Morreu a cantora e atriz Edyr de Castro, aos 72 anos


Morreu no dia 15 de janeiro a cantora e atriz carioca Edyr de Castro.



Edyr nasceu no Rio de Janeiro, em 02 de setembro de 1946. Em 1969 ela participou da montagem brasileira do espetáculo Hair. Em em 1976 ingressou no conjunto As Frenéticas, que fez muito sucesso na era das discotecas. Nesta época usava o nome de Edyr Duque.

Ela também fez parte do conjunto "As Mucamas do Painho", derivado do humorístico Chico Anysio Show.


Na televisão, atuou em diversas novelas, como Roque Santeiro (1985), Cambalacho (1986), Anos Rebeldes (1992), Por Amor (1997), Agora é Que São Elas (2003), Cabocla (2004), Sinhá Moça (2006), Sete Pecados (2007), Amor e Intrigas (2007) e Poder Paralelo (2009), que foi eu último trabalho na TV.

No cinema, atuou em Menino Maluquinho - O Filme (1995), Proibido Proibir (2006) e 5x Favela - Agora por Nós Mesmos (2009).

Edyr foi casada com o cantor Zé Rodrix, e atualmente vivia no Retiro dos Artistas. A atriz faleceu em compliações do mal de Alzheimer.


Curta nossa página no Facebook

Se inscreva no nosso canal do Youtube

 

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil