.

Morita não só agradou, como também foi indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante e ao Globo de Ouro na mesma categoria daquele ano. A cena onde Morita fica bêbado e chora a morte da esposa e do filho em um campo de concentração quase foi cortada do filme. O produtor achou que ela era desnecessária, mas o diretor Avildesen brigou para mantê-la, dizendo que era importante para o personagem. Tal cena foi muito importante para que Morita fosse indicado ao Oscar.

Ralph Macchio e Pat Morita em Karate Kid


Ele retornaria ao papel em Karate Kid II - A Hora da Verdade Continua (The Karate Kid Part II, 1986), Karate Kid 3 - O Desafio Final (The Karate Kid Part III, 1989) e na obscura sequência Karatê Kid 4: A Nova Aventura (The Next Karate Kid, 1994), este último estrelado por Hilary Swank, substituindo Ralph Macchio. Também emprestou sua voz ao personagem no desenho animado Karate Kid (The Karate Kid, 1989).


Pat Morita e Hilary Swank

Após o filme, atuou no telefilme Amos (Idem, 1985), ao lado de Kirk Douglas. Por este papel foi indicado ao prêmio Emmy e recebeu a segunda indicação ao Globo de Ouro de sua carreira. Depois, estrelou a série Ohara (1987-1988), outra série composta por elenco oriental, mas que também foi cancelada ao fim da primeira temporada.

Kirk Douglas, Elizabeth Montgomery, Pat Morita, and Dorothy McGuire em Amos

Fez muitos filmes de baixo orçamento nos anos seguintes. Em 1998 dublou o Imperador da China em Mulan (Idem, 1998), animação dos estúdios Disney. Um de seus últimos trabalhos também foi dublando um episódio de Bob Esponja Calça Quadrada (Spongebob SquarePants). Morita interpretou o professor de karate Mestre Undon, mas não chegou a ver o episódio pronto. Ele foi lançado após a sua morte, e foi dedicado a sua memória.

Personagem de Morita em Mulan

Mestre Undon e Bob Esponja

Pat Morita faleceu em sua casa, em 24 de novembro de 2005. Ele tinha 73 anos de idade. Muito emocionado, Ralph Macchio, eterno Daniel San, discursou no funeral daquele que chamou de "meu eterno Sensei!"

Ralph Macchio no funeral de Pat Morita


Muitos dos filmes em que atuou foram lançados após sua morte. Rice Girl (2014) foi lançado nove anos após seu falecimento, mas o último filme em que trabalhou foi Royal Kill, lançado em 2009.

Pat Morita em Royal Kill

Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil