Morre a atriz Luisa Mattioli, ex esposa do ator Roger Moore


Morreu no dia 06 de outubro a atriz italiana Luisa Mattioli, que foi a terceira esposa do ator Roger Moore. Luisa morreu em sua residência na Suíça, após "uma longa doença", conforme informou seu filho Christian Moore, fruto do casamento com o astro da saga dos filmes de James Bond.




Maria Luisa Mattioli nasceu na região do Veneto, em 23 de março de 1936. Ela estudou em uma escola que formava atores em um antigo estúdio de cinema italiano, e estreou no cinema em Presentimento (1956).

Mattioli teve uma boa carreira no cinema italiano nas décadas de 1950 e 1960, atuando em filmes como Minha Avó Policial (Mia Nonna Poliziotto, 1958), A Noite do Grande Assalto (La Notte del Grande Assalto, 1959) e Quanto Mais Frio Melhor (A noi piace freddo...!, 1960), de Steno.

Em 1961 ela atuou no capa e espada (peplum) O Rapto das Sabinas (Il Ratto delle Sabine, 1961), onde contracenou com o novato ator inglês Roger Moore


Luisa Mattiolli e Dada Galloti em O Rapto das Sabinas

Moore ainda era casado com a cantora Dorothy Squires na época. Mas o casal começou um longo relacionamento, eles passaram a morar juntos e tiveram dois dos três filhos do casal antes do casamento oficial, em 1969.

A primeira filha do casal, Deborah Maria Luisa (Deborah Moore, nascida em 1963) tornou-se atriz, e interpretou a atriz Lita Grey no filme Chaplin (Idem, 1992) e atuou em um filme de James Bond, 007 - Um Novo Dia Para Morrer (Die Another Day, 2002), estrelado por Pierce Brosnan.

Geoffrey Moore (nascido em 1966) também trabalhou como ator e depois tornou-se produtor de cinema, e Christian Moore (nascido em 1973) também foi produtor cinematográfico, mas depois tornou-se chef de cozinha.


Roger Moore e Luisa Mattioli, e os filhos mais velhos do casal

Ela ainda atuou em Brotos ao Sol (Diciottenni al Sole, 1961), e contracenou com Sarita Montiel em A Bela Lola (La Bella Lola, 1962), um dos seus papéis mais famosos no cinema. Mas após atuar no francês Le Roi du Village (1963), abandonou a carreira, depois do nascimento de sua primeira filha.


Sarita Montiel e Luisa Mattioli em A Bela Lola

Luisa Mattioli abandonou a carreira para dedicar-se a família e o marido, com quem ficou casada até 1993 (embora o divórcio só tenha sido assinado em 1996). Ela esteve com ele no Brasil em 1979, quando o ator filmou 007 Contra o Foguete da Morte (Moonraker, 1979) por aqui. Diz a lenda que foi o ciúme da atriz que fez a brasileira Adele Fátima perder o papel no filme.




Moore deixou Mattioli para ficar com a socialite sueca Kristina 'Kiki' Tholstrup, que era sua amiga e vizinha. Eles se casaram em 2002, e ficaram juntos até a morte do ator, em 2017.






Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram

0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil