Por Onde Anda? Priscilla Presley, a esposa de Elvis e atriz em Corra que a Polícia Vem Aí


Priscilla Presley ficou famosa a partir de 1959, quando começou a namorar o "rei do rock" Elvis Presley. Eles se conheceram quando o astro prestava serviço militar na Alemanha, e na época ele tinha 24 anos e Priscilla apenas 14.




Priscilla Ann Wagner Beaulieu nasceu em Nova York, em 24 de maio de 1945. Seu verdadeiro pai, Jack Wagner, morreu em um acidente aéreo quando ela tinha 6 meses de idade, e Priscilla foi adotada legalmente pelo segundo marido de sua mãe, Paul Beaulieu.

Paul era oficial da força aérea americana, e estava em serviço na Alemanha em 1959, quando Priscilla conheceu Elvis. Em 1962 Elvis Presley a convidou para passar o natal em Graceland, e de lá ela nunca mais foi embora. Nos quatro anos seguintes, Elvis bancou todos os seus custos, incluindo seus estudos do ensino médio, já que Priscilla ainda era uma adolescente.

Eles finalmente se casaram em 01 de maio de 1967, em uma icônica cerimônia em Las Vegas. 





Os pais de Priscilla era contra a união, e não compareceram na formatura ou casamento da filha, e Lillivan Iversen, mãe de Priscilla, afirmou que a filha casou grávida. Coincidência ou não, Lisa Marie Presley nasceu 9 meses depois do casamento.


Elvis, Priscilla e Lisa Marie Presley

Embora não fosse artista, Priscilla era muito famosa graças ao casamento com Elvis, tanto que o produtor Hal B. Wallis, que financiou muitos filmes do cantor, ofereceu um contrato cinematográfica para ela. Na época, Elvis Presley ainda fazia filmes, mas ele proibiu a esposa de atuar, alegando que "lugar de mulher é cuidando da casa e do marido".

O casamento não ia bem, na verdade, ele estava estremecido desde o nascimento da filha do casal. Priscilla e a filha saíram de casa às vésperas do natal de 1972. Elvis era mulherengo, e tinha relacionamentos paralelos com outras mulheres, além disto, o cantor mal saia de casa (a não ser para trabalhar), não dormia a noite e praticamente não aproveitava mais a vida.

Priscilla pediu o divórcio, e passou a viver com seu instrutor de karatê, Mike Stone. Elvis entrou em depressão profunda após a separação, mas o ex casal manteve a amizade, principalmente por causa da filha. Priscilla passou a usar seu nome de solteira, e montou uma bem sucedida loja de roupas em Los Angeles, vestindo clientes como Cher, Suzanne Pleschette, Julie Christie e Barbra Streissand.


Priscilla Presley em sua boutique

Em 1976 Priscilla foi convida para integrar o elenco original de As Panteras (Charlie's Angels, 1976 - 1981), mas recusou o convite por não se sentir preparada para atuar. Coincidentemente, ela substitui a Pantera Jaclyn Smith como garota propaganda em um comercial de shampoo, fazendo campanhas entre 1979 e 1980.




Após a morte de Elvis, em 1977, seu pai Vernon assumiu a administração de seus bens. Porém, já doente, ele passou todos os direitos para Priscilla, que voltou a assinar Presley, com a intenção de proteger os direitos da neta Lisa Marie, e evitar que o empresário Tom Parker passasse a tomar conta de todos os bens deixados pelo cantor e ator.

Em 1983, Priscilla finalmente se tornou atriz, estreando no cinema no filme Amor Sem Fronteiras (Love Is Forever, 1983). Ela também fez uma participação na série Duro na Queda (The Fall Guy, 1983).


Michael Landon e Priscilla Presley em Amor Sem Fronteiras

Também em 1983 ela ingressou na série Dallas (Idem), interpretando o papel de Jenna Wade por cinco anos. Priscilla foi a terceira atriz a assumir o papel, que antes já havia sido feito por Morgan Fairchild e Francine Tacker.


Patrick Duffy e Priscilla Presley em Dallas


Em 1987 a agora atriz batalhou muito para conseguir o papel em Sem Saída (No Way Out, 1987), mas foi preterida por Sean Young. Mas no ano seguinte conseguiu seu papel mais famoso, a Jane Spencer da trilogia Corra que a Polícia Vem Aí! (The Naked Gun: From the Files of Police Squad!, 1988), ao lado do veterano comediante Leslie Nielsen.

Originalmente, o papel havia sido oferecido a Bo Derek, que o recusou.


Leslie Nielsen e Priscilla Presley em  Corra que a Polícia Vem Aí!

O filme fez um enorme sucesso, e rendeu duas continuações, Corra que a Polícia Vem Aí! 2 1/2 (The Naked Gun 2½: The Smell of Fear, 1991) e Corra que a Polícia Vem Aí! 33 1/3 O Insulto Final (Naked Gun 33 1/3: The Final Insult, 1994).





Priscilla ainda atuou nos filmes As Aventuras de Ford Fairlane (The Adventures of Ford Fairlane, 1990), Meu Amigo Einstein (Breakfast With Einstein, 1998) e Vida de Estrela (Hayley Wagner, Star, 1999), e fez participações em séries como Melrose (Melrose Place), Contos da Cripta (Tales from the Crypt) e O Toque de Um Anjo (Touched by an Angel), mas não deu continuidade a carreira de atriz.


Priscilla Presley em As Aventuras de Ford Fairlane


Priscilla Presley em Melrose


Priscilla Presley se tornou empresária, com uma bem sucedida linha de perfumes, moveis e roupas de cama. Ela também se tornou membro do conselho da MGM em setembro de 2000.



Em 2005 ela participou do reality Dancing With Stars, mas foi eliminada na quinta semana.




Priscilla também foi guardiã e gestora do legado de Elvis, incluindo a administração da mansão museu Graceland até 1998, quando passou o legado para a filha Lisa Marie Presley, porém, contínua ocupando o cargo de consultora.

Ela também dedica boa parte do seu tempo na causa da proteção animal.

E embora nunca mais tenha se casado, ela morou com o produtor Marco Garibaldi entre 1984 e 2006. Com ele teve um segundo filho, o músico Navarone Garibaldi (nascido em 1987), líder da banda de rock Them Guns. Priscilla participou de um videoclipe do filho, em 2016.

Seu neto, Benjamin Keough, filho de Lisa Marie Presley, morreu em 2020, aos 27 anos de idade. (Leia mais sobre isto aqui).


Priscilla Presley e o filho Navarone Garibaldi


Priscilla Presley atualmente







Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram

0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil