Cantor e Compositor Paulo Diniz, autor de Pingos de Amor, morre aos 82


Morreu, nesta quarta-feira (22), o cantor e compositor Paulo Diniz, autor de músicas como "Pingos de Amor" e "Bahia Comigo" (veja vídeo acima).  De com a produção de Paulo Diniz, a morte ocorreu por causas naturais. 

Paulo Lira de Oliveira, nome de batismo de Paulo Diniz, deixou uma filha, duas enteadas e a esposa, Iluminata Rangel, além de três netos e dois bisnetos. Ele nasceu em Pesqueira, no dia 24 de janeiro de 1940.

O artista fez sucesso principalmente nos anos 1970, época em que morava no Rio de Janeiro, e onde compôs e lançou alguns de suas obras mais conhecidas. "Pingos de Amor", lançada em 1971, chegou a ser regravada por diversos artistas, incluindo Paula Toller, do Kid Abelha, em 2000.



Paulo Diniz tinha 56 anos de carreira. Mudou-se para o Rio de Janeiro nos anos 1960, para trabalhar no rádio. Seu maior sucesso, "Pingos de Amor", foi composto em parceria com o compositor Odibar, um grande parceiro de sua carreira.Com Odibar, ele também compôs "Um Chope para Distrair" (1971) e "Ponha um Arco-íris na sua Moringa" (1970). O primeiro sucesso de Paulo Diniz foi "O Chorão" (Edson Mello e Luiz Keller, 1966). Um ano depois, ele lançou a canção "O Chorão no Dentista" (1967), em alusão à primeira.

Ele também atuou no filme Amor em Quatro Tempos (1970).






2 comentários:

  1. Tenho o Lp, comprei o disco pela música Pingos de Amor...grande legado na música brasileira...

    ResponderExcluir
  2. Uma das mais bonitas

    musicas que foram produzidas
    Simplesmente espetacular
    Grande paulo diniz

    ResponderExcluir

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil