Morre Jeraldine Saunders, criadora de O Barco do Amor


Morreu no dia 26 de fevereiro a escritora Jeraldine Saunders, a criadora da série O Barco do Amor (Love Boat, 1977-1987), aos 96 anos de idade.


Geraldine Loretta Glynn nasceu em 03 de setembro de 1923. Ela teve a ideia de criar a série após trabalhar por anos como anfitriã em um navio de cruzeiro de luxo. Ela então apresentou o projeto para Aaron Spelling, que produziu a série na rede de televisão ABC.

Jeraldine Saunders, no tempos em que trabalhava em cruzeiros

O Barco do Amor foi uma das séries mais populares das décadas de 70 e 80, e mostrava aventuras românticas que ocorriam a bordo de um navio. Apesar de ter um elenco fixo, a grande atração dos episódios eram os atores convidados. A série teve participações de inúmeros astros do cinema clássico, além de receber atores novatos que mais tarde se tornariam muitos famosos. Até o artista plástico Andy Warhol participou de O Barco do Amor.


Os atores não identificados são (de cima para baixo, da esquerda para direita): Ethel Mermand e Ann Miller, Lillian Gish, Mickey Rooney e Janet Leigh

Jeraldine Sauners tornou-se milionária com os direitos autorais da série. Ela foi casada por três vezes, incluindo na sua lista de maridos o astrólogo Sydney Omarr, para quem ela escreveu muitas previsões de horóscopo publicadas em centenas de jornais diários. Em 1968 foi ela quem descobriu o corpo do ator Albert Dekker, então seu noivo, que morreu de asfixia erótica.

Em 2013 ela participou do reality show Extreme Cougar Wifes, produzido pelo canal TLC. O programa mostrava mulheres ricas, e muito mais velhas, e seus relacionamentos com homens mais novos. Na época, ela tinha 89 anos, e seu namorado Donaldo, 46. Donaldo chegou a pedi-la em casamento durante o programa, mas ela recusou.

Jeraldine Saunders morreu durante uma cirurgia para remoção de pedras nos rins,

Donaldo e Jeraldine Saunders

A série estreou na televisão brasileira em 1979, sendo exibido pela Rede Globo, até o ano de 1985. Depois foi exibido pela TV Bandeirantes, a partir de 1987.

O Barco do Amor gerou dois telefilmes, um em 1976 e outro em 1977. Também foi feito um remake em 1998, mas não obteve o mesmo sucesso da série original.

A série promoveu encontro inusitados entre artistas veteranos com a nova geração, como em um episódio de 1985, em que Lana Turner contracena com a banda Menudo, grande fenômeno musical da época.

Lana Turner e os Menudos em O Barco do Amor



Curta nossa página no Facebook

Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil