Por Onde Anda? Alisan Porter, a estrela de A Malandrinha (1991)


Em 1991 a atriz mirim Alisan Porter, de dez anos de idade, protagonizou a comédia A Maladrinha (Curly Sue, 1991), ao lado dos atores James Belushi e Kelly Lynch. A estrela mirim já tinha uma carreira em Hollywood, mas desapareceu da mídia após seu papel mais famoso, retornando mais tarde como cantora, tendo inclusive  vencido a versão norte-americana do programa The Voice, em 2016.


Poster do filme A Malandrinha


Alisan Leigh Porter nasceu em Massachussetts, em 20 de junho de 1981. Neta do proeminente rabino Joseph Klein, Alisan também é neta de Charlotte Klein, uma famosa professora de dança e de Ric Porter, um cantor e compositor, e sua mãe Laura Klein também era instrutora de dança.

Em 1987 duas alunas de sua mãe foram participar de um programa de talentos na televisão, e Laura foi acompanhar suas discipulas, e levou com ela sua filha Alisan. A menina que cantava e dançava desde os três anos de idade acabou chamando a atenção dos produtores do programa, que a convidaram para se apresentar na atração, quando ela tinha apenas 5 anos de idade. Alisan Porter então tornou-se a mais jovem participante do programa Star Search, e acabou convidada para diversos outros programas de televisão.




Além de cantar e dançar, Alisan começou a receber convites para atuar, e apareceu em séries como Páginas de Ódio (I'll Take Manhattan, 1987), Pee-Wee's Playhouse (1987) e Caras e Caretas (Family Ties, 1987).


Alisan Porter, de peruca loira, em Pee-Wee's Playhouse

Em 1989 ela ganhou um papel fixo na série Chiken Soup (1989), mesmo ano em que ela estrou no cinema, atuando na comédia O Tiro Que Não Saiu Pela Culatra (Parenthood, 1989), ao lado de Steve Martin e Keanu Reeves.


Alisan Porter (de rosa) com Mary Steenburger e Steve Martin em O Tiro Que Não Saiu Pela Culatra


Ela em Stella, Uma Prova de Amor (Stella, 1990), um drama estrelado por Bette Midler e na comédia Te Amarei Até te Matar (I Love You to Death, 1990), estrelado por Kevin Kline. Na TV, ainda apareceu na série Primo Cruzado (Perfect Strangers) em 1990, e em Super Gatas (Golden Girls), em 1991.

Sua aparição em Super Gatas lhe valeu uma indicação ao Young Artist Awards.


Alisan Porter em Super Gatas


Em 1991 a jovem atriz interpretou Curly Sue na comédia A Malandrinha (Curly Sue, 1991). Ao lado de James Belushi, a dupla aplicava pequenos golpes para obter vantagens financeiras. O papel rendeu a menina um Young Artist Awards de melhor atriz juvenil do ano.


Alisan Porter e James Belushui em A Malandrinha

Mas depois Alisan desapareceu do cinema. Ela deu continuidade aos seus estudos, mas passou a atuar no grupo de teatro de sua escola, durante o ensino médio. Ela interpretou Anita em uma montagem estudantil de West Side Story e mais tarde, já profissional, protagonizou a peça Cinderela.

Aos 18 anos de idade ela se mudou para Nova York, para tentar a carreira na Broadway. Alisan acabou escalada para viver Urleen em Footlose. Ela também foi a Bebe em Chorus Line, mesmo papel que sua mãe havia interpretado na primeira turnê nacional do espetáculo, feita alguns anos antes.


Alisan Porter em Chorus Line

Em 2003 ela montou a sua banda, The Raz, atuando como vocalista. Foi nesta época que ela conheceu o cantor Adam Lambert, que se tornou um dos seus melhores amigos.

No mesmo ano de 2003, ela retornou ao cinema atuando em Shrink Rap (2003), um filme independente. Em 2006 ela interpretou Miriam no musical Os Dez Mandamentos: O Musical (The Ten Commandments: The Musical, 2006), ao lado de Val Kilmer e seu amigo Adam Lambert, a peça acabou também sendo adaptada para o cinema.


Alisan Porter em Os Dez Mandamentos: O Musical

Em 2005 ela montou uma nova banda, The Alisan Porter Project, e em 2009 lançou seu primeiro álbum solo. Em 2012 Alisan se casou com seu namorado de longa data, o ex ator mirim Brian Autenrieth, com quem teve dois filhos.

O casal se separou em 2018.


Brian Autenrieth e Alisan Porter, e os filhos do casal


Ela ainda atuou em O Grande Dave (Meet Dave, 2008), comédia estrelada por Eddie Murphy e apareceu no clipe If I Had You, do cantor Adam Lambert, em 2010.

Mas foi somente em 2016 que ela voltou a ganhar um grande destaque midiático, quando participou de décima edição do programa norte americano The Voice. Alisan acabou escolhendo a cantora Christina Aguilera como treinadora, e acabou sendo a vencedora da edição. Ela também foi a primeira vencedora do programa a fazer uma turnê ao lado de sua treinadora, Aguilera.




Alisan Porter e Christina Aguilera



Embora ainda atue eventualmente, Alisan Porter tem se dedicado principalmente a sua carreira de cantora. Ela também escreve colunas sobre maternidade para alguns sites especializados.




Alisan Porter atualmente





0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil