Morre o ator Norm MacDonald, aos 61 anos de idade


O ator, comediante e roteirista canadense Norm MacDonald morreu no dia 14 de setembro, aos 61 anos de idade. O ator lutava há 9 anos contra um câncer, que ele manteve em segredo do público durante os anos de tratamento.

Ele começou sua carreira no circuito de comédias stand up de Quebec, e ganhou projeção mundial quando tornou-se um dos roteiristas da série Roseanne (Idem), em 1992. No ano seguinte, ingressou no elenco do lendário programa de humor Saturday Nigh Live, onde também era redator. No SNL apresentou o quadro Weekend Update até 1998.

O ator deixou o programa após causar polêmica ao questionar a inocência do ator e jogador O.J. Simpson, após o mesmo ter sido absolvido da acusação de assassinato.




No cinema, MacDonald atuou em comédias como Billy Madison, um Herdeiro Bobalão (Billy Madison, 1995), O Povo Contra Larry Flint (The People vs. Larry Flynt, 1996), O Mundo de Andy (Man in the Moon, 1999), Gigolô Por Acidente (Male Gigolo, 1999), Animal (The Animal, 2001) e Gigolô Europeu Por Acidente (Deuce Bigalow: European Gigolo, 2005).



Norm MacDonal e Adam Sandler em Billy Madison, um Herdeiro Bobalão

Ele também protagonizou o longa Trabalho Sujo (Dirty Work, 1998) e dublou a voz do cachorro Lucky em Dr. Dollittle (Idem, 1998) e todas as suas continuações.




Na televisão, estrelou os programas The Norm Show (1999-2001) e A Minute With Stan Hooper (2003-2004) e viveu o Rusty Heck, o tio acumulador na série The Middle - Uma Família Perdida no Meio do Nada (The Middle, 2010-2018). Recentemente, dublou um personagem na animação The Orville (2018-2019).



Norm MacDonald em  The Middle - Uma Família Perdida no Meio do Nada


0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil