Morre a atriz Sumiko Sakamoto, de A Balada de Narayama


A atriz e cantora japonesa Sumiko Sakamoto, conhecida como a anciã Orin em A Balada de Narayama (Narayama Bushikô, 1983), faleceu no dia 23 de janeiro, aos 84 anos de idade. Ela estava internada há alguns dias, após ter sofrido um AVC.

Sumiko iniciou a carreira em 1958, como cantora. Ela cantava músicas latinas, algo raro no Japão daquela época, o que lhe deu muita popularidade. Ela também incluiu a bossa nova em seu repertório.




Sumiko estreou no cinema em 1964, e fez 20 filmes até 2005. Famosa em seu país natal, alguns de seus filmes chegaram ao ocidente, como O Silêncio Não Tem Asas (Tobenai Chinmoku, 1966). No mesmo ano atuou em Introdução à Antropologia (Erogotoshi-tachi Yori: Jiniruigaku Nyûmon, 1966), primeiro filme em que atuou dirigido por Shôhei Imamura, o mesmo diretor de A Balada de Narayama.

Sumiko Sakamoto em Introdução à Antropologia

Seu filme mais famoso no ocidente, entretanto é A Balada de Narayama (Narayama Bushikô, 1983), que deu ao diretor Imamura a Palma de Ouro em Cannes. Orson Welles, presente no festival, fez questão de beijar as mãos da atriz, que interpretava a anciã Orin, que ao completar 70 anos, deseja que o filho a jogue da montanha, seguindo a tradição na região em que vivem.

O filme era remake de uma produção de 1958.



Sumiko ganhou vários prêmios internacionais pela sua atuação. Devidamente caraterizada como idosa, ela tinha 47 anos na época.  Ela trabalharia como Shôei Imamura em Água Quente Sob Uma Ponte Vermelha (Akai Hashi no Shita no Nurui Mizu, 2001).



0 comentários:

Postar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil