Morre a cantora Elza Soares, aos 91 anos de idade.



Elza Soares morreu aos 91 anos nesta quinta-feira (20), no Rio de Janeiro. "É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15 horas e 45 minutos em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais", diz o comunicado enviado pela assessoria da cantora. 

"A amada e eterna Elza descansou, mas estará para sempre na história da música e em nossos corações e dos milhares fãs por todo mundo. Feita a vontade de Elza Soares, ela cantou até o fim." Completou seu assessor.

Elza Soares é considerada uma das mais importantes cantoras brasileiras, tendo sido eleita em 1999 pela BBC de Londres como a brasileira do milênio. Respeita e premiada, Elza teve uma vida difícil, a começar por sua origem humilde, nascida na favela da Moça Bonita.

Nos documentos, Elza Gomes da Conceição nasceu em 23 de junho de 1930. Mas esta data, na verdade, diz respeito a emancipação da cantora para ela poder se casar, ainda criança (por volta dos 13 anos de idade), após ser estuprada. Seu pai obrigou que ela se casasse com seu agressor. Elza acredita que pode ter nascido em 1933, ou 1937, mas não há registros. Apenas seu pai, seu Avelino, poderia responder, mas ele faleceu há muitos anos.

Após ser forçada a casar, ela teve que abandonar a escola, e passou muitas dificuldades antes de começar a cantar, com 32 anos de idade. Foi nesta época também que Elza conheceu o jogador Garrincha, com quem teve um conturbado relacionamento.


Elza e Garrincha em 1962

Sua trajetória artística é riquíssima, com uma carreira com várias décadas e louros profissionais. Mas como aqui é um site dedicado ao cinema, vamos registrar a trajetória da artista nas telas.

Elza Soares também participou do cinema brasileiro, como cantora, algo muito comum na época. Seu primeiro filme foi Briga, Mulher e Samba (1960), cantando ao lado de Monsueto.


Elza Soares em sua estréia no cinema

Ela ainda apareceria em outros filmes ao longo de sua extensa carreira, inclusive em três do cineasta Mazzaropi: O Vendedor de Linguiça (1962), O Puritano da Rua Augusta (1965) e Um Caipira em Bariloche (1972).



Elza em O Vendedor de Linguiça

Elza em O Puritano da Rua Augusta

Participou tambėm dos filmes A Morte em Três Tempos (1964), Cinema Falado (1986), Chega de Saudade (2007) e Histórias Antes de Uma História (2014), este último uma animação, onde ela dubla a personagem "Feiticeira".


No filme Garrincha: Estrela Solitária (2003), ela foi interpretada pela atriz Thais Araujo.

Thais Araujo e André Gonçalves (que interpretou Garrincha)

Elza Soares sendo homenageada no desfile da escola de samba Mocidade, em 2020


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram


Um comentário:

  1. Michael Carvalho Silva22 de janeiro de 2022 13:00

    Do pó viestes e ao pó retornarás. Das cinzas às cinzas, do pó ao pó.

    ResponderExcluir

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil