Por Onde Anda? Judy Norton, a Mary Ellen, de Os Waltons


A série de televisão A Família Walton, ou simplesmente Os Waltons, fez sucesso no mundo inteiro, e no Brasil não foi diferente. Quem não se lembra do "boa noite John-Boy, boa noite Mary Ellen..." e de todos os membros da família no encerramento do programa?

Judy Norton dava vida a Mary Ellen, uma das filhas da família Walton.

Elenco de Os Waltons

Judy Norton nasceu em 29 de janeiro de 1958, em Santa Mônica, Califórnia.  Ela tinha apenas 8 anos de idade quando estreou no cinema, em um pequeno papel no filme Hotel de Luxo (Hotel, 1967). Ela é a menina que fica presa no elevador, junto com um grupo de atores veteranos.

Lester Dorr, Michael Rennie, Karl Malden e Judy Norton em Hotel de Luxo

Após aparecer em algumas séries de televisão, Judy Norton foi escalada para viver Mary Ellen Walton no telefilme The Homecoming: A Christmas Story (1971). O filme fez tanto sucesso, que se tornaria uma série de televisão, no mesmo ano.

A série A Família Walton (The Waltons, 1971-1981), foi uma das mais bem sucedidas da história da televisão. No Brasil, ela estreou na Rede Globo em 1974, e posteriormente foi exibida pela TV Record e também pela Rede Brasil


Judy Norton tinha 13 anos quando começou a interpretar Mary Ellen, a filha mais velha da família. Nas primeiras temporadas, ela era uma menina rebelde, imatura e um pouco masculinizada. Ao longo das 9 temporadas, sua personagem mudou, principalmente após ela começar a namorar G.W. Haines (papel de David Doremus). Mary Ellen acaba casando com outro personagem, o médico Curt Willard (Tom Bower Sctott Hylands). Mary Ellen, mais madura, torna-se a mãe do primeiro neto da nova geração Walton.



Aos 18 anos de idade, enquanto ainda gravava A Família Walton, Judy se casou, e passou a assinar como Judy-Norton Taylor, sobrenome de seu marido. E mesmo após o divórcio, em 1978, ela continuou usando o sobrenome até 1991.

Quando a série foi cancelada, em 1981, ela teve dificuldades para se desvencilhar da sua personagem, e praticamente não recebeu mais convites para atuar. Com exceção de uma participação em O Barco do Amor (Love Boat), até 1995 a atriz só atuaria em cinco telefilmes, todos eles derivados de Os Waltons.

Em 1985 ela chegou a estampar a capa da revista Playboy, tentando deixar para trás a imagem de "moça de boa família", mas isto não ajudou em sua carreira.


Judy só voltou a fazer um papel que não remetia a Mary Ellen em 1997, quando participou do telefilme The Lost Daughter (1997), no mesmo ano fez uma participação na série Millenium e interpretou Mary Ellen pela última vez no telefilme A Walton Easter (1997).

A Walton Easter

Em 1991 ela se casou novamente, com o ator Randy Apostle, pai de seu filho Devin. Ela retirou o sobrenome Taylor quando se casou, e ficou com Randy até 2001.

Durante o período em que foi casada com Apostle, Judy morou no Canadá, onde o casal foi proprietário de uma rede de restaurantes-teatro conhecida como Celebrations and Jubilations, no interior do país. Com isso, Judy dedicou-se mais ao trabalho teatral, atuando como atriz, autora, produtora e diretora teatral. 

Entretanto, não afastou-se totalmente do cinema e televisão, aparecendo em séries de TV como Stargate SG-1, Cold Squad, Ed e Beggars and Choosers. Também participou do filme Possuído Pelo Ódio (A Twist of faith, 1999).

Judy Norton em Stargate SG-1

Jusy voltou a se separar em 2001, e no ano seguinte casou com Robert Graves, com quem co ntinua casada até hoje. Com ele teve um segundo filho, e ficou dez anos afastada das telas, embora ainda tenha trabalhado como diretora teatral e cantora.

Judy Norton cantando



Ela voltou a atuar em 2011, em séries e filmes independentes, nunca exibidos por aqui. Entre 2013 e 2014 esteve no elenco da série Bluff, onde também dirigiu alguns episódios. Também atuou na série Disorganized Zone (2014), e dos filmes Unidos Pelo Destino (The Sparrows: Nesting, 2015), Broken: A Musical (2015) e Nowhere to Hide (2018).



Em 2020 ela participou do projeto The Quarantine Bunch (2020), onde antigos astros mirins da televisão se reuniam, via zoom (video conferência), para discutir diversos assuntos e falar de suas carreiras e projetos durante a quarentena promovida para tentar conter a pandemia do coronavírus (Covid-19).]

Além de Judy, também participavam Keith Coogan (dos filmes uma Noite de Aventuras e Viva a Babá Morreu), Melissa Disney (dubladora de diversas animações), Dean McDermott (ex ator mirim mais conhecido no Canadá), Jeremy Miller (de Tudo em Família), Danny Pintauro (o menino do filme de terror Cujo) e Scott Schartz (ator mirim que fez os filmes O Brinquedo e Uma História de Natal, e que anos mais tarde acabou trabalhando na indústria de filmes adultos).

The Quarantine Bunch

Em 2020 Judy Norton também esteve no elenco de Out of the Fight (2020) e Motorvation (2020).

Judy Norton, com o marido e os filhos, atualmente



Judy Norton como Mary Ellen Walton


0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil