Al Lewis, o eterno Vovô Monstro


Em 1964, embora já tivesse uma carreira posterior, o público se encantou com o trabalho do ator Al Lewis, que encarnava o divertido Vovô Monstro, na série Os Monstros (The Munsters, 1964-1966). Lewis era o pai da matriarca Lily, personagem de Yvonne de Carlo.

Elenco da série Os Monstros

A biografia de Al Lewis é um pouco confusa. O ator dizia ter nascido em 1910, mas após a sua morte seu filho revelou que o pai na verdade nasceu em 30 de abril de 1923. Ele mentiu a idade, para parecer mais velho, para conseguir o papel em Os Monstros, pois era apenas um ano mais velho que Yvonne de Carlo, que interpretava sua filha.

Abraham Meister, seu nome real, também inventou um passado biográfico, para confirmar a idade alegada, incluindo uma carreira no rádio, na década de 30. Segundo Lewis, ele também havia trabalhado em espetáculos do vaudeville, mas só existem registros do ator, na Broadway, a partir dos anos 50.

Seu primeiro filme foi feito em 1957, na Itália, e tinha o sugestivo nome Os Vampiros (I Vampiri, 1957). Era uma pequena ponta, não creditada, mas anos mais tarde Lewis consagraria-se como um simpático vampiro, na televisão.

Nos anos seguintes, fez aparições em séries de TV, e começou a despontar na série Car 54, Where Are You?, (1961-1963). Na série ele tinha um personagem fixo, mas curiosamente, interpretou um personagem diferente durante toda a primeira temporada.

Fred Gwynne, o futuro Herman Monstro, também atuava nesta série.

Al Lewis em Car 54, Where Are You?

O ator retornou ao cinema em O Mundo de Henry Orient (The World of Henry Orient, 1964), mesmo ano que passou a interpretar seu personagem mais famoso, o Vovô Monstro.

Al Lewis, Merrie Spaeth e Tippy Walker em O Mundo de Henry Orient

Yvonne de Carlo, Fred Gwynne e Al Lewis em Os Monstros

A série fez um enorme sucesso, e até hoje é reprisada pelo mundo inteiro. No Brasil, a série foi originalmente exibida pela Rede Globo, e Jefferson Duarte emprestou a sua voz para o carismático Vovô.


A série acabou em 1965, mas devido o sucesso que ainda tinha com os fãs, em 1966 os personagens retornaram para um longa metragem, chamado Monstros, Não Amolem! (Munster, Go Home!, 1966). E apesar da série ser em preto e branco, o filme era em cores.


Após a série ser cancelada, seu primeiro papel foi como Zalto, na série Perdidos no Espaço (Lost in Space), em 1967.

Al Lewis em Perdidos no Espaço

No cinema, atuou no clássico A Noite dos Desesperados (They Shoot Horses, Don't They?, 1969), estrelado por Jane Fonda. Na Disney atuou em Marinheiros Desastrados (The Boatniks, 1970), e também apareceu em Esse Louco Me Fascina (They Might Be Giants, 1971).

Al Lewis e Gig Young em A Noite dos Desesperados

Robert Zemicks lhe deu um papel importante em Carros Usados (Used Cars, 1980). No ano seguinte, voltou a vestir a capa e os dentes postiços do Vovô Monstro, no telefilme A Vingança dos Monstros (The Munster's Revenge, 1981).

Ao longo dos anos, Lewis repetiria o personagens inúmeras vezes, em filmes, séries, eventos, comerciais e tudo mais que fosse possível. Quando perguntado se não ficava incomodado por interpretar sempre o mesmo personagem, respondeu: "isto paga minhas contas."




No cinema, ainda apareceu em filmes como De Caso com a Máfia (Married to the Mob, 1988), e fez uma participação especial em Chamando Carro 54 (Car 54, Where Are Yoy?, 1994), filme baseado na primeira série de tv em que o ator fez sucesso.

Em 1995 também fez uma participação especial em Os Monstros Estão de Volta (Here Come the Munsters, 1995). O filme era um piloto de uma série de televisão, que pretendia trazer Os Monstros de volta, mas cujo projeto não foi pra frente. Com atores mais novos nos papéis principais, o elenco veterano se reuniu para uma pequena homenagem, como clientes em um restaurante.

Al Lewis e os antigos colegas em Os Monstros Estão de Volta, Fred Gwynne não participou, pois já havia falecido

Seu último trabalho no cinema foi em um filme de terror de baixo orçamento, chamado Night Terror (2002). Em 1988 ele abriu um restaurante, e no ano seguinte, um clube de comédia, onde sempre se apresentava, e até o fim da vida, participou de um programa diário de rádio.

Em 1998 ele foi candidato a governador de Nova York, pelo Partido Verde, e fez mais de 50 mil votos. Um montante expressivo para uma campanha sem patrocínio.

O ator foi casado duas vezes, e era pai de dois filhos.

Al Lewis faleceu em 03 de fevereiro de 2006.





Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Publicar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil