Após optar por suicídio assistido, Alain Delon publica post de despedida


O ator francês Alain Delon, uma lenda do cinema mundial publicou um texto em tom de despedida em seu Instagram. Aos 86 anos, e sofrendo as sequelas de um AVC ocorrido em 2019. Seu filho, Anthony Delon, já havia revelado em entrevista à revista francesa Le Point, que seu pai pediu ajuda para realizar um suicídio assistido. Vale destacar, que terminar a vida por meio da eutanásia também era um desejo da mãe de Anthony e esposa de Alain, a atriz Nathalie Delon, que faleceu aos 79 anos, em janeiro de 2021, ela tinha câncer no pâncreas e escolheu o procedimento, mas acabou morrendo naturalmente antes.

"Gostaria de agradecer a todos que me acompanharam ao longo dos anos e me deram grande apoio, espero que futuros atores possam encontrar em mim um exemplo não só no local de trabalho, mas na vida de todos os dias, entre vitórias e derrotas. Obrigado, Alain Delon", publicou a conta do artista. Pouco tempo depois, suas redes sociais foram apagadas.

A eutanásia é uma prática que promove uma morte indolor e geralmente é solicitada por pacientes em estado terminal, para aliviar sofrimentos causados por uma doença incurável ou dolorosa, é legalizada em países como Bélgica, Espanha, Holanda, Suíça, Luxemburgo, Canadá e Nova Zelândia. No Brasil, o procedimento é um crime previsto em lei como assassinato.

Em 2019 a atriz Denise Nickerson, que interpretou a menina Violet Beauregard  no clássico A Fantástica Fábrica de Chocolates (Willy Wonka & The Chocolate Factory, 1971), também optou pela eutanásia, aos 62 anos de idade.



2 comentários:

  1. Nossa, muito forte! Seja o que o que acontecer e for decidido, acredito que o Alain cumpriu sua missão neste Mundo. Um Homem vitorioso e guerreiro que deu muitas alegrias para o público.

    ResponderExcluir
  2. Lamentável,nossa vida pertence a Deus.

    ResponderExcluir

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil