Daniella Perez, 28 anos de saudades


Em 28 de novembro de 1992 a morte brutal da jovem atriz Daniella Perez, com apenas 22 anos de idade, abalou o país. No ar na novela De Corpo e Alma (1992), Daniela foi morta pelo colega de elenco, Guilherme de Pádua e sua esposa, Paula Thomaz, em uma emboscada.

Daniella e Glória Perez

Filha da aclamada autora de novelas Glória Perez, Daniella Ferrante Perez nasceu no Rio de Janeiro, em 11 de janeiro de 1970. Antes de fazer televisão, Daniela foi bailarina, e começou a dançar cedo, com apenas 5 anos de idade.

A pequena Daniella Perez


Já dançando profissionalmente, ingressou na companhia Vacilou, Dançou, da coreógrafa Carlota Portella. E foi como bailarina que surgiu o primeiro convite para trabalhar na televisão, interpretando uma dançarina na novela Kananga do Japão (1989), na extinta TV Manchete. Foi durante esta novela que ela conheceu o ator Raul Gazolla, com quem se casou em 1990.

Daniella Perez e Raul Gazolla em Kananga do Japão

Em 1990 a atriz foi para a Rede Globo, para trabalhar na novela Barriga de Aluguel (1990). Clô, sua personagem, originalmente seria um papel pequeno, basicamente fazendo uma bailarina de uma boate, mas Daniella agradou ao publico, e cresceu na trama. Tanto que ela foi convidada por Dennis Carvalho para fazer uma personagem maior na novela O Dono do Mundo (1991), interpretando a irmã de Glória Pires.

Daniella Perez, Kadu Moliterno e Glória Pires em O Dono do Mundo

Daniella já era muito querida pelo público, e estava encantando o país como Yasmin, a jovem idolatrada pelo gótico Reginaldo, vivido pelo ator Eri Johnson na novela De Corpo e Alma (1992), escrita por sua mãe.

Porém, antes da novela chegar ao fim, a atriz foi assassinada a golpes de punhal pelo ator Guilherme de Pádua e sua esposa, que encerraram abruptamente a vida e carreira de uma estrela em ascensão.


Arrasada, Glória se afastou da novela por um período, e a personagem de Daniella saiu da novela, indo estudar dança no exterior. O personagem de Guilherme de Pádua simplesmente foi removido da trama, sem nenhuma explicação. A pedido da escritora, a última novela de sua filha foi engavetada, sendo vetada qualquer reprise.

Poucos dias antes da morte da atriz, no dia 25 de dezembro, foi ao ar o especial de fim de ano do cantor Roberto Carlos, e nele Daniella fazia uma participação, interpretando Maria, mãe de Jesus. O último capítulo da novela prestou uma homenagem a jovem e talentosa atriz, o vídeo teve narração de Fábio Sabag.



Guilherme de Pádua e Paula Thomaz foram condenados há 19 anos de prisão, mas foram soltos depois de cumprirem 7 anos da pena.

Em 1993 Daniella Perez foi indicada, postumamente, ao Troféu Imprensa de Atriz Revelação.


Daniella Perez e Raul Gazolla


0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil