Morre o ator Joel Barcelos, aos 81 anos de idade


Morreu na madrugada de sábado, dia 10 de novembro, o ator, direor e roteirista Joel Barcelos.

Joel Dias Barcellos nasceu em Vitória em 27 de novembro de 1936. Ainda criança, Joel mudou-se para o Rio de Janeiro. Enquanto cursava a faculdade de Agronomia, ingressou no Teatro Rural dos Estudantes. Ele estreou nos palcos profissionalmente em Eles Não Usam Black Tie, no Teatro de Arena.


Com o nome de Joel Martis estreou no cinema em Trabalhou Bem, Genival! (1955), e atuou em diversos filmes, como Cinco Vezes Favela (1962), Os Fuzis (1964), A Falecida (1965), A Grande Cidade ou As Aventuras e Desventuras de Luzia e Seus 3 Amigos Chegados de Longe (1966), Garota de Ipanema (1967), Copacabana Me Engana (1968), Jardim de Guerra (1970), Anchieta, José do Brasil (1977), Rio Babbilônia (1982), Luz del Fuego (1982) e O Homem Nú (1997). Seu último trabalho no cinema foi em Rua Aperana, 52 (2012).


 Joel Barcelos e Anecy Rocha em A Grande Cidade

Durante a ditadura militar no Brasil se exilou na Itália, só retonarndo ao país em 1975. Joel não gostava de fazer telenovelas, mas aceitou o convite de Mário Prata para atuar em Estúpido Cupido (1976). Apesar de ter feito pouca televisão, teve papéis marcantes nas novelas Mulheres de Areia (1993), e nas minisséries Tereza Batista (1992), Memorial de Maria Moura (1994) e Engraçadinha: Seus Amorese Seus Pecados (1995).

Em 2012 o ator passou mal durante um mergulho na praia, e alguns jornais chegaram a notíciar a sua morte. No mesmo ano ele sofreu o primeiro de diversos AVCs, que debilitaram a sua saúde.


Curta nossa página no Facebook

Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil