Que Fim Levou? Charmian Carr, de A Noviça Rebelde


Charmian Carr ficou famosa como Liesl, filha mais do Capitão Von Trapp velha no clássico musical A Noviça Rebelde (The Sound of Music, 1964). Mas apesar do enorme sucesso do filme, não deu continuidade na carreira artística, ao contrário das crianças que interpretaram seus irmãos no filme.

E embora tivesse 22 anos na época das filmagens, interpretava uma adolescente de 16 anos de idade.



Charmian Anne Farnon nasceu em Chicaco, Illinois, em 28 de dezembro de 1942. Filha da atriz de Vaudeville Rita Oehman e do músico Brian Farnon, Charmian também era irmã das atrizes Shannon Faron e Darleen Carr.

Sua mãe havia sido uma estrela dos palcos, e fez alguns poucos filmes na década de 1930, mas já estava afastada dos palcos na década de 1960, quando Robert Wise iniciou a produção de A Noviça Rebelde (The Sound of Music, 1964), mas uma amiga indicou que haveria uma audição para o papel de Liesl, e recomendou que a atriz levasse sua filha.

Rita Oehman

Charmian nunca havia atuado, mas aceitou fazer o teste. Na época, ela estava na escola, e trabalhava como assistente de um médico, e anos mais tarde declarou em uma entrevista que para sua mãe, ver a filha no cinema era mais importante que vê-la com um diploma.

Muitas jovens atrizes fizeram o teste para o cobiçado papel, incluindo Sharon Tate, Patty Duke, Teri Garr e Mia Farrow.

Mia Farrow fazendo teste para A Noviça Rebelde

A jovem atriz ficou com o papel, e o diretor Robert Wise a rebatizou como Charmian Carr, por considerar o sobrenome Farnon muito longo. Sua irmã mais nova, Darleen Carr (nascida em 1950), também conseguiu um emprego no filme, dublando Duane Chase (o menino mais novo) em seus números musicais. Darleen também dublou a irmã nas notas mais altas de suas canções.


Darleen Carr, que foi atriz mirim, fez longa carreira no cinema como dubladora, nos anos seguintes. Mas também atuou em filmes e séries, em frente às câmeras.



O filme fez um enorme sucesso, e Charmian viajou o mundo divulgando A Noviça Rebelde. Em uma dessas viagens, conheceu Jay Brent, com quem se casaria em 1967.

Mas ela não deu continuidade a sua carreira de atriz. Charmian ainda atuou em Evening Primrose (1966), feito para a televisão. Ela contracenava com Anthony Perkins nesta produção.

Charmian Carr e Anthony Perkins

Depois decidiu que não queria mais atuar, preferindo viver como dona de casa e se dedicar a criação de suas duas filhas. Anos mais tarde, quando se divorciou, em 1991, tornou-se decoradora, e tinha entre seus clientes o cantor Michael Jackson, que era grande fã de A Noviça Rebelde.

Charmian Carr e Michael Jackson

Charmian escreveu duas biografias, onde contava os bastidores do clássico em que atuou. Nelas contou que torceu o tornozelo enquanto gravava seu número musical no gazebo, e que se apaixonou por Christopher Plummer, que interpretava seu pai, durante as filmagens.

Em 2007 fez uma rara aparição como atriz na série Loose Women, após muitos anos sem atuar. E embora não tenha mais atuado, ela considerava os atores mirins com quem contracenou como uma segunda família, e teve contato com todos eles durante a vida inteira.

Antes e depois do elenco de A Noviça Rebelde

Sofrendo há anos de demência, Charmian Carr morreu em 17 de dezembro de 2016, com 73 anos de idade. Na época, ela tinha dois netos.

0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil