Victoria Vetri, das telas de cinema para a prisão


Estrela do filme Quando Os Dinossauros Dominavam a Terra (When Dinosaurs Ruled the Earth, 1970) Victoria Vetri foi uma das modelos mais famosas das décadas de 1960 e 1970, e conquistou seu lugar na história do cinema.



Filha de italianos, Victoria Cecilia Vetry  nasceu em San Francisco, Califórnia, em 26 de setembro de 1944. Ela começou a trabalhar como modelo na adolescência, e logo chamou a atenção dos produtores de Hollywood.

Tanto que Robert Wise a queria como a sua Maria em Amor, Sublime Amor (West Side Story, 1961), mas os estúdios não aprovaram uma desconhecida sem experiência para o papel, que foi para a estrela Natalie Wood.

Rejeitada no filme vencedor do Oscar de 1962, ela fez sua estreia nas telas de forma modesta, como figurante em O Pombo que Conquistou Roma (The Pigeon That Took Rome, 1962).

A bela morena então conseguiu melhores papéis em séries de televisão, como Bonanza e Cheyenne, geralmente sendo escalada para papéis de latinas ou indígenas. Nesta época, ela usava o nome artístico de Angela Dorian, criado a partir do famoso navio italiano Andrea Doria, que naufragou em 1956.




Ela também foi figurante em O Mensageiro da Vingança (Johnny Cool, 1963), antes de conseguir um papel melhor em Os Reis do Sol (Kings of the Sun, 1963).


Victoria Vetri e Barry Morse em Os Reis do Sol 

Após fazer muitos trabalhos na TV, ela fez o filme Revólver de Um Desconhecido (Chuka, 1967), onde novamente interpretava uma nativa americana.


Victoria Vetri e Bob Kane em Guerra, Sombra e Água Fresca


Victoria Vetri e Adam West em Batman e Robin


Victoria Vetri e Luciana Paluzzi em Revólver de Um Desconhecido


Ainda desconhecida, sua fama mudou após a atriz posar para a revista Playboy em setembro de 1967. No ano seguinte, ela foi eleita a Playmate do Ano de 1968, o que fez dela um nome muito popular. A revista de Victoria foi uma das mais vendidas da época, e fez dela a playmate preferida dos soldados norte-americanas, na Guerra do Vietnã.



Victoria Vetri na capa da Playboy


Victoria achou que o sucesso de vendas da publicação alavancaria sua carreira, mas percebeu que na verdade posar nua fez com que ela fosse vista com preconceito pela indústria do entretenimento. Além disto, ela agora só era convida para viver papéis de mulheres sensuais, não recebendo convites para trabalhos mais desafiadores.

Em 1968 ela foi convidada por Roman Polanski para viver Terry, a vizinha de Mia Farrow no clássico O Bebê de Rosemary (Rosemary's Baby, 1968). Em uma cena na lavanderia, Mia fala para a personagem "Você se parece com a Victoria Vetri", brincando com a enorme popularidade dela na época.


Mia Farrow e Victoria Vetri em O Bebê de Rosemary


Victoria Vetri em Terra de Gigantes


Em 1970 a atriz teve sua melhor oportunidade no cinema, protagonizando Quando Os Dinossauros Dominavam a Terra (When Dinosaurs Ruled the Earth, 1970), na Warner Bros. O filme exigia uma atriz loira, mas ela se recusou a pintar os cabelos, e usou peruca durante toda a produção.



Victoria Vetri em Quando Os Dinossauros Dominavam a Terra


O filme fez um grande sucesso, e chegou a ser indicado ao Oscar de Melhores Efeitos Especiais, mas não fez muito pela carreira da atriz.

Ela ainda faria algumas participações em séries de televisão, e atuou no telefilme Caçada Noturna (Night Chase, 1970) e depois fez o filme de terror Invasão das Mulheres Abelhas (Invasion of the Bee Girls, 1973). E em 1975, após fazer mais um programa de televisão, ela se aposentou da carreira artística.
 
Alguns fãs a creditam em um episódio de Jornada nas Estrelas (Star Trek), mas ela mesmo admite que nunca atuou na série. A confusão se dá com a semelhança com a atriz April Tatro, que realmente fez o papel em questão.


April Trato em Jornada nas Estrelas


Victoria era uma grande amiga de Sharon Tate, que conheceu através de Roman Polanski (diretor de O Bebê de Rosemary) e foi convida pela atriz para jantar em sua casa no fatídico dia em que Sharon e seus amigos foram assassinados por Charles Mason, em 1969. Victoria recusou o convite porque iria filmar no dia seguinte, e precisava acordar muito cedo.

A morte da atriz, em 1969, a fez rever seus planos de continuar atuando.

Ela foi casada quatro vezes, e teve um único filho.

Em 1986 ela se casou com seu quarto marido, o músico Bruce Rathgeb. E em 2010 ela foi acusada de tentativa de assassinato após atirar em Rathgeb, durante uma discussão, após descobrir a infidelidade do marido.


Casamento de Victoria Vetri e Bruce Rathgeb


Ele sobreviveu, mas ela foi condenada a prisão em 2011, e ficou presa até 2018, quando foi solta em liberdade condicional. Na época em que deixou a cadeia, ela declarou que sentia vontade de voltar a atuar.

Algo que até agora não aconteceu.


Victoria Vetri no tribunal


Victoria Vetri atualmente












Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube
Siga também nosso Instagram

0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil