Por onde anda? Pat Priest, a Marilyn Monstro


Pat Priest ficou famosa ao interpretar a Marylin Monstro na série Os Monstros (The Munsters). Marylin era a sobrinha diferente da família Monstro, que se sentia deslocada por ser "feia" e "estranha" em relação aos parentes "monstruosos".




Patricia Ann Priest nasceu em 15 de agosto de 1936, em Bountiful, Utah. Filha de Ivy Baker Priest, tesoureira do governo norte-americano durante o governo de Dwight D. Eisenhower (entre 1953 e 1961).

Patricia cresceu na alta roda da sociedade americana.

Após sua festa de debutantes, sua beleza chamou a atenção, e amigos sugeriram que ela deveria investir na carreira de modelo. Ela então começou a participar de diversos concursos de beleza, consagrando-se campeã em diversos deles.

Usando o nome Pat Priest, ela estreou na televisão em 1963, fazendo participação em diversas séries de TV. Seu primeiro trabalho no cinema foi em uma ponta em Em Busca do Amor (Looking for Love, 1964), comédia musical estrelada por Connie Francis. No mesmo ano, também fez uma aparição em Depressa, Antes que Derreta (Quick Before it Melts, 1964), estrelado por George Maharis.

Com uma carreira ainda inexpressiva, teve sua grande chance ao ser convidada para viver Marilyn Monster na série Os Monstros (The Munsters, 1964-1966). Pat entrou no elenco a partir do episódio 16, substituindo a atriz Beverly Owen, que abandonou o papel para se casar. Poucos foram os espectadores que perceberam a troca das atrizes.

Yvonne de Carlo, Fred Gwynne, Al Lewis, Butch Patrick e Pat Priest em Os Monstros

Apesar do sucesso da série, ela foi cancelada em 1966. Um dos fatores que contribuiu para o seu fim foi o fato dela ser produzida em preto e branco, perdendo espaço para séries em cores, como Batman (Idem).

Com o fim de Os Monstros, ela teve poucas oportunidades. Fez participações em séries como Perry Mason, Manix e A Feiticeira (The Bewitched). Também foi uma das garotas que encantou Elvis Presley em Meu Tesouro é Você (Easy Come, Easy Go, 1967).

Com Elvis, em Meu Tesouro é Você

Na década de 70 os papéis ficaram ainda mais escassos. Ela foi uma das passageiras do avião no filme catástrofe Aeroporto (Airport, 1970) e teve um pequeno papel em Alguns Chamam-lhe Amor (Some Call it Loving, 1973). Pat estrelou The Incredible 2-Headed Transplant (1971), um filme de terror de baixo orçamento, sendo seu único trabalho como protagonista.

Cartaz de The Incredible 2-Headed Transplant 

Em 1966,após a série Os Monstros ter sido cancelada, os produtores fizeram um filme em cores aproveitando o elenco original chamado Monstros, Não Amolem! (Munster, Go Home!, 1966). Porém Pat Priest, aos 30 anos de idade, foi considerada muito velha para o papel, sendo substituída pela atriz Debbie Watson.

Em 1976 ela fez seu último trabalho como atriz, aparecendo em um episódio da série Mary Tyler Moore, onde interpretou a irmã de Sue Ann (papel de Betty White). Depois, deixou Hollywood por falta de oportunidades.

Betty White e Pat Priest em Mary Tyler Moore

Depois disto, trabalhou restaurando e vendendo imóveis, e atualmente tem um antiquário que mantém junto com sua irmã. Retornou ao cinema em uma participação especial no filme Os Monstros Estão de Volta (Here Come the Munsters, 1995), um filme inspirado na série que a consagrara no passado, ao lado de seus antigos colegas de elenco Al Lewis, Yvonne de Carlo e Butch Patrick. Fred Gwyne, o Herman Monstro não participou, pois havia falecido dois anos antes, em 1993.

Pat Priest, de costas, com seus antigos colegas de elenco em Os Monstros Estão de Volta

Com a morte de Yvonne de Carlo (em 2007) e Al Lewis (em 2006), apenas Pat e Butch ainda vivem do elenco da série. Ela e Butch são muito amigos até hoje, e frequentam festivais dedicados aos fãs do seriado, onde fazem sessões de autógrafos.

Butch Patrick e Pat Pries atualmente





Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil