Cantor e ator Edd Byrnes morre aos 87 anos


O cantor e ator norte-americano Edd "Kookie" Byrnes faleceu no dia 08 de dezembro, aos 87 anos. Edd foi um dos astros da série 77 Sunset Street (1958-1963), e foi um ícone teen da década de 50. A canção Kookie, Kookie (Lend Me Your Comb), gravada com a atriz Connie Stevens ficou nas paradas de sucesso em 1959, e transformou Edd e seu pente em um grande sucesso.


Edward Byrne Breitenberger nasceu em Nova York em 30 de julho de 1933.  Em 1956 ele foi trabalhar como estoquista em uma loja, em um emprego temporário de verão. Nesta mesma época começou a fazer trabalhos no teatro, e estreou na televisão, como ator.

Após participar de vários seriados, estreou no cinema em um pequeno papel em Vencendo o Medo (Fear Strikes Out, 1957), estrelado por Anthony Perkins. No mesmo ano estrelou Reform School Girl (1957), um filme independente sobre delinquência juvenil.


Edd Byrnes e Ralph Reed em  Reform School Girl 

Em 1958 Edd tornou-se uma das estrelas da série 77 Sunset Strip, que ficou no ar até 1963. A série chegou a ser exibida no Brasil, com o nome original, sem tradução. Seu personagem chamava-se Gerald Kookson III, apelidado de Kookie, que deu título ao seu hit de 1959.



A Warner, produtora da série, havia contratado Byrnes para ser um "novo Tab Hunter", e testou ele em um papel de apoio em A Esperança Morre Conosco (Johnny Trouble 1957). No estúdio, teve papéis maiores em A Batalha Contra o Medo (The Deep Six, 1958), Aqui Só Cabem Os Bravos (Darby's Rangers, 1958) e Até o Último Alento (Marjorie Morningstar, 1958).

Ainda apareceu como convidado em séries como Maverick e Cheyenne, também produzidas pelo estúdio.

Mas foi em 77 Sunset Street que ele se tornou um dos astros mais populares do estúdio, recebendo milhares de cartas dos fãs todas as semanas. Mas divergências salarias e a recusa em emprestar seu astro para produções importantes de outros estúdios, enquanto não lhe davam maiores papeis no cinema, fez com que ele comprasse seu próprio contrato, para poder deixar o estúdio.

Mas apesar da independência, a briga com a Warner não repercutiu bem, e ele precisou aceitar trabalhos menores, geralmente participações na televisão. Em 1964 ele viajou para a Iugoslávia para atuar em A Invasão Secreta (The Secret Invasion, 1964), de Roger Corman. Ele voltaria a trabalhar com Corman em outros projetos posteriores.

Edd Byrnes, o segundo a direita, em A Invasão Secreta

Na Europa, atuou em alguns western spaguetti nos anos seguintes, como em Vou, Mato e Volto (Vado.... L'Ammazzo e torno, 1967). Apesar de atuar em produções menores, ele chegou a declarar que atuando nestes filmes, ganhava mais de cachê do que nos três anos que ficou sob contrato da Warner.

Com a carreira em baixa, ele apareceu como o apresentador Vince Fontaine em Grease: Nos Tempos da Brilhantina (Grease, 1978). O sucesso do filme deu novo folego a sua carreira.

Edd Byrnes em Grease

Ele voltou a ser convidado para séries de televisão e atuou em alguns filmes, como De Volta à Praia (Back to the Beach, 1987), que reunia Annette Funnicello e Frank Avalon, os astros da turma da praia.

Edd Byrnes se aposentou em 1999, após atuar em seu último filme. O ator faleceu em casa, e sua morte foi comunicada pelo seu filho, que informou que o pai morreu de causas naturais.





Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil