Últimas Notícias

6/recent/ticker-posts

A atriz Marcheline Bertrand, a mãe de Angelina Jolie






Marcheline Betrand foi uma atriz e ativista norte-americana (apesar do nome afrancesado), que hoje é mais lembrada por ser mãe da atriz Angelina Jolie. Ela também é do ator James Haven.


Marcheline Betrand

Marcia Lynne Betrand nasceu no Illinois, em 09 de maio de 1950, e recebeu o apelido "Marcheline" de seus pais, ainda na infância.

Ela foi aluna do lendário Lee Strasberg (fundador do Actor's Studio), e estreou na televisão em 1971, atuando em um episódio da série Tempera de Aço (Ironside).


Marcheline Betrand em Tempera de Aço


A beleza da jovem chamava a atenção, fazendo dela uma grande promessa das telas. Mas ainda em 1971 Marcheline se casou com o astro Jon Voight, e deixou a carreira para dedicar-se a vida de dona de casa.


Marcheline Bertrand e Jon Voight


Ela engravidou ainda no primeiro do casamento, mas sofreu um aborto espontâneo. No ano seguinte, em 1973, ela deu à luz para seu primeiro filho, o ator James Haven. Angelina Jolie nasceria dois anos depois, em 1975.


Angelina Jolie, Marcheline Bertrand e James Haven


Bem relacionada no mundo cinematográfico, Angelina teve como padrinhos os atores Maximilian Schell e Jacqueline Bisset


Jacqueline Bisset, Maximillian Schell e Marcheline Betrand batizando a pequena Angelina Jolie

Marcheline Betrand e Jon Voight se divorciaram em 1980, e ela retornou ao cinema em 1982, atuando em Lookin' to Get Out (1982), um filme estrelado pelo se ex-marido. Lookin' to Get Out também marcou a estreia de Angelia Jolie, aos sete anos de idade, no cinema.


Ann-Margret, Angelina Jolie e Jon Voight em  Lookin' to Get Out


Marcheline Betrand e Jon Boight em  Lookin' to Get Out


Como atriz, ela faria apenas mais um filme, atuando em Meus Problemas Com as Mulheres (The Man Who Loved Women, 1983), dirigido por Blake Edwards. As duas aparições da atriz no cinema foram pequenas participações.

Bertrand dedicou-se então a produção, e em 1983 fundou a Wood Road Productions, ao lado do seu então companheiro, o diretor de documentários Bill Day. Ela e Day nunca se casaram oficialmente, mas viveram juntos por onze anos.


Após se separar de Day ela começou um relacionamento com o poeta, cantor, ator e ativista John Trudell, que era de origem indígena. Trudell era um ativista dos povos nativo-americanos, e intensificou sua luta após a morte de sua esposa (grávida), seus três filhos e sua sogras, mortos em 1979 em um incêndio criminoso em sua residência.

Em 2005 Marcheline produziu o documentário Trudell, que recebeu diversos prêmios em festivais de filmes alternativos pelo mundo.





Junto com seu parceiro, a ex-atriz também criou a All Tribes Foundation, que apoiava a sobrevivência cultural e econômica dos povos indígenas. Somente em 2007 a instituição conseguiu arrecadar mais de 800 mil dólares para garantir a preservação das tradições e costumes das tribos americanas.

Ela também fez trabalhos humanitários para ajudar mulheres refugiadas do Afeganistão. E lutando contra um câncer, também criou uma fundação de apoio a mulheres com câncer de ovário e mama, financiando diversos exames ginecológicos e tratamentos para mulheres carentes. Marcheline Betrand e John Trudell também pressionaram o governo para a criação de uma lei que garantisse que o governo americano bancasse os custos destes exames, e foi assinada em 12 de janeiro de 2007.

Quinze dias depois de ver a lei aprovada, Marcheline Betrand faleceu vítima de câncer de ovário e mama, com apenas 56 anos de idade. Sua mãe e irmã também haviam sido vítimas da mesma doença.



Marcheline Betrand e Angelina Jolie



A jovem Marcheline Bertrand



Veja Também: Mães e Filhas Atrizes


Veja também: As Adaptações de A Pequena Sereia Para o Cinema


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram
Siga também no Kwai

Ajude o site a se manter no ar, contribua com qualquer valor no PIX contatomemoriacine@gmail.com



Postar um comentário

0 Comentários