O Ator Bernard Fox, de A Feiticeira à Titanic


Além dos astros principais, a série A Feiticeira contou com coadjuvantes memoráveis, como a atrapalhada Tia Clara, a vizinha enxerida Sra. Kravitz, o histriônico Tio Arthur e médico Dr. Bombay (papel de Bernard Fox), que sempre aparecia com trajes estranhos que ele estava usando em alguma atividade antes de ser convocado por Samantha.




Bernard Lawson nasceu no País de Gales em 11 de maio de 1927. Filho do ator Gerald Lawson e da atriz Queenie Barrett, e sobrinho do ator Wilfrid Lawson, Bernard Fox descendia de uma longa linhagem de atores teatrais do Reino Unido.

Aos 14 meses de idade ele já estava nos palcos, ao lado dos pais, e aos 14 anos era aprendiz de gerente assistente de um teatro.


O pequeno Bernard Fox



Sua carreira nos palcos foi interrompida durante a Segunda Guerra Mundial, quando ele serviu na Marinha Real Britânica. Após a guerra, ele montou um grupo teatral com o ator Brian Rix, que fez muito sucesso, fazendo com que o ator fosse convidado para atuar na série da BBC Sixpenny Corner (1955-1961).




Em 1956 o ator estreou no cinema, atuando no filme inglês Soho Incident (1956) e apareceu em alguns filmes britânicos no começo de sua carreira. Ele também apareceu em produções norte-americanas rodadas na Inglaterra, como O Arrombador de Cofres (The Safecracker, 1958), O Espia de Duas Caras (The Two-Headed Spy, 1958) e Somente Deus Por Testemunha (A Night to Remember, 1958).

Este último era um filme que falava sobre o naufrágio do Titanic, e fez muito sucesso. Fox é o marinheiro que primeiro avistou o Icerberg no qual o navio colidiu. Anos mais tarde, em 1997, ele atuaria em Titanic (Idem, 1997), sendo o único ator a atuar em duas versões sobre o desastre.



Roger Avon e Bernard Fox em Somente Deus Por Testemunha


Fox se especializou em interpretar cavalheiros britânicos meio desajeitados, e em 1961 um produtor de Hollywood lhe ofereceu trabalho, e ele se mudou com a esposa Jacqueline (com quem ele havia recém se casado), se mudaram para Los Angeles.

Em Los Angeles, seu primeiro trabalho foi na peça Write Me a Murder (1962) e depois atuou no filme O Mais Longo dos Dias (The Longest Day, 1962). 

O ator teve pequenos papéis em filmes como A Lista de Adrian Messenger (The List of Adrian Messenger, 1963), Só Para Casais (Honeymoon Hotel, 1964), Depressa, Antes que Derreta (Quick, Before It Melts, 1964) e Amor à Italiana (Strange Bedfellows, 1965), Monstros, Não Amolem! (Munster, Go Home!, 1966) e Aguenta a Mão (Hold On!, 1966).


Bernard Fox em Monstros, Não Amolem!

Mas foi na televisão que ele ganhou projeção. Em 1962 ele começou a interpretar um desajeitado garçom em The Danny Thomas Show. E no ano seguinte interpretou o adorável Sr. Malcom Merriwether em The Andy Griffin Show. Além disto, o ator apareceu como convidado em diversas séries de TV, como Perry Mason, Os Monkees, James West e Jeannie é Um Gênio (I Dream of Jeannie).


Bernard Fox em Jeannie é Um Gênio

Em 1966 ele fez pela primeira vez o personagem Dr. Bombay na série A Feiticeira (Bewitched), o médico feiticeiro mal humorado que sempre aparecia após ser convocado ("chamado Dr. Bombay!"), e fazia entradas triunfais. James, o marido de Samantha, costumava chamá-lo de charlatão.



Bernard Fox como Dr. Bombay em A Feiticeira


Apesar de só ter aparecido em 18 episódios do programa, o Dr. Bombay marcou uma legião de fãs. Ele repetiria o personagem em outras duas séries. Em 1977 e 1978 o ator foi um dos únicos membros originais do elenco de A Feiticeira a fazer uma participação na série derivada Thabita, que retratava a vida de Tabata, agora adulta.

Muitos anos mais tarde, Dr. Bombay também apareceria na série Passions, em 1999. Bernard Fox disse certa vez em uma entrevista que o personagem era inspirado em um oficial naval com quem ele serviu nos tempos da marinha.

Bernard Fox foi o último integrante do elenco adulto de A Feiticeira a morrer, em 2016. Da série, apenas Erin Murphy (a Tabata) e David-Mandel Bloch (o Adam) ainda vivem.

Na mesma época, ele também fez outro personagem regular em outra bem sucedida série de televisão, quando interpretou o Coronel Rodney Crittenden em Guerra, Sombra e Água Fresca (Hogan's Heroe, 1965).


Bernard Fox e Bob Crane em  Guerra, Sombra e Água Fresca

No cinema, seus melhores papéis foram como o Dr. Watson em O Cão dos Baskervilles (The Hound of the Baskervilles, 1972) e como um dos vilões em Herbie: Um Fusca em Monte Carlo (Herbie Goes to Monte Carlo, 1977). Ele também dublou um personagem na animação Bernardo e Bianca (The Rescuers, 1977), da Disney.



Stewart Granger e Bernard Fox em O Cão dos Baskervilles


Roy Kinnear e Bernard Fox em  Herbie: Um Fusca em Monte Carlo


Personagem de Bernard Fox em Bernardo e Bianca

Ele também foi o mordomo homicida em Os Investigadores (The Private Eyes, 1980), além de ter também atuado nos filmes Jake Grandão (Big Jake, 1971), A Pata de Um Milhão de Dólares (The Million Dollar Duck, 1971), O Pirata da Barba Amarela (Yellowbeard, 1983) e Um Pedido Especial (18 Again!, 1988).


Bernard Fox em Jake Grandão

Após quase uma década sem atuar no cinema (embora ainda trabalhasse na televisão), ele retornou às telas no grande sucesso Titanic (Idem, 1997), interpretando um personagem real, Archibald Gracie IV, um aristocrata que sobreviveu ao naufrágio (Gracie morreu 8 meses após o desastre, tornando-se o primeiro dos sobreviventes a falecer).

Dois anos depois Bernard Fox atuou em A Múmia (The Mummy, 1999), interpretando o aviador Winston Havelock. Este foi seu último trabalho no cinema.


Billy Zane e Bernard Fox em Titanic


Bernard Fox e Brenda Fraser em A Múmia

Em 2001, após atuar em um episódio da série Dharma & Greg, Bernard Fox se aposentou. Ele faleceu 15 anos depois, em 14 de dezembro de 2016, aos 89 anos de idade.

O ator morreu vítima de de uma insuficiência cardíaca, deixando esposa e duas filhas.


Bernard Fox, Kasey Rogers (que interpretou Louise Tate), William Asher (diretor de A Feiticeira) e Erin Murphy (a Tabata) na inauguração da estátua em homenagem a Elizabeth Montgomery (Samantha), em Salém, no ano de 2005.






0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil