Por Onde Anda? A Cantora Brenda Lee


Brenda Lee estourou nas paradas de sucesso mundial na década de 1950, quando ainda era uma menina prodígio. Na década de 1960 chegou a superar Elvis Presley na lista de músicas que se tornaram Hits. Com apenas 1,44 de altura, e uma carinha de menina, Brenda Lee foi apelidada de "Little Miss Dynamite" na América, e no Brasil, era chamada de "A Cantora Explosiva".

Brenda Lee e Elvis Presley

Brenda Lee canta I'm Sorry


Brenda Mae Tarpley nasceu em Atlanta, em 11 de dezembro de 1944. Vinda de uma família muito humilde (ela dividia a cama com outros dois irmãos, e sua casa não tinha água encanada), Brenda Lee começou a cantar na Igreja Batista, ainda muito pequena. Após ganhar um concurso de talentos mirins em uma escola, foi convidada para cantar na rádio local, quando tinha apenas seis anos de idade.

Ela agradou, e continuou cantando no rádio nos anos seguintes, e em 1953, quando seu pai faleceu, tornou-se a responsável pelo sustento da família, Brenda tinha nove anos na época. A carreira de Lee teve um salto após a menina aparecer na televisão cantando Jambalaya, em 1955.

No ano seguinte, pela Deca Records, ela gravaria a canção em seu primeiro disco. Jambalaya tornou-se um dos maiores sucessos ao longo de toda a carreira da cantora.

Brenda Lee canta Jambalaya


Nos anos seguinte a talentosa menina emplacou diversos hits, cantando country e rock and roll. Em 1958 bateu recordes de vendas com a canção Rockin' Aroun the Christmas Tree (1958), uma das músicas mais tocadas na história dos Estados Unidos. Atualmente a música tornou-se um clássico  natalino.

Brenda Lee canta Rockin' Aroun the Christmas Tree


Brenda Lee no Brasil

Brenda Lee se tornou uma das primeiras estrelas pop internacionais. Em 1959, os Beatles abriram seu show na Inglaterra, pro exemplo. Em 1959 também foi o ano que a menina cantora veio se apresentar no Brasil, como uma atração internacional exibida pela televisão brasileira.

Brenda Lee chegou no Brasil no começo de setembro de 1959. Por aqui, a canção Jambalaya estava nas paradas de sucesso, e o jornalista Miguel Vacarro Neto chegou a dizer que "Brenda Lee não existia", alegando que uma menina não poderia cantar assim, e tudo não se passava de um golpe publicitário.

Lee foi contratada inicialmente para cantar na elegante boate Fred's, no Rio de Janeiro. Para aumentar o marketing, e aproveitando de sua baixa estatura, anunciavam que Brenda tinha apenas nove anos de idade. Mas a estratégia pegou mal, pois o juizado de menores interviu, proibindo uma criança a cantar em casas noturnas.

Para resolver o imbróglio, disseram então que a menina tinha na verdade doze anos, depois a idade real, quinze anos, mas a proibição continuou, e os shows da menina só foram permitidos em apresentações diurnas.

Brenda Lee no Brasil, na capa da Revista Manchete

Brenda Lee no Programa César de Alencar, na Rádio Nacional

Brenda Lee cantou na TV Tupi Carioca, canal 6 do Rio de Janeiro, e depois foi para São Paulo, se apresentar nos palcos da TV Record.

Foto retirada do site Cartazes Internacionais no Brasil (que pode ser acessado aqui, para saber mais sobre a vinda da cantora Brenda Lee ao país).

Na Record, Brenda Lee foi apresentada aos irmãos cantores Tony e Celly Campello, os pioneiros do rock nacional, chamados de "os reis da brotolândia". Ela também conheceu o cantor mirim Franquito, uma espécie de Joselito brasileiro.

Brenda Lee com Tony e Celly Campello

Brenda Lee e Franquito

Em 1960, Brenda Lee gravou I'm Sorry, que se tornou outro grande sucesso de sua carreira. No ano seguinte, estreou no cinema em Os 2 Ursinhos (The Two Little Bears, 1961), uma produção da Disney

Brenda Lee em Os 2 Ursinhos

Ao contrário de muitos cantores que apareceram no cinema, Brenda não só cantava, mas também atuava na produção. Porém, ela não fez grandes trabalhos no cinema nos anos seguinte, embora suas músicas sejam tocadas em diversas trilhas sonoras até os dias de hoje. Ela só retornaria ao cinema mais uma vez, anos depois, atuando em uma participação especial no filme Desta Vez te Agarro (Smokey and the Bandit II, 1980).

Brenda Lee em Desta Vez te Agarro

A carreira de Brenda Lee estava entrando em declínio. Aos dezessete anos de idade ela estava deixando a adolescência, e sua voz ficava mais madura. Brenda emplacou seu último hit nas paradas de sucesso em 1963, mas nunca parou de cantar.

Nas décadas de 1970 e 1980 passou a dedicar-se mais ao gênero country, que a acolheu e a manteve em evidência. Ela ainda excursiona pelo mundo levando a sua voz para os fãs, e gravou seu último disco no ano de 2000.

Brenda Lee canta Nobody Wins




Brenda Lee atualmente




0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil