Por onde anda? Sajid Khan, da série Maya


Em 1967 a Rede NBC produziu a série Maya, que mostrava a bonita amizade entre dois meninos, um norte-americano e um menino indiano, que eram acompanhados pela fiel elefanta branca Maya durante suas aventuas nas selvas indianas. Jay North, que havia feito Denis, o Pimentinha (ou Denis, o Travesso) alguns anos antes era Terry Bowen, e Sajid Khan interpretava o jovem nativo Raji.



Embora o seriado tenha tido apenas uma temporada, foi um dos muitos programas de televisão protagonizado por crianças e animais (como Lassie, Flipper, Rin Tin Tin, Fúria e Ben - O Urso Amigo) a conquistarem uma legião de fãs, hoje nostálgicos. Com apenas 18 episódios, os fãs brasileiros também recordam com carinho de Maya, exibido pelas TVs Record e Tupi.

Trecho da série Maya, com dublagem original

Maya era uma série derivada de um filme do mesmo nome, produzido no ano anterior, com o mesmo elenco, pela MGM.




Jay North já havia sido um astro da televisão na infância, e agora pré-adolescente, conquistava um novo posto, o de astro teen. Sajid Khan, também não era um novato, e gozou da mesma fama por um breve período, no final da década de 1960 e início dos anos de 1970. Ele foi capa de diversas revistas, e chegou mesmo a gravar discos como um verdadeiro astro pop.





Embora muitas publicações afirmem que Sajid Khan tenha nascido em 28 de dezembro de 1951, na verdade ele é de 23 de março, do mesmo ano. Sajid nasceu em Bombaim, na Índia, e orfão, cresceu nas ruas das favelas da cidade, até ser adotado pelo cineasta Mehboob Khan, que lhe deu seu sobrenome.

Aos seis anos de idade ele estrelou seu primeiro filme, Honrarás Tua Mãe (Mother India, 1957), dirigido por Mehboob. O filme fez um enorme sucesso, e conquistou prestigio internacional, sendo a primeira produção indiana indicada ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Sajid Khan em Honrarás Tua Mãe 

Sajid ainda protagonizaria Son Of India (1962), também dirigido por seu pai adotivo. Mas após a morte repentina de Mehboob Khan, em 1964, a mãe do garoto resolveu enviá-lo para os Estados Unidos, para estudar. 

Quando ele tinha 15 anos foi escalado para co-protagonizar o filme Maya, e a série derivada do mesmo. Sajid virou um astro adolescente nos Estados Unidos.

Sajid Khan e Davy Jones (The Monkees)

Sajid Khan e Angela Cartwright

Com o fim da série, o jovem astro ainda participou de um episódio da série The Big Valley (1969), e depois foi para as Filipinas, onde assinou um vultuoso contrato para trabalhar no cinema local.

Sajid Khan e Barbara Stanwick em The Big Valley

Sajid estrelou três filmes no país, retornando à Índia em 1973. Em seu país natal, estrelou alguns filmes, já sem o mesmo sucesso obtido nos EUA e Filipinas, até 1981.

Cartaz de The Singing Filipina (1971), primeiro filme de Sajid Khan nas Filipinas

Zahid Kahn no indiano Zindagi Aur Toofan (1975)

Em 1983 o cineasta inglês James Ivory o convidou para uma participação especial no filme Verão Vermelho (Heat and Dust, 1983).

Sajid Khan em Verão Vermelho

Algumas fontes creditam o ator em produções feitas após o ano 2000, mas na verdade é uma confusão com um ator e diretor homônimo, nascido em 1971. Este segundo artista, de nome Sajid Khan, inclusive foi acusado de diversos assédios sexuais por algumas colegas, mas ele não tem nenhuma relação com o astro da série Maya.

O outro Sajid Khan, nascido em 1971

Sajid Khan, o antigo ator mirim, abandonou a carreira na década de 1980, e atualmente tem uma fábrica de bijuterias na Índia.


Sajid Khan, o astro de Maya, atualmente







Curta nossa página no Facebook
Se inscreva no nosso canal do Youtube

0 comentários:

Publicar um comentário

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Postagem em destaque

A viagem de Clark Gable ao Brasil