Lolita Rodrigues completa 90 anos


Lolita Rodrigues é uma atriz, apresentadora e cantora, com uma das mais longas carreira na televisão brasileira. Seus programas Almoço com as Estrelas e Clube dos Artistas, ao lado do marido Airton Rodrigues foram algumas das atrações dos mais duradouras TV.



Sylvia Gonçalves Rodrigues Leite nasceu em Santos, em 10 de março de 1929.  Filha de imigrantes espanhóis, Lolita cresceu acostumada a ouvir canções espanholas. Seu pai construiu suas primeiras castanholas, que ela usou durante muitos anos em suas apresentações. Aos nove anos de idade, apresentou-se pela primeira vez no rádio, cantando canções sevilhanas na Rádio Santos.


Lolita adotou o nome artístico de uma prima de sua mãe, e por cantar canções espanholas ganhou o apelido "La Salerosa". Após sua estreia radiofônica, ingressou no programa Teatrinho da Dindinha Sinhá, na Rádio Atlântica.

Aos treze anos de idade ela mudou-se com a família para São Paulo, onde formou-se pianista no Conservatório de Música. Também frequentou a Escola Normal Padre Anchieta, onde formou-se professora infantil.

Aos quinze anos de idade venceu o programa de calouros Peneira de Ouro, na Rádio Cultura. Em seguida, foi contratada pela Rádio Bandeirantes. A convite de Murilo Antunes Alves, foi para a Rádio Record, mas só ficou lá por quinze dias, depois voltou pra Bandeirantes.

Lolita Rodrigues no rádio, em 1944

Em 10 de outubro de 1946 foi contratada pelas Rádios Tupi e Difussora, as Emissoras Associadas, onde permaneceria por muitos anos. Nas Associadas, recebeu o título de "A Voz Espanhola das Emissoras Paulistas". Foi lá que ela conheceu a então cantora Hebe Camargo, que se tornaria sua grande amiga pela vida toda.

Hebe Camargo e Lolita Rodrigues, as cantoras das Associadas

As rádios pertenciam ao empresário Assis Chateubriand, dono de um conglomerado de mídia chamado Diários Associados. Em 1948 Chatô, como era conhecido, fundou contratou o diretor Oduvaldo Vianna, e fundou o Estúdio Cinematográfico Tupan.

O primeiro filme feito pelo estúdio foi Chuva de Estrelas (1948), um média metragem que apresentava os artistas da rádio, para divulgar seus rostos para o público. Lolita Rodrigues participava do elenco.

No ano seguinte, ela atuou em Quase no Céu (1949), único longa metragem de sua carreira. Também dirigido por Vianna, o filme tinha como elenco os astros das Associadas.

Lia de Aguiar, Lolita Rodrigues e Vida Alves em Quase no Céu

Lolita Rodrigues em Quase no Céu


No filme Lolita interpretava uma cantora de night club, e era a vilão do filme. Ela interpretava uma vamp que seduzia o mocinho, vivido pelo ator Paulo de Alencar. Ela tinha dezenove anos na época, e deu o primeiro beijo de sua vida no galã, em uma cena do filme.


Em 18 de setembro de 1950, Lolita Rodrigues participou da inauguração da TV Tupi, a primeira emissora de televisão do Brasil. Ela cantou o Hino da Televisão Brasileira, escrito pelo poeta Guilherme de Almeida. Seria Hebe Camargo quem iria cantar o hino, mas a cantora faltou a inauguração e Lolita foi escalada para fazer o número. Na ocasião, ela usou o mesmo vestido que havia mandando fazer para a sua formatura como normalista.

Lolita Rodrigues na inauguração da Tupi

Apesar de ter tido uma experiência cinematográfica como atriz, Lolita trabalhava apenas como cantora nos primeiros tempos da televisão. Ela queria chances para atuar, mas só era escalada como cantora internacional. Em 1950 ela ganhou seu primeiro troféu Roquette Pinto, justamente nessa categoria (ela receberia outro em 1953).

Haviam três cantoras "espanholas" na TV Tupi, eram elas: Hilde Gutierrez, Triana Romero e Lolita Rodrigues.

Lolita Rodrigues e Triana Romero na Tupi

Lolita gravou alguns discos de 78 rotações, e um LP pela Chantecler, em 1960. No seu repertório, além de músicas espanholas, gravou também músicas em inglês, sambas e ate uma marcha rancho com o comediante Mazzaropi. Um de seus maiores sucessos fonográficos foi Donde Estará Mi Vida, sucesso do menino tenor Joselito.


Lolita Rodrigues canta Donde Estará Mi Vida (1959)


Em 28 de julho de 1951 Lolita se casou com o colega de emissora Airton Rodrigues, com quem teve uma filha, chamada Silvia. A cantora pedia oportunidades para voltar a atuar, e recebeu a primeira chance em 1955, quando foi escalada para Os Irmãos Corsos, um episódio de O Grande Teatro Tupi.

 
Lolita e Luís Franchi em Os Irmãos Corsos

No mesmo ano ela estreou na novela Posto Avançado (1955), com direção de Péricles Leal. No elenco ainda Lima Duarte e Dionísio Azevedo. Lolita fez várias novelas e teleteatros na emissora a partir de então.

Em 1952 ela também tornou-se apresentadora, comandando o Clube dos Artistas. Inicialmente o programa era apresentado por Márcia Real e Homero Silva, mas logo passou a ser apresentado por Lolita e Airton. Ficou no ar até 1980, migrando para o SBT após a falência da Tupi.

Em 1956 ela começou a apresentar também o programa Boliche Royal, ao lado de J. Silvestre e Marly Bueno. Ela também apresentou os programas Carrossel dos Bairros, Campeões do Disco (ao lado de Roberto Cortê Real), Música e Fantasia, o jornalístico Mappin Movitone e participou do humorístico Filho de Peixe e do programa de variedades Folias Phillips.

Maria Vidal e Lolita Rodrigues no Boliche Royal

Com Roberto Cortê Real em Campeões do Disco


Lolita Rodrigues entrevistando a estrela francesa Zizi Jeanmarie no programa Música e Fantasia

Em 1957 Lolita estrelou a novela O Corcunda de Notre Dame (1957), interpretando a cigana Esmeralda. Foi seu primeiro papel de protagonista em uma novela, que ainda era feita ao vivo. Baseado na obra de Victor Hugo, o texto era adaptado por Mário Fanucchi, e tinha no elenco Douglas Norris (Quasimodo), Henrique Martins, Fernando Baleroni, Percy Aires, Norah Fontes, Turíbio Ruiz e Marisa Sanches.

Douglas Norris e Lolita Rodrigues em O Corcunda de Notre Dame

Em 1958 Lolita e Airton Rodrigues assumiram a apresentação do programa Almoço com as Estrelas. O programa existia desde 1954, e era apresentando por J. Silvestre antes do casal de apresentadores. Foi um dos programas mais famosos da televisão brasileira, ficando no ar até 1982. Almoço com as Estrelas também passou pelas emissoras Record e SBT.

Airton e Lolita Rodrigues em Almoço com as Estrelas

Lolita Rodrigues também foi apresentadora infantil, apresentando o programa Chá com as Bonecas em 1960. O programa era patrocinado pelos Brinquedos Estrelas. Na mesma época, participou do humorístico Atrações Pirani, onde junto com Dorinha Duval, interpretava "Las Hermanas Rodrigues".

Dorinha Duval e Lolita Rodrigues

Em 1961 participa dos programas da recém inaugurada TV Cultura, que fazia parte do grupo dos Diários Associados, de Assis Chateubriand (antes de se tornar Fundação Padre Anchieta). Após uma breve passagem pela TV Excelsior, onde co-apresentou o programa Simonetti Show, Lolita passou um tempo em Recife, onde apresentou programas por lá.

Em 1963 Lolita Rodrigues retornou a São Paulo, voltando a trabalhar na Exclesior. Ela também retornou as novelas, fazendo a vilã em 2-5499 Ocupado (1963), a primeira telenovela diária do Brasil. Na Excelsior atuou em novelas como Aqueles Que Dizem Amar-se (1963), Mãe (1964), Ambição (1964), Em Busca da Felicidade (1965) e Anjo Marcado (1966).


Em 1968 a atriz migrou para a TV Record, onde atuou em novelas como Algemas de Ouro (1969), As Pupilas do Senhor Reitor (1970), Os Deuses Estão Mortos (1971) e Quero Viver (1972).

A cantora portuguesa Amália Rodrigues, atuando na novela Os Deuses Estão Mortos,
ao lado de Rolando Boldrin e Lolita Rodrigues

Em 1978 Lolita fez sua última novela na TV Tupi, a nova versão de O Direito de Nascer (1978). Com a falência da Tupi, junto com o marido, migrou para a recém criada TVS, depois SBT, onde trabalhou apresentando o Almoço com as Estrelas e o Clube dos Artistas.

Em 1986 ela estreia na Rede Globo, atuando na minissérie Memórias de Um Gigolo. Na Emissora atuou em diversas novelas como Sassaricando (1987), Rainha da Sucata (1990), Despedida de Solteiro (1992), A Viagem (1992) Terra Nostra (1999) e Pé na Jaca (2003). Ao lado da amiga Nair Bello, atuou em Uga Uga (2000), Kubanacan (2003) e no humorístico Zorra Total.

 Lolita Rodrigues em Sassaricando

 Nair Bello e Lolita Rodrigues no Zorra Total

Também atuou na TV Manchete, participando de A História de Ana Raio e Zé Trovão (1990). No SBT fez Razão Para Viver (1996), e na Record atuou em novelas como Canoa do Bagre (1997), Uma Janela para o Céu (1997), Estrela de Fogo (1998) e Louca Paixão (1999).

Seu último trabalho na televisão foi na novela Viver a Vida (2009). Aos 80 anos, ela interpretou Noêmia, a mãe do protagonista, interpretado por José Mayer. O papel foi um presente do autor Manoel Carlos para a atriz.

Embora ainda quisesse atuar, mas sem receber convites, Lolita anunciou sua aposentadoria em 2015, e foi morar em João Pessoa, onde vive atualmente com sua filha Silvia. Em 2017 a atriz retornou a São Paulo para assistir Hebe, o Musical, que contava nos palcos a vida de sua amiga de mais de 60 anos.

Lolita vendo Hebe, o Musical

No filme Hebe, a Estrela do Brasil, que será lançado em 2019, Lolita é interpretada por Karine Telles.


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube



3 comentários:

  1. LEMBRO DESSA ÉPOCA.ERA MUITO JOVEM ,INESQUECÍVEL. MUITA SAUDADE.

    ResponderEliminar
  2. é interessante como algumas pessoas passam por nossas vidas e deixam marcas! Lolita, vejo-a desde sempre... lembro do almoço com as estrelas, era menina e via meus artistas preferidos... que bom que estás bem! Que Deus a ilumine e a proteja... sou sua admiradora.. ainda hoje estava vendo a reprise de Terra Nostra no Canal Viva e estive com você!!! Linda Lolita... saiba que quase me acabei de rir com o trio Hebe, Nair e Lolita n o Jô Soares!! Um grande abraço!

    ResponderEliminar
  3. Como o tempo passa,que bom saber que você está bem.... aí nada mato a saudade vendo você e a saudosa Nair Belo no canal Viva..
    Que Deus continue lhe abençoando.

    ResponderEliminar

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil