Por Onde Anda? A Atriz Ilka Soares



Atriz, modelo e apresentadora, Ilka Soares é uma das mais belas e talentosas atrizes do cinema e televisão brasileira.



Ilka Hack Soares nasceu no Rio de Janeiro, em 21 de junho de 1932. Sua carreira se iniciou em 1947, quando Ilka participou do concurso de Miss Brasil. Ela quase desistiu de concorrer, porque sua família não tinha dinheiro para comprar vestidos, mas a bela moça nascida em Vila Isabel acabou conseguindo patrocínio de uma loja de modas, tornando-se uma das modelos da lendária Casa Canadá.


Ilka Soares como modelo

Durante o concurso, ela foi vista por cineastas italianos que haviam sido contratados para trabalhar no cinema brasileiro, incluindo o italiano Ugo Lombardi (pai da atriz Bruna Lombardi), que a convidaram para fazer um teste para o papel principal no filme Iracema (1949), baseada na obra de José Alencar.

Ilka conquistou o papel, e logo se tornou uma grande estrela do cinema nacional.



Ilka foi contratada pelo Estúdio Vera Cruz, onde estrelou diversos filmes. Na década de 1950 ela atuou em diversas produções cinematográficas, aparecendo em Écharpe de Seda (1950), Katucha (1950), Modelo 19 (1950), Maior que o Ódio (1951), Três Vagabundos (1952), Esquina de Ilusão (1953), Floradas na Serra (1954), Carnaval em Marte (1955), Sonho de Outono (1955) e Depois Eu Conto (1956).


Ilka Soares e José Lewgoy em Katucha


Ilka Soares, John Herbert e Cacilda Becker em Floradas na Serra


Durante as gravações de Maior que o Ódio (1951), Ilka Soares contracenou com o ator  Anselmo Duarte, o maior galã do estúdio. Eles se casariam no ano seguinte, 1952, e ficaram juntos até 1956.

O casal teve dois filhos, Lydia e Anselmo Duarte Jr.


Pier Angeli, Mazzaropi, Debbie Reynolds, Anselmo Duarte e Ilka Soares na Vera Cruz


Ilka Soares e os filhos

Anselmo Duarte e Ilka Soares


Em 1952 ela também estreou na televisão, atuando no Grande Teatro Tupi. Ilka participou da adaptação de O Morro dos Ventos Uivantes (1952), mas no mesmo ano ela e Anselmo Duarte assinaram contrato com a TV Record, onde tornaram-se apresentadores do programa A Grande Viagem.


Ilka Soares e Nair Bello na TV Record


Na TV, ela também apresentou programa Noite de Gala (1957-1964), na TV Rio, emissora onde também apresentou outros programas de variedades e jornalismo, como o Rio Hit Parade. Na TV Tupi, junto com J. Silvestre, apresentou o programa O Céu é o Limite (1965-1966).


Ilka Soares e Murilo Néry em Rio Hit Parade



Ilka Soares e J. Silvestre em O Céu é o Limite


Em 1958, durante a viagem do astro Rock Hudson ao Brasil, Ilka Soares foi muito fotografada ao lado do ator, que estava no Rio de Janeiro para curtir o Carnaval.




Foi somente em 1971 que a atriz ingressou nas telenovelas, atuando em O Cafona (1971), na Rede Globo. Ela teve personagens importantes em obras da emissora, como Bandeira 2 (1971), Anjo Mau (1976), Locomotivas (1977), Te Contei? (1978), Champagne (1983), Corpo a Corpo (1984), Mandala (1987), entre outros.

No SBT fez Jogo do Amor (1985) e na Manchete, atuou em Novo Amor (1986).


Ilka Soares e Paulo Gracindo em O Cafona


Ilka Soares e Felipe Carone em Bandeira 2


Nelia Tavares e Ilka Soares em Anjo Mau


Dennis Carvalho, Elisângela, Ilka Soares e Thais de Andrade em Locomotivas


Ilka Soares e Rogério Froes em Novo Amor


Após atuar na minissérie La Mamma (1990), na Rede Globo, Ilka Soares reduziu seus trabalhos na televisão, aparecendo eventualmente como atriz convidada ou em participações especiais em programas como Você Decide, Caça Talentos ou A Diarista.


Ilka Soares em La Mamma


Entre 1963 ela foi casada com o diretor e produtor de TV Walter Clark, com quem teve uma terceira filha, chamada Luciana. A atriz também foi casada com o empresário Nelson Fiuza Filho (1979-1982).



Eva Wilma, John Herbert, Walter Clark e Ilka Soares


Em 1998 ela participou da novela Pecado Capital (1998), e desde então só retornou a televisão na série de TV Mandrake, produzida pela HBO Brasil.

No cinema, ela ainda apareceu em Pintando o Sete (1960), Brasa Adormecida (1987), Copacabana (2001), Gatão da Meia Idade (2006) e Vendo ou Alugo (2013).


Daisy Lucidi, Ilka Soares, Nathalia Timberg e Carmen Verônica em Vendo ou Alugo



Em 2018, após alguns anos afastada da mídia, Ilka Soares ganhou os holofotes aos posar para uma campanha de modas, da grife carioca The Paradise, do estilista Thomaz Azulay.

Azulay é filho do estilista Simão Azulay e de Lydia Soares, filha de Ilka com o cineasta Anselmo Duarte. Era um desejo antigo de Thomaz ver a avó retomando a carreira de modelo, iniciada no final da década no final de 40. Ilka Soares tinha 86 anos na época.


Ilka Soares aos 86 anos de idade



"Fugimos de qualquer estereótipo de idade, gênero, físico e o que mais existir", afirmou Thomaz, "nossa marca é para quem se identifica com o nosso universo – algumas clientes têm a minha idade, outras (muitas!) têm a idade da minha mãe ou da minha avó. Mulheres mais velhas são interessantes, seguras e não se importam com modismos, elas querem se sentir bem e bonitas nas roupas que vestem."

Aposentada, Ilka Soares vive atualmente no Rio de Janeiro.

Ilka Soares e a neta

Eva Todor, Beatriz Lyra, Ilka Soares, Theresa Amayo e Nathalia Timberg (foto Coleção Marcelo Del Cima)





Veja também: A História de Eva Wilma


0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil