Relembrando o ator Bill Paxton


Bill Paxton foi um ator, diretor, produtor, músico e escritor norte-americano, que atuou em muitos filmes nas décadas de 1980 e 1990, e talvez seja mais lembrado por seus papéis em Twister (1996) e Titanic (1997).



William Paxton nasceu em 17 de maio de 1955, em Forth Worth, Texas.  Seu pai, John Paxton (1920-2011) era um atacadista de madeira, que se tornou ator após o sucesso do filho. E eles contracenaram juntos em Um Plano Simples (A Simple Plan, 1998).

John Saxon porém é mais lembrado como o mordomo de William Dafoe em Homem-Aranha 2 (Spider Man 2, 2004).


John Paxon em Homem-Aranha 2

Criado no Texas, Bill Paxton, aos 8 anos de idade, assistiu ao assassinato do presidente John Kennedy, em 1963. Existe uma foto famosa da multidão que prestigiava o presidente, onde Paxton aparece com destaque.


Bill Paxton, destacado na foto, vendo JFK

Bill Baxton cursou o ensino médio na Inglaterra, e retornou aos Estados Unidos em 1973. Ele pretendia ser cineasta, e com o amigo texano Tom Huckabee, fez alguns curta-metragens em Super 8, mas após ser rejeitado por várias faculdades de cinema da Califórnia, decidiu investir na atuação.

Ele estreou no cinema em um pequeno papel em Loucura da Mamãe (Crazy Mama, 1975), de Jonathan Demme. Ele conseguiu outros poucos papéis em filmes indecentes, pouco conhecidos, e ganhou notoriedade ao dirigir um videoclipe que fez sucesso no programa Saturday Night Life, e posteriormente nos primórdios da MTV.


Bill Paxton em Loucura de Mamãe

Paxton dirigiu o estranho Fish Heads, da dupla  Barnes & Barnes, que faziam músicas de paródia. Barnes e Barnes era uma dupla composta por Robert Haimer e Bill Mummy, o antigo astro mirim de Perdidos no Espaço (o Bill Robinson).



O clip tornou-se cult, e rendeu ao jovem aspirante a ator um papel em um videoclipe da cantora Pat Bennatar (Shadows of the Night), onde fazia um oficial nazista operador de rádio.


Bill Paxton no clipe de Pat Bennatar

Paxton retornou ao cinema em Recrutas da Pesada (Stripes, 1981), e atuou em filmes como Guardiões da Honra (The Lords of Discipline, 1983) e Ruas de Fogo (Streets of Fire, 1984).


Bill Paxton em Ruas de Fogo

Em 1984 ele fez seu primeiro trabalho com o diretor James Cameron, interpretando um punk em O Exterminador do Futuro (The Terminator, 1984). E no ano seguinte foi o irmão mais velho Ilan Mitchel-Smith na comédia Mulher Nota 1000 (Weird Science, 1985), de John Hughes.


Bill Paxton em O Exterminador do Futuro


Bill Paxton em Mulher Nota 1000

Em 1986 ele voltou a trabalhar com James Cameron em Aliens, o Resgate (Aliens, 1986). O papel como o soldado Hudson lhe rendeu o Saturn Award de Melhor Ator Coadjuvante. Cameron também foi o diretor do clipe Reach, música da banda que Bill Paxton tinha, chamada Martini Ranch.


Bill Paxton em Aliens, o Resgate 

Paxton também recebeu boas críticas pelo papel do vampiro psicótico em Quando Chega a Escuridão (Near Dark, 1987) e atuou em filmes como  Comando Imbatível (Navy Seals, 1990) e O Predador 2: A Caçada Continua (Predator 2, 1990). 

Mas apesar de ter trabalhado constantemente no cinema e televisão, sua grande chance só veio quando ele estrelou o noir Um Passo em Falso (One False Move, 1992), que foi muito bem recebido pela crítica.


Bill Paxton em Um Passo em Falso

Esta trabalho lhe rendeu bons convites. Paxton atuou no cult Encaixotando Helena (Boxing Helena, 1993) e foi convidado para interpretar o ingênuo irmão mais novo de Wyatt Earp em Tombstone: A Justiça Está Chegando (Tombstone, 1993), e foi um dos astronautas em Apollo 13: Do Desastre ao Triunfo (Apollo 13, 1995).

E voltou a trabalhar com James Cameron em True Lies (Idem, 1994).


Val Kilmer, Kurt Russell, Sam Elliott e Bill Paxton em Tombstone: A Justiça Está Chegando


Bill Paxton, Kevin Bacon e Tom Hanks em Apollo 13: Do Desastre ao Triunfo


Arnold Schwarzenegger e Bill Paxton em True Lies


O ator ainda fez a comédia O Último Jantar (The Last Supper, 1995) e contracenou com a veterana Shirley MacLaine no tocante O Entardecer de Uma Estrela (The Evening Star, 1996).

E ao lado de Helen Hunt estrelou o sucesso Twister (Idem, 1996), onde interpretava um caçador de tempestades.


Helen Hunt e Bill Paxton em Twister

No ano seguinte, sob a direção de James Cameron, interpretou o caçador de tesouros naufragados Brock Lovett no mega sucesso Titanic (Idem, 1997), uma das maiores bilheterias da história do cinema. Quatro anos depois, ele e Cameron participaram de uma expedição ao Titanic real, e um documentário sobre esta viagem, Ghosts of the Abyss, foi lançado em 2003.


Bill Paxton e Gloria Stuart em Titanic

Nos anos seguintes atuou em filmes como Um Plano Simples (A Simple Plan, 1998), Poderoso Joe (Mighty Joe Young, 1998), Limite Vertical (Vertical Limit, 2000), Pequenos Espiões 2: A Ilha dos Sonhos Perdidos (Spy Kids 2: Island of Lost Dreams, 2002), Pequenos Espiões 3: Game Over (Spy Kids 3: Game Over, 2003), Pânico na Ilha (Club Dread, 2004) e Os Thunderbirds (Thunderbirds, 2004).


Bill Paxton em Pequenos Espiões

Na década de 2000 ele dirigiu dois longa-metragens. Ele estrelou o primeiro deles, A Mão do Diabo (Frailty, 2001) e escalou seu filho, o ator James Paxton, para protagonizar O Melhor Jogo da História (The Greatest Game Ever Played, 2005).



Bill Paxton como diretor


Bill Paxton e o filho James Paxton


Em 2003 ele também participou do videoclip Eat You Alive, do Limp Bizkit. E na televisão, fez muito sucesso como um polígamo na série Amor Imenso (Big Love, 2006-2011), produzida pela HBO. Este trabalho lhe rendeu três indicações ao Globo de Ouro.



Bill Paxton em Amor Imenso


Em 2012 ele também foi indicado ao Emmy pelo seu desempenho na minissérie Hatfields & McCoys (2012), que o ator fez ao lado de Kevin Costner, produzida pelo History Channel.



Bill Paxton e Kevin Costner em Hatfields & McCoys


E apesar de ainda ter feito filmes como A Colônia (The Colony, 2013), Dose Dupla (2 Guns, 2013), No Limite do Amanhã (Edge of Tomorrow, 2014) e O Círculo (The Circle, 2017), foi na televisão que o ator achou melhores trabalhos nos últimos anos de vida.

Bill Paxton foi o vilão John Garret em Agentes da S.H.I.E.L.D. da Marvel (Agents of S.H.I.E.L.D.), em 2014, e estrelou a mini série Texas Sob Fogo (Texas Rising, 2015).


Bill Paxton em Agentes da S.H.I.E.L.D. da Marvel

Seu último trabalho foi como o detetive Frank Rourke na série de TV Training Day (2017).


Bill Paxton em Training Day

Em 14 de fevereiro de 2017 o ator teve que fazer uma cirurgia no coração, para reparar uma válvula cardíaca danificada quando ele tinha 13 anos de idade (quando ele contraiu febre reumática). Onze dias depois da operação, ainda no hospital, Bill Paxton faleceu após sofrer um AVC, em 25 de fevereiro de 2012, aos 61 anos de idade.



Bill Paxton em 2017




Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram

0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil