Conhecendo Melhor: Mamma Bruschetta


Conhecida por suas aparições comentando novelas e fofocas nas tardes da televisão, Mamma Bruschetta conquistou o público com seu jeito divertido e afetuoso, como uma típica Mamma italiana.

Mas mais que uma fofoqueira da TV, Mamma é uma artista talentosa, e com muitos anos de carreira.

Seu nome de batismo é Luiz Henrique. Alguns sites a creditam como Luiz Henrique Benicasa, porém esta informação é falsa, e Henrique é seu sobrenome.

Luiz Henrique nasceu em São Paulo em 13 de setembro de 1949. Sua vida artística começou na década de 60, nos palcos teatrais, atuando em montagens importantes como Édipo Rei (1968). No final da década de 70 ingressou na companhia do diretor Antunes Filho, onde atuou em espetáculos lendários, como a bem sucedida Macunaíma (1980-1981).

Luiz Henrique em Nelson Rodrigues, o Eterno Retorno (1981), de Antunes Filho

Em 1987 estreou na televisão, interpretando a Condessa Gioconda no programa TV Mix, na TV Gazeta de São Paulo. Era o embrião de Mamma Bruchetta.

Condessa Gioconda e Astrid Fontenelle no TV MIX

O programa permaneceu no ar até 1989. Na TV Cultura, interpretou o alienígena Zero no infantil Rá-Tim-Bum (1990-1994). Na emissora, também participou de um episódio da série O Mundo da Lua.

A esquerda, o personagem Zero, de Rá-Tim-Bum

Em O Mundo da Lua

Em 1990, por questões contratuais, a Condessa Gioconda virou Condessa Giovanna, uma das juradas do programa Show de Calouros, no SBT, permanecendo no ar até 1996.


Em 2001 surgiu a Mamma Bruchetta, no programa Mulheres, na TV Gazeta. Ela ficou no ar até 2016, quando migrou para o SBT, onde apresentou o programa Fofocalizando, até 2019, quando teve que se afastar por problemas de saúde.

Luiz Henrique encarnou a identidade da personagem, atendendo por Mamma. Ator e personagem se fundiram, e ele prefere ser chamado como Mamma mesmo, identidade de gênero com a qual se identifica.


No cinema, sua estréia foi no filme Sua Excelência, o Candidato (1991), onde interpretou Brigitte Mellot. Ainda atuou nos filmes Perfume de Gardênia (1992) e Falsa Loura (2007).

Em Falsa Loura

Mamma Bruschetta na peça O Fantasma de Minha Sogra (2016)


  1. Tive o prazer de entrevistar Mamma Bruschetta há alguns anos, para colher seu depoimento sobre a vedete Salomé Parísio, sua colega de elenco de Macunaíma.

Mamma Bruschetta e eu


Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Publicar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil