Garota-Propaganda, Atriz, Apresentadora - A Inesquecível Neyde Aparecida, tá?




Nos primeiros anos da televisão brasileira não havia formas de gravar a programação, e tudo que era exibido era ao vivo. Nestes tempos, surgiram as garotas propaganda, que anunciavam os produtos dos patrocinadores, também ao vivo, durante as transmissões da TV.

Essas belas moças que faziam os anúncios chamavam a atenção, e nomes como Rosa Maria, Wilma Rocha, Maria da Glória e Idalina de Oliveira migravam da publicidade para uma carreira maior na TV. Neyde Aparecida foi outro grande nome entre as garotas propagandas, sendo uma das mais bem pagas da época. Posteriormente ela também se tornaria atriz e apresentadora, embora nunca tenha abandonado a publicidade totalmente, sendo mais tarde a garota propaganda das Perucas Lady, do famoso bordão "Perucas Lady, Tá?"


Neyde Aparecida como garota propaganda, na TV Tupi




Neyde Aparecida da Silva nasceu em São Paulo, em 26 de fevereiro de 1937, mas mudou-se com a família para o Rio de Janeiro, ainda muito jovem.

Ela sonhava ser bailarina, mas formou-se em contabilidade, e por alguns anos foi professora de ensino infantil. Sua carreira mudou drasticamente em 1954, quando foi assistir a um programa de auditório na TV Tupi, do Rio de Janeiro.

Ela acabou chamando a atenção de Jacy Campos, que a chamou para fazer um anúncio ao vivo na Tupi, já que uma das garotas propagandas havia faltando. Naquela tarde, ela já acabou contratada pela emissora.




Os anúncios eram ao vivo, e muitas vezes acabavam dando errado, e o público acostumou-se a ver uma frasco de vidro que não abria, uma porta de geladeira caindo ou uma máquina de lavar transbordando no estúdio.

em 1990, nas comemorações dos 40 anos da televisão brasileira, Neyde Aparecida gravou uma reconstituição de um incidente que havia acontecido com ela, na década de 1950. Este vídeo, feito para um programa especial sobre o a aniversário da TV, circula erroneamente na internet como sendo uma imagem real da época.





Para evitar esses acidentes, que incomodavam os patrocinadores, os comerciais passaram a ser gravados em película cinematográficas, e as garotas propagandas foram perdendo espaço na televisão. Neyde Aparecida então tornou-se apresentadora, vencendo alguns prêmios de melhor animadora e apresentadora entre 1957 e 1958.

Tendo feito publicidade em programas infantis como Gurilandia e Clube do Guri, ela já era conhecida entre as crianças, e passou a ser apresentadora infantil, uma das pioneiras do gênero na televisão.

Ainda na Tupi, tornou-se apresentadora do programa Concurso das Bonecas (1957), que sorteava bonecas para as meninas. Neyde inclusive ajudo a popularizar a Boneca Melindrosa, da Estrela, que era o sonho de consumo de muitas meninas da época.


Neyde Aparecida no Clube das Bonecas


Neyde Aparecida e a boneca Melindrosa, da Estrela


O programa durou pouco, porque ainda em 1957 Neyde migrou para a TV Rio, onde além de apresentadora, tornou-se também atriz, atuando principalmente nos programas humorísticos do canal, onde permaneceu até 1960.

Em 1959 ela estreou no cinema, atuando em O Homem do Sputinik (1959), ao lado do ator Cyl Farney, com quem chegou a namorar na época.


Cyl Farney e Neyde Aparecida em O Homem do Sputinik


Em 1960 ela voltou para a Tupi, onde apresentou outro programa infantil, O Mundo de Priminha (1960). Ela apresentou diversos programas no canal, até ser consagrada com o Programa Neyde Aparecida (1961). Eventualmente, ela voltou a ser garota propaganda, sendo lembrada por ser uma das moças dos anúncios do programa Espetáculos Tonelux, programa que levava o nome de seu patrocinador, anunciado por Neyde pausadamente (To Ne Lux). Neide ficou no Espetáculos Tonelux (programa que ela posteriormente tornou-se apresentadora) até 1964.


No mesmo período ela também apresentava um programa infantil que marcou gerações, Gincana Estrela (1961-1964), também patrocinado pelos Brinquedos Estrelas. Neste período também gravou diversos discos contando histórias infantis.


Neyde Aparecida no Gincana Estrela


Ela também retornou ao cinema, atuando em Os Três Cangaceiros (1961) e Os Cosmonautas (1961), uma comédia estrelada por Ronald Golias.


Neyde Aparecida e Ronald Golias em Os Cosmonautas


A carreira de apresentadora infantil foi ficando no passado, e Neyde Aparecida passou a ser uma requisitada apresentadora na TV Tupi. Ela também passou a atuar mais, aparecendo em produções da teledramaturgia e programas humorísticos. 


Neyde Aparecida, Jardel Filho e Myriam Pérsia



Ela também trabalhou muito no cinema brasileiro no período, aparecendo nos filmes Jerry - A Grande Parada (1967), Em Busca do Tesouro (1967), A Espiã Que Entrou em Uma Fria (1967), Adorável Trapalhão (1967), O Estranho Mundo de Zé do Caixão (1968) e Papai Trapalhão (1968).

Seu último trabalho no cinema foi em Uma Garota em Maus Lençóis (1970).


Neyde Aparecida, Jerry Adriani e Marivalda em Jerry - A Grande Parada

Neyde Aparecida em Adoravél Trapalhão


Na década de 1960 passou pela Excelsior, onde apresentou o novo Espetáculos Tonelux (1964) e fez uma breve passagem pela Rede Globo, atuando na série Andax (1968).

Neste período também foi eleita uma das Certinhas do Lalau, uma lista das mulheres mais bonitas da época, feita pelo jornalista Stanilsaw Ponte Preta. Também foi garota propaganda de discos do cantor Roberto Carlos.




Neyde Aparecida e Roberto Carlos



Em 1970 ela atuou em sua primeira novela, E Nós, Onde Vamos? (1970), na TV Tupi. A partir da década de 1970 tornou-se uma presença constante em programas de humor, e também protagonizou diversos comerciais, que agora eram gravados e não mais ao vivo.


Neyde Aparecida em 1972


Ela fez diversos programas na Tupi, tendo inclusive atuando em Os Trapalhões, programa que ela também atuaria mais tarde, quando o elenco migrou para a Rede Globo.

Ela também fez parte do elenco do SBT nos primeiros anos, e atuou em algumas produções da TV Manchete.


Neyde Aparecida em 1982

Neyde Aparecida na TV Macnhete (1987)


Na Globo, fez uma participação em A Gata Comeu (1985), a segunda e última novela em que atuou. No ano seguinte, tornou-se a famosa garota propaganda das Perucas Lady.


Em 1997, após apresentar o Programa 420, na CNT, aposentou-se das telas.




Neyde Aparecida nunca se casou, e não teve filhos. E vive tranquilamente no Leblon, no Rio de Janeiro.




Neyde Aparecida e o amigo Mario Marinho







0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil