Por onde anda? Marta Kristen, a Judy Robinson de Perdidos no Espaço


Marta Kristen é uma atriz norueguesa, que ficou famosa por seu papel de Judy Robinson na série clássica Perdidos no Espaço (Lost in Space, 1965-1968). Ela não fez muitos trabalhos após o fim da série, preferindo usar seu tempo para procurar a sua família biológica perdida.


Marta Kristen é o nome artístico de Birgit Annalisa Rusanen, atriz norueguesa, nascida em Oslo, em 26 de fevereiro de 1945. Sua mãe era finlandesa e seu pai, um soldado alemão, morto no final da Segunda Guerra Mundial.

Seu pai morreu antes de seu nascimento, e sua mãe, com medo do que poderia acontecer com a filha, deixou-a em um orfanato quando ela tinha apenas dois meses de idade.

Quando terminou a Segunda Guerra Mundial, mulheres que haviam se envolvido com soldados alemães, em países ocupados, eram perseguidas, tinham os cabelos raspados e eram agredidas nas ruas. Algumas foram mesmo linchadas pela população. Para que sua filha não sofresse perseguições, sua mãe a entregou para a adoção.

Em 1949 ela foi adotada por um casal de professores de Dretroit, Michigan, e eles a levaram para os Estados Unidos, onde ela foi rebatizada Marta. Mais tarde, ela mudou-se com a família adotiva para Los Angeles.

Aos 15 anos, o diretor e produtor James B. Harris descobriu a bela jovem, e a convidou para atuar em um episódio da série Letter to Loretta, estrelada por Loretta Young. Após aparecer em muitas séries de televisão, ela estreou no cinema no western Na Trilha dos Apaches (Savage Sam, 1963), uma produção dos Estúdios Disney, estrelada por Brian Keith, Tommy Kirk e Dewey Martin. Ainda no ano de 1963, ela se casou com Oswald Gooden, que havia conhecido na escola.

 Tommy Kirk e Marta Kristen em Na Trilha dos Apaches

E 1962 ela foi cotada para protagonizar em Lolita (Idem, 1962), mas perdeu o papel para Sue Lyon. Em 1964 ela chegou a fazer teste para Liesl Von Trapp em A Noviça Rebelde (The Sound Of Music, 1964), que acabou ficando com a atriz Charmian Carr. Angela Carwright, que no ano seguinte interpretaria Penny Robinson, era uma das crianças Von Trapp.

Sem muitos convites para o cinema, ela continuou fazendo televisão, até que foi contratada para atuar em Folias na Praia (Beach Blanket Bingo, 1965), um dos mais famosos filmes da "Turma da Praia", encabeçados por Annette Funicello e Frankie Avalon. Marta interpretava uma sereia.

 Marta Kristen em Folias na Praia

O filme projetou o nome da atriz, e fez com que Irwin Allen a convidasse para interpretar a mocinha Judy Robinson em Perdidos no Espaço (Lost in Space, 1965-1968). A série fez um enorme sucesso, mas as poucos o personagem do Dr. Smith (papel de Jonathan Harris) e o Robô Robbie começaram a chamar tanta atenção, que outros personagens foram perdendo espaço. Marta Kristen chegou a ter apenas uma única fala em alguns episódios.



Marta chegou a sugerir ao produtor Allen que sua personagem finalmente concretizasse o romance com o Major Don West (papel de Mark Goddard), mas os estúdios disseram que era uma série para crianças, e não permitiram. 

 Marta Kristen e Mark Goddard, em Perdidos no Espaço

Ela começou a ficar descontente com o papel. Em uma entrevista, anos mais tarde declarou "eu havia estudado cinco anos no Actors Studio e agora estava enfrentando vegetais falantes." Ela pensou em abandonar a série, mas a mesma foi cancelada antes disso, em 1968.

Logo em seguida ela engravidou de sua primeira filha. A maternidade despertou a vontade de conhecer suas origens, e ela deu um tempo na carreira, para procurar sua mãe biológica.

Ela encontrou sua mãe na Finlândia, e também conheceu uma irmã mais velha. De volta aos Estados Unidos, continuou afastada das telas para criar sua pequena Lora, que acabara de nascer. Mas Marta Kristen não parou de atuar totalmente, fazendo inúmeros comerciais de televisão, que despendiam menos tempo de trabalho, e permitiam que ela pudesse ficar mais tempo com a família.

Em Balada Para Satã (The Mephisto Waltz, 1971) ela retornou ao cinema, mas fazendo apenas uma pequena ponta como uma convidada de uma festa. O filme era estrelado por Jaqueline Bisset, Alan Alda e Bradford Dillman.

Ela e seu primeiro marido se separaram em 1973 e no ano seguinte ela se casou com o advogado Kevin Kane, com quem ficou casada até 2016, quando ele faleceu. Com Kevin, Marta Kristen teve outra filha.

A atriz continuou atuando ocasionalmente, sem dar muita importância para a carreira. Seu primeiro papel maior foi no filme Mercenários das Galáxias (Battle Beyond the Stars, 1980). Depois, só retornaria ao cinema em Horas de Medo (Below Utopia, 1997).

Em 1998 ela fez uma participação especial no remake de Perdidos No Espaço (Lost In Space, 1998), interpretando uma jornalista.

 Marta Kristen em Perdidos No Espaço (1998)

Ao longo dos anos, ela também conheceu um irmão, que morava na Austrália e outra irmã na Finlândia. Amiga de Angela Carwright até hoje, ela eventualmente comparece em eventos destinados aos fãs de Perdidos no Espaço.

Reunião do elenco de Perdidos no Espaço, da esquerda para a direita: Marta Kristen, June Lockhart,  Jonathan Harris, Bill Mumy, Mark Goddard, Dick Tufeld (que vestia a roupa de Robbie, o Robô) e Angela Carwright.

Recentemente, ela fez uma participação na série The Vamps Next Door (2019).

Em 2018 a série ganhou um remake feito pela Netlfix, e Marta Kristen compareceu a pré-estreia.

Marta Kristen e Molly Parker (a nova Maureen Robinson),
na pré estreia de Perdidos no Espaço, em 2018

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil