Esses populares tão desconhecidos: Anita Ellis


Anita Ellis nasceu no Canadá, em 12 de abril de 1920. Mudou-se com a família para Hollywood quando tinha oito anos de idade. Seu nome é pouco conhecido entre os fãs de cinema, mas é dona de uma das vozes mais famosas. Foi ela quem dublou Rita Hayworth na famosa cena do strip-tease em Gilda (Idem, 1946), cantando “Put Blame on Mame”, uma das cenas mais icônicas do cinema. Ela ainda dublaria Rita em Quando os Deuses Amam (Down to Earth, 1947), A Dama de Shangai (The Lady From Shangai, 1947) e Carmen (The Loves of Carmen, 1948). Também emprestou sua voz para atrizes como Jeane Crain, Vera-Ellen e Mari Windsor. Mas somente apareceu em um filme, cantando como ela mesma em A História de Joe Louis (The Joe Louis Story, 1953).




Nos anos 50, abandonou a carreira, ao desenvolver pânico do palco. Com o marido viajou o mundo, e morou na África, onde ensinava sobre a natureza no Museu de História Natural. Tirou licença e pilotava seu próprio avião. Na década de oitenta fez um breve retorno, inclusive fazendo um pequeno papel no filme Nada é Para Sempre (Nothing Lasts Forever, 1984), com o ator Bill Murray. Abandonou a vida pública em 1987, vivendo reclusa desde então. Atualmente vive em Manhatan, mas está em estado avançado do Alzhmeir.


Leia também: A estrela Ann Blyth
Leia também: Dorothy Toy, a "Ginger Rogers" oriental
 
Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Enviar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil