Morre a atriz mexicana Carmen Salinas, aos 82 anos de idade



A atriz mexicana Carmen Salinas morreu no dia 09 de dezembro, aos 82 anos de idade. Carmen havia sofrido um derrame em novembro, e estava em coma desde então.

Conhecida no Brasil por seus trabalhos nas telenovelas mexicanas, a atriz tinha uma longa carreira televisiva, iniciada em 1964. Ela especializou-se em interpretar papéis de mulheres simples e humildes, vindas do povo, o que lhe permitiu uma grande identificação junto ao público.



No Brasil, o público deve lembrar dela como a bondosa Agripina, a mãe de criação de Nandinho em Maria do Bairro (1995-1996). Entre suas novelas exibidas por aqui estão Maria Mercedes (1992-1993), Pequena Travessa (1997-1998), Abraça-me Muito Forte (2000), Triunfo do Amor (2010-2011) e  Meu Coração é Teu (2014-2015), todas exibidas pelo SBT.


Carmen Salinas e Thalia


Salinas também ficou famosa por ser inimiga declarada de Gabriela Spanic (de A Usurpadora). Em 2010 a estrela que deu vida a Paulina e Paola Bracho contratou uma assistente pessoal, que passou a envenenar sua comida com cloreto de amônia. A mulher só ficou dois anos presa, porque Carmen Salinas pagou todos os custos judiciais da acusada, além de lhe garantir diversas regalias que o dinheiro poderia comprar. Curiosamente, Salinas e Spanic nunca trabalharam juntas, e se encontraram poucas vezes na vida.

No cinema, Carmen Salinas estreou em Doña Macabra (1972) e fez mais de 100 filmes, o último deles, The Valet está em fase de finalização, e deve ser lançado em 2022. A atriz esteve no elenco do norte-americano Chamas da Vingança (Man on Fire, 2004), estrelado por Denzel Washington.

Em 2016 ela foi eleita deputada pelo PRI (Partido Revolucionário Institucional).


Denzel Washington e Carmen Salinas



Carmen Salinas como deputada





Veja também: Tributo a Rita Moreno


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram


0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil